Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



top_sobe2020.png

Foi disponibilizado ontem, o renovado sítio Web do Projeto SOBE+ (Saúde Oral Bibliotecas Escolares), uma parceria da Rede de Bibliotecas Escolares com a Direção-Geral da Saúde e o Plano Nacional de Leitura 2027, que tem como objetivo principal contribuir para a melhoria da literacia, para a promoção da saúde em geral e prevenção da doença.

Para além de uma imagem renovada, neste espaço digital encontrará orientações, materiais e outros recursos para apoiar profissionais de educação e de saúde para, de forma colaborativa, desenvolverem este projeto nas escolas e jardins de infância.

Visite e explore em www.sobe.pt.

STOP Contágio | jogo online

Prevenção da transmissão de agentes infecciosos

17.03.20

jogo.png

A Direção-Geral da Saúde lançou o jogo on-line “STOP Contágio” para, de forma lúdica, promover a melhoria dos conhecimentos e a adoção de comportamentos adequados por parte da população, no que diz respeito à prevenção da transmissão de agentes infecciosos, como é o caso do coronavírus responsável pela COVID-19.

saude.PNG

O Manual

 

O Manual de Promoção de Competências Socioemocionais, de ora em diante designado por Manual, na lógica do modelo de intervenção proposto para a Saúde Escolar e a Saúde Mental, integra alguns temas e objetivos do Referencial de Educação para a Saúde da Direção-Geral da Educação (DGE), (no prelo) e oferece uma orientação nas áreas da promoção da saúde e bem-estar como um todo, bem como do desenvolvimento das relações interpessoais.

 

O principal objetivo do Manual é constituir-se como um recurso pedagógico para facilitar a formação e a implementação, passo a passo, de um projeto promotor da Saúde Mental na Escola, orientado pela tipologia de programas de Aprendizagem SEL (Social and Emocional Learning), assente nos seguintes princípios:

 

• Promoção da saúde, do bem-estar mental e do sucesso educativo através de uma abordagem compreensiva e holística de toda a Escola, integrada na promoção e educação para a saúde;

 

• Intervenção fundamentada nos modelos baseados na evidência científica, usando os resultados da avaliação para justificar decisões;

 

• Promoção de um ambiente escolar seguro, de suporte e protetor, respeitando os princípios da confidencialidade, de modo a que a comunidade educativa se sinta confiante para discutir e para solicitar apoio face às necessidades sentidas;

 

• Definição das intervenções e dos resultados adequados ao meio escolar, que contribuam para maximizar os fatores protetores e minimizar os fatores de risco;


• Consciencialização de que alguns fatores de proteção e de risco têm impacto nos resultados a nível da saúde e da educação e que influenciam as escolhas a nível pessoal e do grupo;


• Sensibilização dos/as docentes e das equipas de saúde escolar para uma metodologia de projeto conjunta, capacitando-os para a implementação deste modelo em meio escolar;

Capacitação dos/as docentes e das equipas de saúde escolar para serem, essencialmente, recurso de suporte a escolhas a nível pessoal e do grupo e facilitadores de aprendizagens e de tomada de decisão referentes ao potencial de saúde;

 

• Implementação de metodologias interativas e participativas no desenvolvimento de conhecimentos, atitudes e competências para a tomada de decisão e na adoção de comportamentos mais saudáveis junto da comunidade educativa.

(...)

 

Referência: simões, c., & completo, V. (2016). Manual para a Promoção de Competências Socioemocionais em Meio Escolar.Spo-franciscofranco.blogspot.com. Retrieved 26 February 2019, from https://spo-franciscofranco.blogspot.com/2016/09/manual-para-a-promocao-de-competencias.html

 

sobe_top.jpeg

 

 

 

 

 

 

 

Dia Mundial da Saúde Oral é já a 20 de março. A sessão comemorativa, a que a Rede de Bibliotecas Escolares e o Plano Nacional de Leitura estão associados através do projeto SOBE, terá lugar no Auditório do Infarmed, no Parque de Saúde de Lisboa. Pode consultar o programa aqui >>.

global dialogue.png

 

 

 

 

 

 

A Global Dialogues, organização sem fins lucrativos que promove a saúde pública e o bem-estar social através de soluções dirigidas à juventude, está a lançar a terceira edição internacional do concurso de ideias para curtas-metragens, destinado a jovens até aos 24 anos. O concurso decorre até dia 31 de março de 2015 e os temas são:


Tópico 1: Sexo, drogas e álcool

Tópico 2: Violência contra raparigas e mulheres

Tópico 3: Sexo e religião

Tópico 4: Viver com VIH/SIDA

Tópico 5: Alguém que se sente atraído por pessoas do mesmo sexo

Tópico 6: Tema livre, desde que relacionado com VIH/SIDA, sexualidade, violência contra mulheres OU álcool, drogas e sexo.

As ideias vencedoras serão convertidas em curtas-metragens e receberão, ainda, um prémio em dinheiro.


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor