Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




87.png

Agosto 2019 |

Para esta edição, a revista Blimunda aproveita o calor e o bom tempo para visitar a biblioteca de Praia de Santa Cruz. A Saramaguiana traz uma crónica de José Saramago escrita no final dos anos 60 e que conta sobre uma noite de verão.

A revista tem ainda, além das habituais secções Leituras do Mês, EstanteEspelho Meu e Agenda, um perfil da artista russa Charlotte Salomon.

Referência: Blimunda #87, a. (2019). Blimunda #87, agosto de 2019 - | José Saramago| José Saramago. Retrieved 31 August 2019, from https://www.josesaramago.org/blimunda-87-agosto-de-2019/

manual.png

Manual de procedimientos para bibliotecas : guía para su redacción. Buenos Aires: Biblioteca del Docente, 2006 ISBN 978-987-549-310-0

Download |

 

El Manual de Procedimientos en la Biblioteca

Los procedimientos escritos establecen una guía para el buen funcionamiento de todo tipo de Biblioteca, a la vez que constituyen un modo de protección para todo su personal. Cada bibliotecario tiene su filosofía y una política bajo la que opera, esté o no escrita. El valor de registrar en el Manual todos los procedimientos, es que el personal que se mueve alrededor de la biblioteca, y los nuevos que se incorporan, sepan cuál es la política para cada caso y contribuyan a reforzarla.

Cada Manual es el resultado de la colaboración de todo el personal asignado a la gestión de la Biblioteca. Todas las opiniones deben ser escuchadas, analizadas y consideradas al momento de formalizar los criterios del trabajo cotidiano. Debe contener la descripción exhaustiva de la organización de la Biblioteca y de su accionar interno, y de los servicios que brinda a sus usuarios.

Son varios los beneficios de su redacción: identifica al respon- sable de cada proceso; dispone de definiciones explícitas y normalizadas de las tareas rutinarias; optimiza el grado de eficiencia mediante la simplificación de los procesos; reduce la incertidum- bre sobre la toma de decisiones; garantiza la continuidad de actividades en la Biblioteca; evita la duplicación de tareas; define la estructura tecnológica adecuada y mejora la comunicación y la calidad del servicio.

Resulta necesario aclarar que el Manual es un instrumento dinámico y flexible, porque debe reflejar los cambios que se producen en la Biblioteca.

Para ser más efectivo, el Manual debe incorporar la filosofía de la institución y delinear la misión de la Biblioteca. Una vez aprobado por el equipo de conducción de la Escuela se puede implementar con confianza.

ala.png

Download |

A importância das imagens e dos media visuais na cultura atual está a mudar, com implicações no significado de alfabetização no século XXI. As tecnologias digitais tornaram possível que quase todos criem e partilhem imagens. No entanto, a sua difusão não significa necessariamente que os indivíduos sejam capazes de visualizar criticamente, usar e produzir conteúdo visual. Os Padrões de Competência de Alfabetização Visual da ACRL para o Ensino Superior foram desenvolvidos para abordar essas características distintas de imagens e media visuais. Com base nesses padrões, este livro fornece  aos bibliotecários e formadores as ferramentas, estratégias e confiança para aplicar a literacia visual num contexto de biblioteca. Os leitores não só aprenderão formas de desenvolver a literacia visual dos alunos, mas também como usar materiais visuais para tornar a sua formação mais envolvente. Ideal para o bibliotecário ocupado que precisa de ideias, atividades e estratégias de ensino prontas para implementar, este livro

  • mostra como desafiar os alunos a mergulhar na procura de imagens, usando imagens no processo de pesquisa, interpretando-as e analisando-as, criando comunicações visuais e usando conteúdo visual eticamente;
  • fornece atividades de aprendizagem prontas para o envolvimento crítico com materiais visuais;
  • oferece ferramentas e técnicas para aumentar a própria autoconfiança visual; e
  • fornece estratégias para integrar, envolver e defender a alfabetização visual nas bibliotecas.

Com a orientação deste livro, os profissionais académicos podem ajudar os alunos a dominar a alfabetização visual, uma competência fundamental no mundo saturado de media de hoje, ao mesmo tempo que estimula a aprendizagem com materiais visuais.

 

Referência:

Título do artigo: Alfabetização Visual para Bibliotecas: Um Guia Prático e Baseado em Padrões | Loja ALA
Título do site: Alastore.ala.org
URL: https://www.alastore.ala.org/content/visual-literacy-libraries-practical-standards-based-guide

fake.png

Downoload |

 

Resumo

As fake news ou notícias falsas têm ganhado repercussão internacional e sua disseminação se dá principalmente pelas redes sociais. Este artigo busca compreender o papel do bibliotecário escolar nesse cenário e tem como objetivo geral conscientizar os alunos do ensino médio sobre a circulação e uso das notícias falsas, bem como estruturar uma ação de capacitação para os mesmos. A pesquisa tem abordagem quanti-qualitativa e os instrumentos de coleta de dados utilizados foram um questionário com perguntas fechadas e uma pergunta aberta ao fim da palestra. A palestra para 45 alunos do ensino médio teve participação direta dos discentes do curso de Biblioteconomia e Documentação da Universidade Federal de Sergipe e da bibliotecária do colégio particular. Os principais resultados apontaram que a palestra foi bastante esclarecedora para a turma, em diversos aspectos. Demonstrou também que os alunos do ensino médio frequentam pouco a biblioteca do colégio e que a mesma desenvolve alguns projetos importantes de leitura. Os jovens apontaram diversos métodos de avaliação da informação na internet. Sugere-se que a bibliotecária desenvolva projetos em parceria com os professores sobre a prática da pesquisa e de desenvolvimento do letramento informacional dos alunos da educação básica.

 

Referência: Fialho, J., Nunes, M., Júnior, P., Gois, G., Santana, M., Veloso, R., & Santos, W. (2019). Bibliotecário escolar e fake news: evidências da contribuição da biblioteca escolar. Biblionline15(1), 122-135. Retrieved from http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/biblio/article/view/43786/22734

 

Conteúdo relacionado:

american.jpg

Esta revista digital produzida pela AASL em parceria com a American Libraries, foi projetada para ser partilhada com pais, colegas, administração e formuladores de políticas. Disponível eletronicamente  ou  em PDF, os artigos podem abrir a porta para discussões sobre as várias maneiras, através das quais, as bibliotecas escolares transformam a aprendizagem.

Artigos

  • "Eu sou um especialista"
  • Bibliotecários escolares transformam a aprendizagem
  • Reforçando a advocacia para bibliotecas escolares
  • "As crianças ainda usam a biblioteca?"
  • Construindo Advocacy  (advocacia) antes de uma crise

Extras

 

Referência: School Libraries Transform Learning. (2014). American Association of School Librarians (AASL). Retrieved 23 August 2019, from http://www.ala.org/aasl/advocacy/tools/transforming

 

Pág. 1/4



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogue RBE em revista

Clique aqui para subscrever


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor