Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue RBE

Seg | 07.01.13

Calendário IAC 2013 sobre os Direitos da Criança








































Uma imagem, em harmónio, do Calendário 2013 do Instituto de Apoio à Criança, produzido em parceria com as Edições Pato Lógico (do escritor José Jorge Letria e do ilustrador André Letria).

 O Calendário pretende promover a Convenção sobre os Direitos da Criança, apresentando-a sumariamente através da "pena" de José Jorge Letria, que escreve os direitos da criança numa versão apelativa, contribuindo, assim, para a sua compreensão junto das crianças portuguesas. As ilustrações do André Letria "iluminam" o texto, dando-lhe cor e alegria.

O valor do Calendário, 5€, reverte para ajuda ao Instituto de Apoio à Criança.


Encomenda através de
iac-cedi@iacrianca.pt 


Ler mais >>

Qui | 03.01.13

Centro de Recursos e Investigação sobre Literatura para a Infância e a Juventude














Saudamos o reaparecimento do CRILIJ - Centro de Recursos e Investigação sobre Literatura  para a Infância e Juventude, bem como o nº 18 da revista Solta Palavra dedicada a Nuno Higino. No seu novo sítio podemos ler que o objetivo é...

"Criar um centro de recursos para professores e bibliotecários que permita uma ampla e rápida informação sobre publicações e iniciativas, dentro da área da leitura para jovens, tanto no âmbito nacional como internacional.
Preparar uma base de dados de autores e ilustradores nacionais.
Promover/participar em debates e colóquios sobre alguns dos temas mais urgentes na nossa política de leitura para jovens.
Publicar um boletim periódico que seja uma chamada de atenção para autores, ilustradores ou temas de interesse; sugerir leituras de obras cujas recensões serão apresentadas; divulgar experiências desenvolvidas em escolas ou outras instituições, de forma a permitir uma comunicação em rede; divulgar informação sobre formas de utilização das tecnologias da informação e da comunicação.
Organizar “malas pedagógicas”, que circulem pelas escolas, com obras de autores, e/ou conteúdos temáticos afins.
Criar, posteriormente, um “Conselho de leitura” destinado a fazer uma apreciação de obras que pela sua qualidade se julgue oportuno recomendar."

Pág. 5/5