Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tu e a Internet | e-book

(Ab)uso, Crime e Denúncia

28.05.20

1.png

Download | Maio de 2020 | Ver na fonte |

 

Com o objetivo de contribuir para que crianças e jovens façam um uso cada vez mais seguro da Internet, conheçam os direitos que, enquanto utilizadores, lhes assistem e saibam como exercê-los, a Procuradoria-Geral da República publica esta edição atualizada da brochura "Tu e a Internet".

 

ÀS CRIANÇAS, JOVENS, PAIS E PROFESSORES:

Em 2013, Tu e a Internet dava conta do apelo que o mundo digital representa, dos riscos que o seu uso não informado acarreta, e do objetivo de contribuir para a utilização segura da Internet, em especial por crianças e jovens.

Seja como ferramenta de trabalho, de apoio escolar, de pesquisa, de comunicação ou de entretenimento, a Internet todos os dias ganha espaço no nosso quotidiano, fazendo aumentar o desafio da sua utilização segura.

O novo coronavírus intensificou o recurso ao mundo digital nos mais diversos setores da vida comunitária, social e pessoal.Isolamento, confinamento e distanciamento social são as medidas mais utilizadas para evitar a propagação da COVID 19.

Em Portugal, como noutros países, os ensinos pré-escolar, básico e, em parte, secundário são, hoje, assegurados por via de plataformas digitais.

Milhares de crianças e jovens têm aulas com recurso à Internet, socializam com colegas, amigos e familiares em ambiente digital, que também serve para se descontraírem e divertirem.

Esta maior permanência online justifica que, de novo, voltemos a falar sobre atividades ilícitas praticadas com recurso à Internet, direitos das pessoas que delas sejam vítimas, e da responsabilidade de quem faz esse uso indevido.

Com o objetivo de evitar que crianças e jovens sejam vítimas de condutas ilícitas e usem a internet de forma mais atenta e cuidada, Tu e a Internet continua a abordar aspetos relacionados com as principais atividades criminosas que, na atualidade, são praticadas online. E porque nem sempre é possível evitar tais atividades ilícitas é fornecida informação atualizada que permitirá às vítimas, crianças e jovens em especial, saber como reagir, com quem contactar e como estabelecer esse contacto.

O objetivo mantém-se!

Queremos continuar a contribuir para que crianças e jovens façam um uso seguro da Internet!

Gabinete Cibercrime

Gabinete da Família, da Criança e do Jovem

In "Tu e a Internet"

Avós na Net | mini série

Centro Internet Segura

31.03.20

in.png

“Avós na Net” é uma mini série de 6 episódios do Centro Internet Segura produzida pela GO-TO e que nos conta as peripécias do avô Rogério Queirós e da avó Alzira Santiago e dos seus netos ao lidar com o mundo digital.

A partir do humor, Lídia Franco e Victor de Sousa contracenam e abordam temas como os cuidados a ter ao:

  • utilizar um email;
  • serviços de mensagens instantâneos;
  • criar um perfil privado nas redes sociais;
  • como usar o pensamento crítico na Internet;
  • discurso de Ódio;
  • dating online e ainda,
  • os benefícios do uso diário da Internet.

 

Numa perspetiva intergeracional, o Centro Internet Segura, ao desenvolver esta série, pretende contribuir para promover a utilização da Internet junto da população sénior de uma forma segura, consciente e responsável, realçando os benefícios e as oportunidades que a tecnologia oferece para o seu bem-estar.

 

Veja já o primeiro episódio aqui.

 

2.º episódio:

Seminário Dia da Internet mais Segura 2020

Consórcio Centro Internet Segura

05.02.20

SID2020_simple_including_date_0.jpg

No dia 11 de fevereiro, celebra-se o Dia da Internet mais Segura 2020, iniciativa europeia que se comemora em Portugal e se alarga a todo o mês de fevereiro. Para assinalar a data, realiza-se, em Lisboa, o Seminário «Faz delete ao cyberbullying!».

Para este encontro, o Consórcio Centro Internet Segura, do qual fazem parte a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., a Direção-Geral da Educação, o Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P., a Fundação Altice, a APAV e Microsoft Portugal, convidou especialistas nacionais e europeus, bem como um painel de jovens para nos darem a sua  perspetiva e os seus testemunhos sobre como devemos prevenir e atuar face a este fenómeno transversal a toda a sociedade.

O evento irá decorrer, no Auditório do Fórum Picoas, no dia 11 de fevereiro de 2020, entre as 14h00 e as 18h00.

A participação é gratuita e aberta ao público, mas a inscrição é necessária, estando limitada à capacidade do auditório.

Registo em: https://questionarios.dge.mec.pt/index.php/481587?lang=pt

Este encontro é certificado, pela  Direção-Geral da Educação, na modalidade de Ação de Curta Duração. Os docentes interessados em obter esta certificação podem consultar as instruções aqui.

 

Referência: Seminário Dia da Internet mais Segura 2020 - Consórcio Centro Internet Segura | Direção-Geral da Educação. (2020). Dge.mec.pt. Retrieved 5 February 2020, from https://www.dge.mec.pt/noticias/tic-na-educacao/seminario-dia-da-internet-mais-segura-2020-consorcio-centro-internet-segura

miudos.png

Apresentação sumária |

O "chapéu de chuva" desta iniciativa é a privacidade online de crianças e  jovens e para este primeiro ano os temas serão "A Privacidade &   Direitos Humanos", "Gestão da Identidade & Privacidade", "Privacidade  & Pegada Digital", "Privacidade e Internet das Coisas", "Privacidade &   Encriptação".

A iniciativa inclui quatro componentes: um evento anual para assinalar o Dia da Proteção de Dados; a disponibilização de tutoriais e outros recursos sobre privacidade e segurança online;um concurso anual destinado a estudantes; disseminação de trabalhos de estudantes sobre a privacidade e segurança online.

fake news.png

Carlos Cortés, Carlos ;  Isaza, Luisa. “Noticias falsas en Internet: la estrategia para combatir la desinformación”. Palermo: Universidad de Palermo, 2017

 

Este documento expõe as medidas anunciadas pelo Facebook e pelo Google para combater a desinformação. Inclui também uma breve alusão ao YouTube e ao Twitter. Concentra-se naquelas medidas que têm um efeito direto na plataforma e nas informações recebidas pelos seus utilizadores, e não em medidas preventivas e educacionais que têm funcionado em paralelo. Da mesma forma, o documento tenta determinar qual será a cobertura geográfica dessas medidas. 

 

Posteriormente, como conclusão, explica quais podem ser os problemas por trás das soluções propostas em quatro pontos: i) escala e tempo, ii) o impacto, iii) o papel da sociedade civil e iv) transparência.

 

Referência: Arévalo, J. (2019). Noticias falsas en Internet: la estrategia para combatir la desinformaciónUniverso Abierto. Retrieved 14 April 2019, from https://universoabierto.org/2019/04/13/noticias-falsas-en-internet-la-estrategia-para-combatir-la-desinformacion/

 

 

 

Vídeo produzido pelos Líderes digitais do Agrupamento de Escolas do Alandroal.

 

Conteúdo relacionado:

 

financ.PNG

Quando navegas na internet tens noção dos riscos?

bp.PNG

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

 

Conferência discutiu os ambientes digitais de crianças e jovens portugueses

 

 

Quatro em cada cinco internautas portugueses entre os 9 e os 17 anos usa a internet todos os dias para ouvir música e ver vídeos e três em cada quatro usa-a diariamente para se comunicar com amigos e familiares. Neste ambiente de oportunidades, o reverso também existe: 23 por cento assinalam terem vivido no último ano situações na internet que incomodaram e perturbaram.

 

Estes e outros resultados do mais recente inquérito EU Kids Online foram apresentados e discutidos na conferência Crianças e Jovens Portugueses no Contexto Digital, que se realizou no dia 28 de fevereiro, no Auditório B da Reitoria da Universidade NOVA de Lisboa, no Campus de Campolide.

 

 

Referência: Conferência: Crianças e Jovens Portugueses no Contexto Digital — NOVA FCSH. (2019). Fcsh.unl.pt. Retrieved 1 March 2019, from http://www.fcsh.unl.pt/media/eventos/conferencia-criancas-e-jovens-portugueses-no-contexto-digital

 

Entrevista a Catarina Oliveira – Membro do grupo Líderes Digitais

 

net_via.PNG

As inscrições decorrem até dia 21 de março, sendo que a submissão dos trabalhos é até dia 30 de abril.

 

Navega em boas marés!

 

 

A DECO, com o apoio do Google Portugal, promove a atividade NET Viva e Segura (2ª Edição), uma iniciativa nacional que convida a comunidade educativa a produzir vídeos que demonstrem a importância de participar nas redes sociais em segurança e com respeito pela privacidade, em três categorias: partilha com cuidado, ligações seguras e a cortesia não é uma fantasia.

 

  • Partilha com cuidado

Realização de vídeos de sensibilização sobre a privacidade e a partilha nas redes sociais. Poderão abordar a importância da privacidade, os cuidados a ter com a informação que partilham, a existência de perfis falsos ou a importância de proteger os dispositivos e os seus dados. Os jovens poderão recorrer aos separadores Partilha e Privacidade no site  www.deco.proteste.pt/netvivaesegura

 

  • Ligações seguras

Realização de vídeos de sensibilização para uma utilização mais segura da Internet: como proteger as contas, o router, saber escolher a melhor palavra-passe e alterá-la em caso de roubo e os cuidados a ter com as fraudes. Os jovens poderão recorrer aos separadores Ligação Segura e Fraude no site  www.deco.proteste.pt/netvivaesegura.

 

  • A cortesia não é uma fantasia

Realização de vídeos de sensibilização sobre a importância da cortesia na internet, e do impacto que têm as interações digitais no outro, podendo abordar temas como o cyberbullying. Nesta categoria incluem-se também os conselhos sobre quando e como pedir ajuda. Os jovens poderão recorrer aos separadores Cortesia e Ajuda no site  www.deco.proteste.pt/netvivaesegura.

 

Seguir o projeto no Facebook 

 

 

 

bullying.PNG

Recursos e estratégias para adolescentes que foram vítimas de bullying, que querem ajudar um amigo que foi vítima de bullying ou que fizeram
bullying a alguém.

 

O bullying pode-se produzir de muitas maneiras diferentes como, por exemplo, ao dizer coisas desagradáveis, difundir rumores, publicar fotos inapropiadas, magoar alguém e proferir ameaças, entre outras coisas. Lembra-te que nunca é tua a culpa se alguém te faz bullying e que pode acontecer a qualquer um.


Estas são algumas soluções eficazes, que com outras pessoas resultaram úteis e que podem ajudar-te a resolver qualquer problema que estejas a enfrentar. É importante que te sintas confortável e seguro na forma que escolhes para lidar com esta situação. Pensa sempre primeiro nas consequências dos atos que derivem da tua decisão e se esta situação tem lugar na internet, usa uma das diversas ferramentas que oferece o Facebook para ajudar-te a lidar com o problema.

Traduzido do espanhol.

 

Conteúdo relacionado:

 

Referência: GeneraZión - Formación adolescentes. (2019). Generazion.org. Retrieved 6 February 2019, from http://www.generazion.org/index.php?r=formacion%2Fadolescentes

 


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor