Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





O auditório municipal de Montalegre recebeu o seminário nacional subordinado ao tema O Plano Tecnológico na (e para a) Educação: da formação à sua utilização em segurança. Um encontro que encerrou a XI Feira do Livro de Montalegre, que contou com uma enorme plateia interessada em ouvir o que os intervenientes nos diversos painéis tinham para comunicar sobre esta temática, tão emergente e pertinente nos dias de hoje.

Destaque para a presença da Dra. Teresa Calçada, coordenadora do Programa Rede de Bibliotecas Escolares, que na sua intervenção abordou o tema As Bibliotecas Agentes Promotores da Literacia Digital. Para a coordenadora do Programa  Rede de Bibliotecas Escolares, o que está a ser feito, em matéria de biblioteca, não é mais do que uma continuidade. A biblioteca, [defende Teresa Calçada] é um lugar de sabedoria, um lugar que alberga e promove saber, feito de informações, de conhecimento, de registos de memórias.  No entanto, convicta de que o presente é bem diferente da realidade passada, Teresa Calçada esclareceu, principalmente os saudosistas, que hoje não chegam os livros. Toda e qualquer biblioteca, tem que se adaptar e coabitar com as novas tecnologias. Todos sabemos que há um verso e um reverso disso. No entanto, as tecnologias emergentes são condição para não deixar morrer a leitura. Não ser letrado tecnologicamente, nos dias de hoje, leva à exclusão. Todos sabemos que actualmente é bem mais complexo ser leitor. As exigências são maiores, a complexidade é maior, mas é o caminho a seguir.

O Município de Montalegre e a Biblioteca Municipal estão de parabéns pela iniciativa e pela excelente organização.

Regina Campos
Coordenadora Interconcelhia

Etiquetas:

Vídeo de apresentação da área de Jornais e Revistas de interesse educativo, que passou a estar acessível no Portal das Escolas,  no qual podemos assistir a momentos de uma aula de história sobre a 1ª República e à sua prévia preparação, com recurso às  novas tecnologias e a conteúdos de imprensa da época disponíveis em arquivo digital.


Etiquetas:




Foi esta manhã apresentada no Centro Cultural de Belém, a área de jornais e revistas que o Portal das Escolas passou a disponibilizar. A nova área de conteúdos resulta de uma parceria entre o Ministério da Educação e o grupo Impresa, e irá permitir o acesso aos arquivos digitais deste último, que  incluem desde periódicos do início do séc. XX,  como A Capital,  fundado em 1910 e já extinto, a publicações tão actuais como a Visão.

Professores e alunos têm, a partir de agora, acesso gratuito e facilitado a um conjunto de informações relevantes  para a análise da actualidade e da  história recente, bem assim como a um acervo onde podem ir encontrando a memória do país e do mundo, e a memória cultural da humanidade - como sublinharam o presidente da Impresa, Dr. Pinto Balsemão e a Sra. Ministra da Educação, Dra. Isabel Alçada.

Esta iniciativa insere-se num dos objectivos do Plano Tecnológico da Educação, que é promover a utilização de recursos digitais fidedignos, devidamente validados e organizados, nas actividades de ensino e de aprendizagem. 

Um protocolo assinado ainda hoje com a SIC e a RTP permitirá, futuramente, a disponibilização de conteúdos com interesse educativo destes dois canais de televisão.

Ler mais no Expresso, 27 Janeiro >>

Etiquetas:

Iniciou-se a colocação de videoprojectores nas escolas, no âmbito do Plano Tecnológico da Educação.


As bibliotecas escolares deverão ser equipadas com um projector para apoio às suas actividades.


Em Agosto de 2007, foi aprovado o Plano Tecnológico da Educação, com os seguintes objectivos:

  • Atingir uma média de 2 alunos por computador com ligação à Internet (em 2006 era 9,6 alunos por computador);


  • Equipar todas as salas de aula com videoprojector;


  • Assegurar em todas as escolas acesso à Internet a pelo menos 48 Mbps;


  • Adoptar um cartão electrónico de identificação para todos os alunos;


  • Massificar o uso de meios electrónicos de comunicação, fornecendo endereços de correio electrónico a todos os alunos e professores;


  • Assegurar que 90% dos professores e 50% dos alunos certifiquem as suas competências em TIC.

Plano Tecnológico da Educação (pdf)

Etiquetas:


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor