Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]







No dia 23 de março, o auditório da Escola Superior de Educação de Portalegre foi pequeno para acolher tantos sonhos, tantos leitores! Estão todos de parabéns! Os melhores leitores, do 3º ao 6º ano, dos Agrupamentos dos concelhos de Alter do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo de Vide, Crato, Elvas, Estremoz, Fronteira, Gavião, Marvão, Monforte, Mora, Nisa, Ponte de Sor, Portalegre e Sousel, acompanhados pelos seus professores bibliotecários e outros docentes, tiveram excelentes participações! Aos quatro grandes vencedores (um por categoria) foram oferecidos livros pelo Plano Nacional de Leitura e pela Editora Paleta de Letras. Receberam também um voucher familiar para visita ao Centro Ciência Viva, de Estremoz. Todos os alunos participantes no concurso receberam um livro e brindes da RBE, do PNL e do Instituto Politécnico de Portalegre. Agradecemos o apoio da Rede de Bibliotecas Escolares, Plano Nacional de Leitura, Instituto Politécnico de Portalegre/ESE de Portalegre, Direção Regional de Educação do Alentejo, Paleta de Letras (em particular ao escritor/ilustrador Pedro Seromenho, companheiro de trabalho das bibliotecas escolares, que criou a mascote, a nossa “leitora sonhadora”), Centro Ciência Viva de Estremoz, Autarquias dos diferentes concelhos, Supermercado Continente/Modelo, Livraria Arco Íris e todos, todos os que tornaram este dia possível. Um grande bem haja aos alunos do Agrupamento de Escolas Nº 1 de Portalegre (EB 2,3 José Régio) pelo excelente momento musical com que abrimos a nossa festa da leitura e aos alunos do 1º ano do Curso de Educação Artística da ESEP bem como à professora, Drª Mª João Reis que, no âmbito da disciplina Oficina da Palavra, proporcionaram alegres momentos de acolhimento e entretenimento aos leitores sonhadores! Ao final do dia, o sorriso de todos os que partilharam esta iniciativa dizia (tal como o poema de José Jorge Letria) que a paixão da leitura não pode nunca morrer! 


Ler mais >>


Fátima Dias e Teresa Semedo
Coordenadoras interconcelhias 











A Câmara Municipal de Bragança e as Bibliotecas Escolares do concelho levaram a cabo o concurso para a criação do logótipo que identificará a Rede de Bibliotecas de Bragança - RBB. Direcionado aos alunos do 3º ciclo e do ensino secundário dos Agrupamentos de Escolas e Escolas Secundárias do Concelho, o concurso teve por objetivos promover a participação dos alunos, estimular a sua capacidade criativa e criar uma representação gráfica para a Rede de Bibliotecas de Bragança (RBB).
Após a análise dos trabalhos, o júri atribuiu o prémio, por unanimidade, ao logótipo que passará a ser a imagem da RBB, realizado por Vitória Braz, aluna do 12º ano da Escola Emídio Garcia.
Nas suas palavras "Este logótipo foi inspirado nas rotundas de Bragança, sugerindo o movimento e o circuito de bibliotecas – o conhecimento infinito. Foi usada a linha em espiral como elemento ilustrativo que representa movimento e dinâmica. Numa das propostas apresentadas foi colocada a sigla RBB de Rede de Bibliotecas de Bragança, dando também essa possibilidade de escolha . A espiral de cor azul transporta-nos para dias tranquilos e para o azul do céu tão característico da nossa região."


Rosário Caldeira
Coordenadora interconcelhia






















A Escola Básica Egas Moniz e o Paço dos Duques de Bragança realizaram uma parceria para a comemoração do Dia Mundial da Poesia, no dia 21 de março. Alguns alunos da escola, vestidos a rigor, declamaram vários poemas, em língua portuguesa, inglesa , francesa e espanhola, durante as visitas guiadas a este magnífico monumento,  deliciando as centenas de visitantes durante todo o dia. Foi uma atividade muito apreciada e que deu outra vida aos vários espaços deste museu.


Adelina Pinto
Coordenadora interconcelhia

Etiquetas:

















No passado dia 21, a Biblioteca Municipal de Bragança, as Bibliotecas Escolares, professores e alunos de todas as escolas do concelho vestiram o centro da cidade de poesia, de música e de cores. 
Alunos e professores enfeitaram a Praça da Sé, o coração da cidade, de poemas; brindaram os transeuntes com música e poesia e, mesmo o café servido nos cafés da zona foi adoçado com poemas escritos e declamados por alunos. 
                                                                                                                  
                                                                                                                                                                                                                                                                                                     Rosário Caldeira
Coordenadora interconcelhia

Etiquetas:





















O júri constituído por Isabel Alçada, Rui Veloso e Lúcia Santos acaba de selecionar a  obra vencedora do Prémio Bissaya Barreto de Literatura para a Infância 2012A bicicleta que tinha bigodes” da autoria do escritor angolano Ondjaki, editada pela Caminho, em 2011, resultou vencedora de entre as 263 obras remetidas a concurso por 48 editoras e uma edição de autor. 
Ler mais  >>

Pág. 1/24



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogue RBE em revista

Clique aqui para subscrever


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor