Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue RBE

Seg | 25.07.22

Um olhar sobre as bibliotecas escolares de Columbia, Carolina do Sul, EUA

2022-07-25.png

Leitura: 2 min |

A participação da Rede de Bibliotecas Escolares na 50.ª Conferência Anual da IASL, subordinada ao tema “School Librarianship and the Evolving Global Information Landscape”, foi também a ocasião para conhecer as bibliotecas escolares desta região dos Estados Unidos da América.

Numa visita organizada pela IASL e pelos responsáveis do Richland County School District One, foi possível conhecer bibliotecas dos vários níveis de ensino – 1.º, 2.º, 3º ciclos e secundário.

2022-07-25-1.jpg

Estas bibliotecas assumem-se já como híbridas e como espaços de trabalho em torno do livro e das literacias. Em constante mutação, adequando-se aos alunos, aos projetos em curso e às necessidades da comunidade educativa, facilmente se reconfiguram e se transformam em centros de aprendizagem em que a figura central é o livro.

2022-07-25-2(2).jpg

A preocupação em atualizar a coleção é notória. De realçar a existência de uma política orçamental estadual para a biblioteca, que estabelece o valor de cerca de 25 dólares por aluno e por ano.

Os recursos tecnológicos – laboratórios digitais, centros de produção vídeo – surgem em salas contíguas que integram o espaço da biblioteca e são utilizados de forma livre pelos alunos.

2022-07-25-3.jpg

Não há computadores nem tablets, exceto para acesso ao catálogo ou para registo na biblioteca, pois os alunos, quando têm atividades, utilizam os seus computadores. A opção do distrito foi a de adquirem Chromebooks. Rápidos e baratos, são uma boa opção para os alunos.

O trabalho com a biblioteca escolar é previsto no horário dos alunos e o tema/conteúdo/projeto a trabalhar é definido em articulação com os docentes. O trabalho dos professores bibliotecários é reconhecido como fundamental para o sucesso dos alunos e a distinção com o prémio “Professor bibliotecário do ano” é um motivo de orgulho para toda a comunidade.

2022-07-25-4.jpg

Os professores bibliotecários contam com o apoio de um “Library Media Consultant”, uma espécie de coordenador interconcelhio, responsável pela implementação das políticas estratégicas distritais para as bibliotecas.

A relação entre a Rede de Bibliotecas Escolares e a IASL saiu reforçada desta 50.ª Conferência e, em setembro, serão criadas mais oportunidades de partilha e de trabalho nas áreas de investigação das bibliotecas escolares

_____________________________________________________________________________________________________________________