Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue RBE

Qui | 09.06.22

XII Batalha de Leitura | Poesia

12 anos a celebrar a leitura de poesia

2022-06-09.pngLeitura: 3 min |

No dia 26 de maio, de tarde, no Parque D. Carlos I, nas Caldas da Rainha, decorreu a fase final da XII Batalha de Leitura | Poesia, um evento que contou com a participação de alunos das escolas com 2.º e 3.º ciclos e ensino secundário dos concelhos de Caldas da Rainha e de Óbidos.

A partir de fases de turma e de escola, organizadas pelas bibliotecas escolares em colaboração com os professores de Português, foram apurados os representantes das escolas na fase final, a quem coube a leitura expressiva de um poema preparado e de outro sorteado no momento.

 

O júri desta edição do concurso foi constituído por Aida Reis, da Biblioteca Municipal de Caldas da Rainha, Ana Matos, da Biblioteca Municipal de Óbidos/Casa José Saramago, Mafalda Lopes, da Biblioteca da Escola Superior de Artes e Design, e Paula Ribeiro, Coordenadora Interconcelhia das Bibliotecas Escolares.

O evento, cuja organização esteve a cargo das bibliotecas escolares e municipais, foi apresentado pelos alunos Ana Lúcia Madeira, da ES Rafael Bordalo Pinheiro, e Bernardo Viola, da ES Raul Proença.

O público assistiu ainda à atuação de Rafaela Riccobono, que apresentou duas músicas do seu último trabalho, e da Academia de Música de Óbidos, com um Ensemble de Clarinetes orientado pelo Professor Edgar Cantante.

Todos os participantes receberam certificados de participação e os três primeiros lugares receberam também troféus e prémios. Os alunos foram ainda acarinhados com a presença e as palavras de incentivo à leitura da Sra. Vereadora da Cultura e da Educação das Caldas da Rainha, Conceição Henriques, e das Direções dos seus Agrupamentos de Escola (AE D. João II, AE Josefa de Óbidos, AE Rafael Bordalo Pinheiro e AE Raul Proença).

 

Fases da iniciativa

A Batalha da Leitura | Poesia, que se tem repetido ano após ano, tem em maio o seu ponto culminante, mas, na verdade, o trabalho começa muito cedo no ano letivo, nas salas de aula de Português.

Individual/ Turma

Os alunos são desafiados a selecionarem e prepararem a leitura em voz alta de um poema, o que os conduz a um processo consciente de leitura de múltiplos autores, com um objetivo em vista. Esta procura, muitas vezes acompanhada e orientada pelas equipas das bibliotecas escolares, alarga o universo de autores conhecidos pelos alunos e, muitas vezes, desperta a vontade de ler mais.

Já a fase de preparação da leitura em voz alta exige capacidade de compreensão e de interpretação e é um momento para aprender as subtilezas do tom de voz, do ritmo do texto, do olhar intencional, dos gestos medidos. A preparação faz-se também com oficinas e workshops nas bibliotecas escolares, com a ajuda de outros professores, como os de expressão dramática, ou de contadores de histórias e de escritores.

Como cabe a cada turma selecionar em conjunto com o professor qual o aluno que a representará na fase de escola, a Batalha de Leitura é uma oportunidade para demonstrar espírito crítico e responsabilidade. Por isso, cada aluno que participa na fase de escola tem por trás toda uma turma que o apoia e o espírito competitivo dá lugar à colaboração, com dicas sobre como dizer melhor uma palavra ou como atribuir a emoção adequada a um verso.

Escola

A fase de escola, organizada nas bibliotecas escolares, é já uma festa, com as turmas a torcerem pelo aluno que as representa, bastante atentos às leituras.

Os alunos apurados sentem-se orgulhosos e, embora esteja sobre eles o peso de irem representar a escola, sabem que apenas têm de dar o seu melhor. É por este motivo que a Batalha de Leitura | Poesia final, realizada já quase no término do ano letivo, é tão importante para todos os que nela estão envolvidos: alunos, professores, professores bibliotecários, bibliotecários municipais e comunidade escolar. Trata-se de um momento em que se sente que houve aprendizagens significativas, as que ficam na memória e que têm impacto no desenvolvimento integral dos alunos, e em que, assim sendo, verdadeiramente se celebra e se promove a leitura e a poesia.

_____________________________________________________________________________________________________________________