Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue RBE

Ter | 19.10.21

Desenho e conceção de um cartaz na prática do professor bibliotecário | A imagem ou forma principal

2021-10-19.png

“Uma imagem vale mais do que mil palavras”.

A imagem central de um cartaz deve ser sugestiva e identificar-se com o público-alvo – deve despertar o interesse. Poderá ser o gatilho que fixa a atenção do nosso público-alvo e desperta a curiosidade relativamente ao evento ou iniciativa que pretendemos promover.

A imagem deve estar diretamente relacionada com o evento e/ou a ideia que lhe pretendemos associar.

Dentro da composição, por norma, a imagem ocupa mais espaço do que o texto e a sua leitura depende do contraste com os outros elementos. No entanto, podemos ter situações em que o texto ocupa a quase totalidade do cartaz, assumindo o papel principal.

Devemos ter em atenção que a imagem (digital) tem que ter uma boa definição. Uma imagem de tamanho pequeno terá como resultado a pixelização da mesma, quer na leitura em ecrãs, quer quando impressa.

Depois de encontrada a imagem central ou principal, podemos equacionar se vamos utilizar a totalidade da mesma; ou se poderá ser interessante reenquadrar ou utilizar apenas parte dessa imagem, o que poderá facilitar a composição final, ou até mesmo ser capaz de despertar maior curiosidade.

2021-10-19-2.png

A imagem central pode ser um desenho ou fotografia original, mas muitas vezes é retirada da internet. Nesse caso, devemos ter em atenção a questão dos direitos de autor, verificando se a imagem é de livre utilização, ou se a sua utilização está de algum modo condicionada.

Uma normal pesquisa de imagens irá devolver-nos, como resultado, uma quantidade enorme de imagens que foram utilizadas e reutilizadas, tendo-se perdido a referência ao seu autor. De modo a evitar este problema, podemos recorrer a sites que disponibilizam bancos de imagens, sendo que muitos deles requerem pagamento ou assinatura. Em alternativa, podemos usar sites ou aplicações que permitem a construção do próprio cartaz e onde são disponibilizadas imagens de livre acesso ( Canva em: https://www.canva.com/pt_pt/criar/poster/; AdobeSpark em https://www.adobe.com/br/express/create/poster ; Venngage em https://pt.venngage.com/features/criar-cartaz ).

Paulo Rodrigues
(prof. bibliotecário)
Escola Básica Carlos Ribeiro
Agrupamento de Escolas de Pinhal de Frades