Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Marina Subirats - Socióloga

 

Visualizar a versão completa.

 

Especialista em educação em igualdade, Marina Subirats é Professora Emérita de Sociologia na Universidade Autónoma de Barcelona e uma das líderes em feminismo e coeducação na Espanha durante as últimas três décadas. 

 

Desde os anos 1980, pesquisou a evolução dos modelos sociais que diferenciam as crianças desde o nascimento, durante os seus estudos e futuros trabalhos. Como especialista em sociologia da educação, publicou, entre outros livros, "Forjar um homem, moldar uma mulher" e "Coeducação, apostar na liberdade". 

 

"Um dos problemas que temos na nossa sociedade é o androcentrismo, que destaca a figura masculina. A nova etapa consiste no desaparecimento dos géneros e na construção de uma cultura não androcêntrica, que valoriza igualmente o que é atribuído a homens e mulheres ", propõe Subirats.

 

A socióloga diz que, além do desafio do acesso universal à educação, é hora de rever os modelos masculinos inconscientemente transmitidos da escola e da família, e destaca uma importante reflexão: "Se perguntar algo à sua filha, pergunte também ao seu filho e dê-lhes a mesma valoração. 

 

"O feminismo é um movimento de libertação das mulheres, mas também dos homens ", conclui Marina Subirats.

 

Referência: ¿Cómo viven las jóvenes de hoy la desigualdad de género?. (2019). BBVA Aprendemos Juntos. Retrieved 8 March 2019, from https://aprendemosjuntos.elpais.com/especial/como-educar-en-igualdad-marina-subirats/

Autoria e outros dados (tags, etc)

sociologia.png

 Fonte |

 

Coleção: Livros LabCom
Ano da edição: 2018
ISBN: 978-989-654-472-0


Download PDF - 1980 KB

 

Sinopse

Nunca como hoje os media foram tão ubíquos e penetrantes de um ponto de vista social.

 

A partir deles, transformamos categorias estruturantes da nossa vida e adotamos novas formas de ação. Neles e a partir deles construímos discursos, relações, a perceção de nós mesmos e dos outros. Ainda a partir deles, projetamos modos de vida em comum.

 

A história dos media mostra-nos como sempre o fizemos. Contudo, sentimos que nunca com a escala, o alcance e a intensidade de hoje.

 

Apesar de todas as novidades e importantes transformações, a questão principal não é original e pode ser colocada de forma simples: como viver uma vida melhor com os media? Ou, noutros termos, como aproveitar as oportunidades deste novo ecossistema, e, ao mesmo tempo, limitar os riscos e as ameaças que ele esconde?

 

Como foi dito, trata-se de questões que não são novas e que, sob diferentes formas, acompanharam a emergência de anteriores formas de mediação, da escrita à imprensa e ao telégrafo.

 

A estas questões, colocadas hoje, este livro responde com uma proposta de compreensão sociológica dos novos media.

 

Sabemos que desde o seu aparecimento os media se encontram ligados de forma essencial às sociedades que os acolhem: o estudo de uns implicando o estudo das outras.

 

Num tempo marcado pela multimedialidade, pelas redes sociais online, pelos dispositivos móveis e pelos recursos de interatividade, este livro afirma a sua atualidade ao propor-se enunciar e analisar criticamente as mudanças sociais que lhes estão associadas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor