Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tendo em mente o lema “distinguir para inspirar”, a iniciativa Fazer em Rede dá rosto e voz aos professores bibliotecários, líderes na sua comunidade e profissionais capazes de enfrentar as mudanças com confiança.

Estes testemunhos partem da experiência pessoal e apresentam-nos soluções por vezes simples, mas engenhosas e criativas. Mostra-se, assim, que os professores bibliotecários que têm boas ideias e disponibilidade para continuar a aprender podem contagiar todos com o seu entusiasmo, colocando a biblioteca no centro da escola.

Na Boa Prática em destaque, Isabel Rego, professora bibliotecária no Agrupamento de Escolas de Búzio, em Vale de Cambra, apresenta o projeto Sementes de Leitura e conta como evoluiu para dar resposta à pandemia.

Materiais disponibilizados pela escola aqui>>

Lista de Boas Práticas - maio 2020 [PDF]
Lista maio 2020 [PDF]

Ver também:
• Regulamento Fazer em Rede 2019/ 20
• Boas Práticas RBE
 

Referência: Fazer em rede • Prémio Boas Práticas | maio 2020. (2020). Retrieved 6 July 2020, from https://rbe.mec.pt/np4/2580.html

Rádio Miúdos • Emissões online

Literacia mediática

25.06.20

radio.jpg

No âmbito da parceria com a Rádio Miúdos na promoção de ações que promovem o desenvolvimento de competências de literacia mediáticas, a RBE associa-se à iniciativa que convida crianças e jovens que falem português a participarem nas emissões online desta rádio.

Os destinatários principais desta iniciativa são todas as crianças, fundamentalmente as do ensino básico, para que estas tenham oportunidade de ter voz e de aprenderem e se divertirem a fazer rádio com os os seus pares de todo o país e até do estrangeiro. Os professores e pais, que queiram participar, são muito bem vindos. Será uma oportunidade de ter a escola ou a biblioteca escolar representada numa iniciativa que chega a várias partes do mundo.

Para participar basta enviar um email ou contactar o número 965 191 518 (telefone, WhatsApp ou sms) para combinar a hora e saber o ID do Zoom, plataforma através da qual podem entrar na emissão. Em alternativa poderão participar por telefone, caso não tenham acesso ao Zoom, ou enviar uma mensagem para o número de telefone ou ainda através de mensagem de voz no site da Rádio Miúdos na barra laranja onde diz "grava aqui a tua mensagem de voz".

As emissões decorrem de segunda a sexta-feira no horário das 15h às 18h,  menos 1h nos Açores e não serão interrompidas durante o período de férias escolares de verão.

 

Referência: Rádio Miúdos • Emissões online. (2020). Retrieved 25 June 2020, from https://rbe.mec.pt/np4/2576.html

 

Com o lema “distinguir para inspirar”, a iniciativa Fazer em Rede dá rosto e voz aos professores bibliotecários, líderes na sua comunidade e profissionais capazes de enfrentar as mudanças com confiança.

Na Atividade TOP em destaque, Silvia Melchior, professora bibliotecária da Escola Básica de Tortosendo, na Covilhã, conta como usou gotas de água e um kamishibai para criar a atividade Queremos ser Eco-Heróis.

Proposta disponibilizada pela escola aqui>>


Ver também:
• Fevereiro 2020
• Janeiro 2020
• Dezembro 2019
• Novembro 2019
• Regulamento Fazer em Rede 2019/ 20
• Atividades RBE
Lista de Atividades TOP - fevereiro 2020 [PDF]
Lista março 2020

 

Referência: Fazer em rede • Atividade TOP | março 2020. (2020). Retrieved 22 June 2020, from https://rbe.mec.pt/np4/2579.html

select.png

 

A Rede de Bibliotecas Escolares foi convidada, pela East Carolina University (EUA), a participar, a 8 de junho de 2020, num webinar internacional, subordinado ao tema, Global Library Exchange: COVID-19 and Libraries.

Realizado no contexto de finalização de curso de nível de mestrado em ciências biblioteconómicas, este webinar contou com os seguintes intervenientes:

- Audrey Chapuis, Diretora da American Library (França);

- Bruno Eiras, Diretor do Departamento da Rede de Bibliotecas Públicas (Portugal):

- Liliana Silva, Conselheira do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares (Portugal);

-  Anna Tammaro, Professora da Universidade de Parma (Itália) e diretora da revista Digital Library Perspectives.

Unindo dois continentes e quatro países, a iniciativa foi realizada através da plataforma Zoom e seguida por bibliotecários de todo o mundo.

No final, os seus responsáveis, Bárbara Marson, Professora do Library Science Program e a sua equipa da Universidade, Kaye Dotson (Professor Associado e Diretor do MLS Program) e Rita Soulen (Professora do MLS Program), deixaram a promessa de dar continuidade a estes encontros.

Etiquetas:

cerlalc.jpg

Nos dias 10 e 11 de junho, a Cerlalc promoverá um espaço virtual de natureza regional, que procura identificar, convocar, pôr em diálogo e tornar visível:

  • a maneira como os sistemas de bibliotecas e os planos de leitura da América Latina agem para assumir a crise causada pelo Covid-19; 
  • as medidas adotadas pelos países a esse respeito; 
  • as ações de transformação para responder às necessidades culturais, educacionais e emocionais das comunidades;
  • a maneira como o futuro é projetado.

O fórum reunirá os líderes e os coordenadores dos planos nacionais de leitura e os sistemas ou redes de bibliotecas públicas nacionais dos 21 países ibero-americanos.

O evento é voltado para todos os atores da área das bibliotecas e leitura, incluindo bibliotecários, mediadores de leitura, coordenadores de redes locais de bibliotecas públicas e escolares, escritores, editores, entre outros.

Além disso, terá como convidadas as organizações interessadas no assunto, como a UNESCO e os seus diferentes departamentos de educação e cultura na região: IFLA e Fesabid, entre outros.

A RBE e o PNL marcarão presença no evento.

Faça o download da programa completo aqui: AGENDA

 

Assista via:

*Não requere inscrição prévia.

 

Referência: FORO REGIONAL: Las bibliotecas y los planes de lectura en contextos de crisis, más necesarios que nunca - Cerlalc. (2020). Retrieved 9 June 2020, from https://cerlalc.org/foro-regional-las-bibliotecas-y-los-planes-de-lectura-en-contextos-de-crisis-mas-necesarios-que-nunca/

aval.jpg

A avaliação das bibliotecas é hoje uma prática consolidada nas escolas, resultado da aplicação generalizada do Modelo de avaliação da biblioteca escolar, que se tem vindo a afirmar, nos últimos anos, como um instrumento orientador de boas práticas e, simultaneamente, indutor de uma cultura de avaliação(Modelo de avaliação da biblioteca escolar)

No corrente ciclo de avaliação, iniciado este ano letivo, mantém-se o princípio de alternância das etapas de implementação dos processos de melhoria e de avaliação da biblioteca escolar. Deste modo, as bibliotecas deverão elaborar, nesta fase, o Relatório de execução do Plano de melhoria, tendo em consideração as ações implementadas e os resultados obtidos.

Contudo, nesta análise, deverá ser considerado o facto de o Plano de melhoria ser um documento projetado para concretização num horizonte temporal de dois anos letivos, i.e., num ciclo avaliativo. De igual modo, deverão, ainda, ser ponderadas as especificidades e os contextos em que se desenvolveram as atividades escolares, fortemente condicionadas pelo quadro sanitário vivido em Portugal desde março.

Assim, recomenda-se que na elaboração do Relatório de execução do Plano de melhoria sejam equacionadas as atividades presenciais concretizadas até 13 de março de 2020, sem prejuízo de as escolas contabilizarem as diversas iniciativas realizadas a distância que, integrando ou não o Plano de atividades, tenham contribuído efetivamente para superar eventuais fragilidades identificadas no Plano de melhoria.

 

Fases do ciclo de avaliação
Figura n.º 1 - Fases do ciclo de avaliação

 

A apresentação do Relatório de execução do plano de melhoria no Sistema de Informação decorrerá de 8 de junho a 24 de julho.

As escolas que, por quaisquer razões, estejam impossibilitadas de efetuar os procedimentos de avaliação no corrente ano letivo, deverão comunicar, até 10 de julho de 2020, as razões desse impedimento ao Serviço de apoio RBE.

 

Referência: Avaliação da biblioteca escolar 2020. (2020). Retrieved 9 June 2020, from https://rbe.mec.pt/np4/2371.html

Professor bibliotecário

Concurso

06.06.20

pb.jpg

Os professores bibliotecários asseguram na escola, o funcionamento e gestão das bibliotecas, as atividades de articulação com o currículo, de desenvolvimento das literacias e de formação de leitores.

Compete-lhes gerir as bibliotecas do agrupamento enquanto espaços agregadores de conhecimento, recursos diversificados e implicados na mudança das práticas educativas, no suporte às aprendizagens, no apoio ao currículo, no desenvolvimento da literacia da informação, tecnológica e digital, na formação de leitores críticos e na construção da cidadania. Compete-lhes, ainda, garantir serviços de biblioteca a todas as escolas do agrupamento.

Mais informações ou esclarecimentos poderão ser solicitados, por correio electrónico, para apoio@mail-rbe.org

Sínteses estatísticas

[2020.01.13]

• Recursos Humanos 2020
• Professor bibliotecário - 10 anos


Legislação de suporte

[2020.06.04]

• Portaria n.º 192-A/2015 de 29 de junho


Pontuações de formação

[2020.06.04]

• Lista de cursos referidos no Anexo II da portaria 192-A/2015 de 29 de junho
• Ações de formação contínua realizadas [base dados] [.xlsx]


CONCURSO 2020 [+]

Procedimentos de seleção

[2020.06.04]

• Informações
• Quadro síntese
• Perguntas frequentes


Documentos de candidatura

[2020.06.04]

• Minuta para declaração de interesse
• Documento para sistematização de pontuações


Documentos de concurso

[2020.06.04]

• Seleção de candidatos
• Cálculo número de professores bibliotecários

 

Veja também:  Formação
 
Referência encontrada: 
Título do artigo: Professor bibliotecário
Título do Website: RBE: Rede de Bibliotecas Escolares
URL: https://rbe.mec.pt/np4/professor_bibliotecario.html

ref.png

Download | Junho 2020 |

 

A adequação organizacional e pedagógica das bibliotecas aos desafios colocados pela escola e pela sociedade constitui um fator determinante para a qualidade do seu funcionamento.

(in Enquadramento)

 

O serviço de referência de uma biblioteca define-se como o apoio prestado ao utilizador na seleção e avaliação dos recursos informativos e na forma de lhes aceder. São funções deste serviço acolher, informar, formar e orientar o utilizador no acesso à informação.

Um serviço de referência presencial é hoje complementado com um serviço de referência a distância, adequando-se, deste modo, às necessidades e expectativas do utilizador e ultrapassando condicionantes espaciais e temporais.

Com este documento, a Rede de Bibliotecas Escolares apresenta linhas de ação a considerar na implementação e manutenção de um serviço de referência, presencial e a distância.

 

Referência: Serviço de referência nas bibliotecas escolares: orientações. (2020). RBE: Rede de Bibliotecas Escolares. Retrieved 5 June 2020, from https://rbe.mec.pt/np4/2572.html

Etiquetas:

WEIWE(R)BE | projeto-piloto

Literacia da informação

02.06.20

top_weiwerbe.jpg

O projeto-piloto WEIWE(R)BE fundado no modelo de T. Wilson - que identifica os fatores que influenciam o comportamento de pesquisa a partir do momento em que se reconhece a necessidade de informação e desencadeia a partir daí um circuito na procura de fontes – é  implementado pelas Bibliotecas Escolares, enquanto espaços que  assumem uma missão crucial na construção do processo pesquisa de Informação, constituindo-se como uma alavanca capaz de provocar mudanças nas estratégias de ensino e implementar dinâmicas que, de forma efectiva e eficiente, contribuam para o desenvolvimento da literacia da informação.


O projeto cumpre as orientações  e os objetivos consignados nos documentos referenciais nacionais e internacionais, nomeadamente o Manifesto da Biblioteca Escolar (IFLA/UNESCO, 1999) e a Declaração Política da IASL sobre Bibliotecas Escolares (IASL, 1993).


O projeto WEIWE(R)BE é coordenado pela Rede de Bibliotecas Escolares em parceria com a Universidade Aberta.

 

Objetivo Promover estratégias de desenvolvimento das competências de literacia da informação

Destinatários Turmas do 10.º ano do Ensino Secundário

Parceiro Universidade Aberta

Data de início 27 de novembro de 2019

Data de conclusão 3 de junho 2020 | em curso


ATUALIZAÇÃO

O projeto-piloto WEIWE(R)BE realiza a sessão final das escolas participantes, dia 3 de Junho de 2020, a partir das 10:00.

Dadas as atuais circunstâncias, a sessão terá lugar por videoconferência síncrona, em sessão alargada a participantes convidados.

Programa [PDF]
Programa

Veja também: Materiais:
 

Referência: WEIWE(R)BE. (2020). RBE: Rede de Bibliotecas Escolares. Retrieved 2 June 2020, from https://www.rbe.mec.pt/np4/2567.html

 

Fazer em rede • Prémio Boas Práticas

Distinguir para inspirar

25.05.20

top_boas_praticas.png

Tendo em mente o lema “distinguir para inspirar”, a iniciativa Fazer em Rede dá rosto e voz aos professores bibliotecários, líderes na sua comunidade e profissionais capazes de enfrentar as mudanças com confiança.

Estes testemunhos partem da experiência pessoal e apresentam-nos soluções por vezes simples, mas engenhosas e criativas. Mostra-se, assim, que os professores bibliotecários que têm boas ideias e disponibilidade para continuar a aprender podem contagiar todos com o seu entusiasmo, colocando a biblioteca no centro da escola.

Na Boa Prática em destaque, Marco Lobato, professor bibliotecário, e Joaquim Trovão, coordenador dos projetos TIC, explicam como desenvolveram o projeto BE CODE no Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva, em Sintra, criando desafios de código que inspiraram alunos e professores.

Materiais disponibilizados pela escola aqui>>

Lista de Boas Práticas - março 2020 [PDF]
Lista de Boas Práticas - março 2020 [PDF]

Ver também:
• Regulamento Fazer em Rede 2019/ 20
• Boas Práticas RBE


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor