Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Nestes tempos tecnológicos e económicos em que vivemos, as reuniões de coordenação da RBE têm sido essencialmente feitas à distância, por videoconferência. Mas época festiva continua a ser época festiva e festa implica alguma diferença em relação ao quotidiano e à rotina. Só assim cumpre a sua função de reforçar os laços e a identidade, e de renovar energias para continuarmos a trabalhar com entusiasmo.

Por isso fizemos um reunião presencial acompanhada do habitual almoço de Natal, onde não faltou uma mesa, imensa, de petiscos regionais


O bolo rei, caseiro, uma delícia, a ombrear com o das mais afamadas pastelarias,  e os tradicionais enfeites natalícios


E os "dois dedos de conversa" que antecederam o retomar dos trabalhos da parte da tarde


É assim que esperamos reencontrar-nos em 2012: com muito trabalho, muita preocupação, muito stress, muito modelo de avaliação, muita tecnologia, muito catálogo, muita formação, muita leitura para pôr em dia.....mas sem  prescindirmos de momentos destes!  

Etiquetas:



Os livros de divulgação científica publicados em Portugal durante o ano de 2011, quase todos apresentados no artigo que António Piedade, investigador na Universidade de Coimbra e  escritor de livros de ciência, publicou no De Rerum Natura. Acrescentámos à lista a última obra do autor,  também de 2011 e a coleção Nós e a Ciência, editada pelo Público.

Etiquetas:

O livro é.....

30.12.11



Campanha da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros - APEL feita expressamente para esta quadra,  mas que vale para todos os dias do ano. 

Etiquetas:










Imagem: Público




Um artigo do Público que alerta para a relação direta entre iliteracia e vulnerabilidade informáticas:


A iliteracia informática é uma das principais causas das vulnerabilidades informáticas. Quem o diz é João Beato, country manager da Symantec Portugal, uma empresa que vende software de segurança.

A cada ano cada vez mais pessoas se servem, quotidianamente, de pequenos computadores de bolso, como tablets e smartphones, e Portugal não foge a esta regra.
A consultora IDC estima que até 2014 existam em todo o mundo mais de 10 mil milhões de dispositivos móveis com acesso à Internet.

Sendo mais portáteis, estes objectos ficam igualmente mais vulneráveis a roubos e intrusões (por comparação com os convencionais PC e mesmo com os portáteis). Por isso, João Beato alerta para a necessidade de as pessoas terem, cada vez mais, uma “educação informática”.
“[É preciso] actualizar o software – sistemas operativos, browsers e outros –, alterar frequentemente as palavras-passe, ter as últimas actualização do sistema e, principalmente, utilizar um bom programa anti-malware (sofware malicioso) adaptado à plataforma em uso – seja PC, Apple, smartphone ou tablet. Estas são as recomendações mínimas para garantir que o utilizador está devidamente protegido”, explicou João Beato em declarações ao PÚBLICO. (...)


Ler mais no Público, 28 dez. >>


Etiquetas:









Imagem: The 10 Best Books of 2011




Uma imagem do New York Times aparentemente simples mas em perfeita  sintonia com o texto que ilustra:  o artigo que lista os 10 melhores livros de 2011 selecionados pelos editores  do jornal. Pode consultar aqui >>

Notícia corrigida em 29 dez.

Pág. 1/7



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogue RBE em revista

Clique aqui para subscrever


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor