Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




livroaavotos.png

 

 

A partir do dia 1 de Março, quarta-feira, MIÚDOS A VOTOS na Rádio Miúdos! Curiosos?


Oiçam em www.radiomiudos.pt, às 9h45, às 15h45 e às 20h15 esta campanha eleitoral!


Iniciativa da Rede de Bibliotecas Escolares e da VISÃO Júnior, com o apoio da Rádio Miúdos!

 

Sigam esta iniciativa também no Facebook: https://www.facebook.com/hashtag/miudosavotos

 

Conteúdo relacionado:

Etiquetas:

tic.png

 Download | 2016 | São Paulo |

 

Em parceria com a Fundação Telefónica Vivo, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) lançou nesta semana (20) o livro “Experiências Avaliativas de Tecnologias Digitais na Educação”. A publicação aborda iniciativas do Brasil, França, Chile, Uruguai e Argentina para medir o impacto das novas tecnologias de informação e comunicação (TICs) em projetos pedagógicos.

(...)  

 

 

Ler mais >>

 

Saiba mais sobre os autores do livro em: https://goo.gl/wIOf2j.

Cesário Verde

25.02.17

cesario.jpg

 Ensina RTP |

 

Fernando Pessoa chamou-lhe mestre, apesar de Cesário ter deixado apenas uma obra, colectânea de uma série de poemas dispersos. Poeta que fugiu aos cânones da sua época, escreveu sobre temas mundanos, o que foi mal recebido pela crítica.

 

Cesário Verde estreou-se na poesia em 1873. Trazia com ele novas palavras, novas imagens e uma nova adjetivação que desafiava as regras do romantismo. Queriam-se sonetos em vez de quadras, sentimentos em vez de realismo. A crítica ignorava-o, muitos dos seus poemas nem sequer tinham espaço editorial. Incompreendido, era apenas o senhor Verde, empregado do comércio. O seu único livro foi editado após a sua morte, aos 31 anos.

 

Porque é que o «poeta dos poetas» foi tão completamente ignorado? A resposta a esta pergunta está neste excerto da série “Grandes Livros”.

 

 

Conteúdo relacionado:

 

e-Book

dragoes.png

03 e 04 de março | Inscrição obrigatória | Programa | Mais informações |

Biblioteca Municipal de Albergaria-a- Velha

 

Valor(es) da(s) Leitura(s) visa refletir sobre o humanismo e a divulgação de valores no contexto das bibliotecas e de outras estruturas de promoção da leitura. A Filosofia para crianças e jovens, a Biblioterapia e a prática do Mindfulness são alguns dos assuntos que serão abordados no encontro, que conta com a participação de autores, mediadores da leitura e investigadores. Para além da partilha de estudos que são desenvolvidos na área, serão apresentados exemplos de boas práticas,incluindo alguns casos desenvolvidos no Concelho de Albergaria-a-Velha. Na noite de sexta-feira, destaca-se ainda uma tertúlia à volta da filosofia no Espaço Café-Concerto do Cineteatro Alba.

Organização: Município de Albergaria-a-Velha e Rede de Bibliotecas de Albergaria-a-Velha parceria Rede de Bibliotecas Escolares, Centro de Formação da Associação de Escolas dos Concelhos de Aveiro e Albergaria-a-Velha e PNL.

 

Inscrição obrigatória até 27 de fevereiro em https://goo.gl/forms/FXo5xavBwsZdX2953  (INSCRIÇÕES CONDICIONADAS! A sua inscrição ficará em lista de espera. No caso de desistência de algum participante será contactado)

reis.png

 Ver cronologia | Ensina RTP |

 

Entre D. Afonso Henriques, que se proclamou rei em 1139, e D. Manuel II, destituído em 1910 após a revolução republicana, Portugal conheceu quatro dinastias em quase 800 anos de história.

 


Conheça os reis e as rainhas de Portugal numa cronologia que assinala também alguns acontecimentos que tiveram impacto no reino. Nesta cronologia assinalamos o período em que viveram e o período em reinaram. Para além das informações básicas existem também, informações complementares em vídeo ou áudio sobre a quase totalidade destes monarcas.

 

Saiba como viveram ou morreram, a forma como chegaram ou perderam o poder e também algumas das intrigas e problemas familiares que marcaram as vidas dos nossos reis.

 

Conteúdo relacionado:

Pág. 1/8



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogue RBE em revista

Clique aqui para subscrever


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor