Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



fake news.png

Carlos Cortés, Carlos ;  Isaza, Luisa. “Noticias falsas en Internet: la estrategia para combatir la desinformación”. Palermo: Universidad de Palermo, 2017

 

Este documento expõe as medidas anunciadas pelo Facebook e pelo Google para combater a desinformação. Inclui também uma breve alusão ao YouTube e ao Twitter. Concentra-se naquelas medidas que têm um efeito direto na plataforma e nas informações recebidas pelos seus utilizadores, e não em medidas preventivas e educacionais que têm funcionado em paralelo. Da mesma forma, o documento tenta determinar qual será a cobertura geográfica dessas medidas. 

 

Posteriormente, como conclusão, explica quais podem ser os problemas por trás das soluções propostas em quatro pontos: i) escala e tempo, ii) o impacto, iii) o papel da sociedade civil e iv) transparência.

 

Referência: Arévalo, J. (2019). Noticias falsas en Internet: la estrategia para combatir la desinformaciónUniverso Abierto. Retrieved 14 April 2019, from https://universoabierto.org/2019/04/13/noticias-falsas-en-internet-la-estrategia-para-combatir-la-desinformacion/

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vídeo produzido pelos Líderes digitais do Agrupamento de Escolas do Alandroal.

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

financ.PNG

Quando navegas na internet tens noção dos riscos?

bp.PNG

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Conferência discutiu os ambientes digitais de crianças e jovens portugueses

 

 

Quatro em cada cinco internautas portugueses entre os 9 e os 17 anos usa a internet todos os dias para ouvir música e ver vídeos e três em cada quatro usa-a diariamente para se comunicar com amigos e familiares. Neste ambiente de oportunidades, o reverso também existe: 23 por cento assinalam terem vivido no último ano situações na internet que incomodaram e perturbaram.

 

Estes e outros resultados do mais recente inquérito EU Kids Online foram apresentados e discutidos na conferência Crianças e Jovens Portugueses no Contexto Digital, que se realizou no dia 28 de fevereiro, no Auditório B da Reitoria da Universidade NOVA de Lisboa, no Campus de Campolide.

 

 

Referência: Conferência: Crianças e Jovens Portugueses no Contexto Digital — NOVA FCSH. (2019). Fcsh.unl.pt. Retrieved 1 March 2019, from http://www.fcsh.unl.pt/media/eventos/conferencia-criancas-e-jovens-portugueses-no-contexto-digital

 

Entrevista a Catarina Oliveira – Membro do grupo Líderes Digitais

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

net_via.PNG

As inscrições decorrem até dia 21 de março, sendo que a submissão dos trabalhos é até dia 30 de abril.

 

Navega em boas marés!

 

 

A DECO, com o apoio do Google Portugal, promove a atividade NET Viva e Segura (2ª Edição), uma iniciativa nacional que convida a comunidade educativa a produzir vídeos que demonstrem a importância de participar nas redes sociais em segurança e com respeito pela privacidade, em três categorias: partilha com cuidado, ligações seguras e a cortesia não é uma fantasia.

 

  • Partilha com cuidado

Realização de vídeos de sensibilização sobre a privacidade e a partilha nas redes sociais. Poderão abordar a importância da privacidade, os cuidados a ter com a informação que partilham, a existência de perfis falsos ou a importância de proteger os dispositivos e os seus dados. Os jovens poderão recorrer aos separadores Partilha e Privacidade no site  www.deco.proteste.pt/netvivaesegura

 

  • Ligações seguras

Realização de vídeos de sensibilização para uma utilização mais segura da Internet: como proteger as contas, o router, saber escolher a melhor palavra-passe e alterá-la em caso de roubo e os cuidados a ter com as fraudes. Os jovens poderão recorrer aos separadores Ligação Segura e Fraude no site  www.deco.proteste.pt/netvivaesegura.

 

  • A cortesia não é uma fantasia

Realização de vídeos de sensibilização sobre a importância da cortesia na internet, e do impacto que têm as interações digitais no outro, podendo abordar temas como o cyberbullying. Nesta categoria incluem-se também os conselhos sobre quando e como pedir ajuda. Os jovens poderão recorrer aos separadores Cortesia e Ajuda no site  www.deco.proteste.pt/netvivaesegura.

 

Seguir o projeto no Facebook 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

bullying.PNG

Recursos e estratégias para adolescentes que foram vítimas de bullying, que querem ajudar um amigo que foi vítima de bullying ou que fizeram
bullying a alguém.

 

O bullying pode-se produzir de muitas maneiras diferentes como, por exemplo, ao dizer coisas desagradáveis, difundir rumores, publicar fotos inapropiadas, magoar alguém e proferir ameaças, entre outras coisas. Lembra-te que nunca é tua a culpa se alguém te faz bullying e que pode acontecer a qualquer um.


Estas são algumas soluções eficazes, que com outras pessoas resultaram úteis e que podem ajudar-te a resolver qualquer problema que estejas a enfrentar. É importante que te sintas confortável e seguro na forma que escolhes para lidar com esta situação. Pensa sempre primeiro nas consequências dos atos que derivem da tua decisão e se esta situação tem lugar na internet, usa uma das diversas ferramentas que oferece o Facebook para ajudar-te a lidar com o problema.

Traduzido do espanhol.

 

Conteúdo relacionado:

 

Referência: GeneraZión - Formación adolescentes. (2019). Generazion.org. Retrieved 6 February 2019, from http://www.generazion.org/index.php?r=formacion%2Fadolescentes

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dia_internet_segura.png

 

Os professores bibliotecários da Rede de Bibliotecas de Cantanhede promoveram, no passado dia 5, no âmbito do seu plano de atividades concelhio, uma palestra e uma videoconferência com João Pedro Martins, Embaixador Europeu da Juventude para a Segurança da Internet e especialista em cidadania digital.

 

Este evento, dirigido aos alunos do 3.º ciclo dos três Agrupamentos do concelho de Cantanhede, Gândara-Mar, Lima-de-Faria e Marquês de Marialva, será difundido a partir do Auditório da Escola Secundária Lima-de-Faria, proporcionando, de igual modo, aos alunos e professores envolvidos a interação com o orador.

 

Alertar para os riscos inerentes à utilização da Internet/equipamentos/plataformas digitais e fomentar a adoção de comportamentos/atitude crítica e responsável face aos mesmos, eis os objetivos desta atividade que se associa à celebração do Dia da Internet Mais Segura 2019.

 

Conteúdo relacionado:

Líderes digitais - vídeo | joão pedro martins

Autoria e outros dados (tags, etc)

ciber.PNG

 Fonte | Download |

 

Os menores e os jovens de hoje, os chamados “nativos digitais”, fazem uso constante da Internet e beneficiam das inúmeras vantagens que ela traz. Informações na ponta dos dedos, possibilidade de comunicação com os amigos, vídeos, jogos ... Educação em aspectos de segurança, privacidade, proteção dos direitos das pessoas etc. é algo que deve ser ensinado desde a infância, já que os menores acedem desde muito jovens ao mundo digital, redes sociais, telefones celulares, aplicativos em smartphones, etc.


O trabalho dos pais e educadores é primordial na prevenção de riscos. O seu trabalho deve ser ensinar e orientar os filhos / alunos quando eles começam a sua jornada on-line. No entanto, às vezes são os próprios pais que desconhecem os perigos reais que os seus filhos enfrentam, como evitá-los e educar os filhos para que não sejam afetados por eles ou conhecer os passos a seguir no caso de terem sido vítima de um deles.

 

Ler mais >>

 

ReferênciaGuía de actuación contra el ciberacoso | EnFamilia. (2018). Enfamilia.aeped.es. Retrieved 11 October 2018, from https://enfamilia.aeped.es/lecturas-recomendadas/guia-actuacion-contra-ciberacoso

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

desafios.png

 SeguraNet |


A 12.ª edição dos Desafios SeguraNet 2018/19 terá início no dia 01 de outubro, prolongando-se até 31 de maio de 2019.

 

Esta edição destina-se a todas as escolas, públicas e privadas, do ensino básico.

 

Para participar nos Desafios, as Escolas deverão efetuar o registo com o código de estabelecimento de ensino.

 

Nos Desafios dirigidos ao 1.º ciclo do ensino básico, as turmas registadas serão, ao longo do ano, convidadas a responder a três Desafios sobre temas relacionados com a segurança digital.

 

No caso dos Desafios dirigidos ao 2.º e 3.º ciclos do ensino básico, as equipas de alunos e professores poderão responder a um desafio por mês e as equipas de encarregados de educação a desafios trimestrais.

 

Este concurso é uma iniciativa enquadrada nas ações estratégicas de ensino orientadas para o perfil do aluno definidas nas Aprendizagens Essenciais da disciplina Tecnologias Informação Comunicação (TIC) e nas Orientações curriculares para as TIC no 1.º Ciclo.

 

Esta iniciativa também poderá ser dinamizada no âmbito da disciplina Cidadania e Desenvolvimento nos domínios:
Direitos Humanos (Campanha Não ao Discurso do Ódio; Ciberbullying); Saúde (Dependência OnlineBullying/Ciberbullying); Sexualidade (SextingSextortion); Media (Literacia mediática; Direitos de Autor; Fake News) e Segurança, Defesa e Paz (Cibersegurança).

 

Registo em: http://www.seguranet.pt/pt/desafios

 

Referência: Lançamento da 12.ª edição dos Desafios SeguraNet 2018/2019 | SeguraNet. (2018). Seguranet.pt. Retrieved 26 September 2018, from http://www.seguranet.pt/pt/noticias/lancamento-da-12a-edicao-dos-desafios-seguranet-20182019

Autoria e outros dados (tags, etc)

internet.png

 Download |

 

A internet em geral e as redes sociais vieram colocar novos desafios ao exercício das responsabilidades parentais, quer pela facilidade de acesso, quer pelo difícil controlo da segurança.

 

A redobrada atenção que a todos se exige implica conhecimento e reflexão sobre o que pode estar em causa.

 

O Centro de Estudos Judiciários, através das acções de formação organizadas pela sua Jurisdição da Família e das Crianças, tem procurado contribuir para esse debate.

 

O resultado é espelhado em mais este e-book da “Coleção Formação Contínua”.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor