Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Cartaz_XI_EBE_2018.png

 ProgramaInscrições |

 

A XI edição do Encontro de Bibliotecas Escolares de Leiria: Um Palco de Leituras, vai decorrer nos dias 23 e 24 de novembro de 2018. A partilha de conhecimentos e experiências em torno do texto dramático e do trabalho que as bibliotecas podem desenvolver nesta área serão constituem o foco principal do evento.

 

O programa já está divulgado, as inscrições estão abertas, são gratuitas e destinam-se a professores bibliotecários e outros professores, técnicos de biblioteca, educadores e mediadores da leitura.

 

O Encontro está integrado numa ação de formação creditada para docentes  (13h00+13h00=26 horas).Existe também a possibilidade de optar por certificação como Ação de Curta Duração (6h00).

 

Inscreva-se. Estamos à sua espera em Leiria!

 

A CIBE

Lucília Santos

Cartaz 11 encontro.jpg

 Inscrição | Programa |

 

Decorre, nos dias 23 e 24 de novembro, o 11º Encontro de Bibliotecas de Famalicão, sob o tema "O(s) contributo(s) da biblioteca para a literacia medi@tica", na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco e em outros espaços da cidade.
 
Este Encontro pretende evidenciar os contributos da biblioteca escolar para o desenvolvimento de competências, propiciadoras de novas formas de aprender, interagir e comunicar através dos média e apresenta-se como um espaço de partilha de ideias, de práticas de literacia dos média que visam dotar os alunos de conhecimentos necessários para o seu uso criativo e informado.

O Encontro destina-se a professores bibliotecários, bibliotecas municipais, equipas das bibliotecas escolares, órgãos de gestão e de coordenação das escolas e professores/educadores. 

 

 

CARTAZ.jpg

 Regulamento |

 

Concurso "Um olhar sobre Fernando Namora", integrado nas Comemorações do Centenário de Fernando Namora.

 

"Um Olhar sobre Fernando Namora" integra duas componentes - uma literária e outra plástica - sendo promovido pela Câmara Municipal de Condeixa, em articulação com a Casa Museu Fernando Namora e com o Agrupamento de Escolas de Condeixa. Queiram consultar mais informações no Portal da Rede de Bibliotecas de Condeixa.

 

A decorrer entre o dia 1 de outubro de 2018 e 1 de março de 2019, o concurso destina-se à comunidade educativa das escolas que se associam, de alguma forma, à memória, à vida e à obra do homenageado - participação das escolas do roteiro namoriano (locais por onde o médico/escritor desenvolveu a sua atividade).

 

Aberto a diversas modalidades das Expressões Literárias (conto, ensaio, poesia) e Plásticas (pintura, multimédia, escultura), pretende-se assim estimular e desenvolver o conhecimento e o estudo da Obra multifacetada deste que será sempre um dos grandes escritores em língua portuguesa do século XX.

 

O concurso ideal para aumentar a criatividade e reforçar o talento das futuras gerações de artistas portugueses!

 

 

Professores Bibliotecárias do AE de Condeixa (Carla Fernandes e ana Rita Amorim) e CIBE Helena Duque

 

OE-2019 - «O que é o Orçamento do Estado?» Parlamento lança infografia com vídeo a explicar o que é o Orçamento do Estado.

 

Conteúdo relacionado:

v6.png

 Download .pdfVersão ePUB |

 

A Hereditariedade, o Sexo & Género,  os Computadores Quânticos,  o Scratch e Beleza e Ciência são alguns dos temas tratados neste número. 

 

 

Editorial

O poder das comunidades

 

A World Wide Web é uma coisa assustadora, com partes verdadeiramente tenebrosas. O crime cibernético é uma das maiores ameaças, não apenas à nossa segurança pessoal, mas até à segurança das Nações.

 

Os serviços de segurança e contraespionagem conseguem sabotar fisicamente fábricas noutros países usando vírus informáticos (stuxnet); as eleições do país mais poderoso do mundo podem ter sido manipuladas; contas bancárias podem ser esvaziadas; cartões de crédito que nunca saíram das nossas mãos são usados maliciosamente; a nossa identidade digital pode ser roubada e de repente estamos a cometer crimes sem o saber em locais onde nunca estivemos; organizações terroristas executam barbaramente os seus prisioneiros em direto.

 

As crianças e os jovens estão particularmente vulneráveis; o bullying atinge requintes absurdos, com consequências trágicas para algumas das suas vítimas. A exploração sexual online de crianças tem um dimensão horripilante (https://www.europol.europa.eu/iocta/2016/ online-child-exploit.html). A Dark Web (Web das trevas?) esconde atividades e perversões inimagináveis.

 

E, contudo, o que torna isto possível (para além da maldade e perversão que sempre existiu no seio da humanidade) é precisamente o que está por trás de todos os benefícios da internet e da Web. Ninguém a controla! Ninguém é seu dono, ninguém determina quem lá pode introduzir conteúdos, nem impõe quaisquer limites aos mesmos.

 

Uma das consequências da universalidade do acesso, é que, para trabalhar num projeto, os membros de uma equipa já não precisam de estar na mesma instituição, ou na mesma cidade, nem sequer no mesmo país ou continente. Isso permitiu a formação de comunidades muito diversificadas que desenvolvem projetos que podem ser de enorme impacto e utilidade, ou... absolutamente tenebrosos.

 

(...)

 

Ler mais >>

Pág. 1/8



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor