Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



dest_fazer_em_rede.jpg

Retoma-se a distinção Fazer em Rede, que pretende reconhecer o trabalho que os professores bibliotecários realizam no quotidiano no sentido de fazerem das bibliotecas locais físicos e virtuais de referência nas suas escolas. Esta iniciativa subdivide-se em dois prémios: Prémio Boas Práticas e Prémio Atividades Top.
O regulamento da segunda edição pode ser consultado no Portal RBE.

Conclui-se também a primeira edição da iniciativa Fazer em Rede com a divulgação da Atividade TOP do mês do junho do ano letivo 2019/20.

A partir do mote, ANTES, DURANTE E DEPOIS DO COVID-19 Reflexões em tempo de confinamento, Paula Ribeiro, professora bibliotecária da Escola Secundária Dr. Augusto César da Silva Ferreira, em Rio Maior, lançou um desafio aos alunos: escrever sobre o momento que estavam a viver. O vídeo agora divulgado vem mostrar que os professores bibliotecários têm a capacidade para se adaptarem a cenários de mudança e imprevisibilidade e chamam a si a missão de cuidar da comunidade escolar.

top_sobe2020.png

Foi disponibilizado ontem, o renovado sítio Web do Projeto SOBE+ (Saúde Oral Bibliotecas Escolares), uma parceria da Rede de Bibliotecas Escolares com a Direção-Geral da Saúde e o Plano Nacional de Leitura 2027, que tem como objetivo principal contribuir para a melhoria da literacia, para a promoção da saúde em geral e prevenção da doença.

Para além de uma imagem renovada, neste espaço digital encontrará orientações, materiais e outros recursos para apoiar profissionais de educação e de saúde para, de forma colaborativa, desenvolverem este projeto nas escolas e jardins de infância.

Visite e explore em www.sobe.pt.

dest_miudos2021.jpg

As escolas estão a recomeçar a sua atividade educativa e a preparar-se para os novos desafios que este ano trará. A iniciativa Miúdos a Votos continuará a ter lugar, a partir de um regulamento, orientações e outras novidades que estão para vir de modo a permitir às escolas adaptarem-se ao contexto que vivemos.

Tal como nos anos anteriores, a iniciativa é aberta a todas as escolas, sejam públicas ou privadas, abrangendo alunos do 1.º ao 12.º ano de escolaridade. É também alargada a estabelecimentos de ensino no estrangeiro que lecionem os mesmos anos de escolaridade e que tenham o Português como primeira língua.

Pode encontrar, no portal RBE, toda a informação disponível: Miúdos a Votos • 5.ª edição

WEIWE(R)BE | projeto-piloto

Literacia da informação

02.06.20

top_weiwerbe.jpg

O projeto-piloto WEIWE(R)BE fundado no modelo de T. Wilson - que identifica os fatores que influenciam o comportamento de pesquisa a partir do momento em que se reconhece a necessidade de informação e desencadeia a partir daí um circuito na procura de fontes – é  implementado pelas Bibliotecas Escolares, enquanto espaços que  assumem uma missão crucial na construção do processo pesquisa de Informação, constituindo-se como uma alavanca capaz de provocar mudanças nas estratégias de ensino e implementar dinâmicas que, de forma efectiva e eficiente, contribuam para o desenvolvimento da literacia da informação.


O projeto cumpre as orientações  e os objetivos consignados nos documentos referenciais nacionais e internacionais, nomeadamente o Manifesto da Biblioteca Escolar (IFLA/UNESCO, 1999) e a Declaração Política da IASL sobre Bibliotecas Escolares (IASL, 1993).


O projeto WEIWE(R)BE é coordenado pela Rede de Bibliotecas Escolares em parceria com a Universidade Aberta.

 

Objetivo Promover estratégias de desenvolvimento das competências de literacia da informação

Destinatários Turmas do 10.º ano do Ensino Secundário

Parceiro Universidade Aberta

Data de início 27 de novembro de 2019

Data de conclusão 3 de junho 2020 | em curso


ATUALIZAÇÃO

O projeto-piloto WEIWE(R)BE realiza a sessão final das escolas participantes, dia 3 de Junho de 2020, a partir das 10:00.

Dadas as atuais circunstâncias, a sessão terá lugar por videoconferência síncrona, em sessão alargada a participantes convidados.

Programa [PDF]
Programa

Veja também: Materiais:
 

Referência: WEIWE(R)BE. (2020). RBE: Rede de Bibliotecas Escolares. Retrieved 2 June 2020, from https://www.rbe.mec.pt/np4/2567.html

 

CiiL: a construir alicerces para a leitura

Centro de Investigação e Intervenção na Leitura

30.03.20

CiiL_divulg_institucional_foto.jpg

Para construir alicerces sólidos para as próximas gerações de leitores, o CiiL (Centro de Investigação e Intervenção na Leitura) aposta na promoção das competências pré-leitoras e leitoras.

Desde 2015, a equipa CiiL aplica os resultados da investigação na implementação de uma intervenção sistematizada em contexto escolar, diretamente com as crianças a frequentar a rede pública no Município do Porto, num trabalho a par com o do professor titular/ educador.

A 18 de março de 2020 o CiiL adotou o modo virtual, com o objetivo de manter o trabalho continuado de intervenção que até aqui decorreu em modo presencial. O CiiL continua a ser o resultado do trabalho articulado de uma equipa que conta com professores, psicólogos e terapeutas de fala. Agora em contacto virtual entre si e com as crianças e pais.

Mantendo a intensidade da intervenção,  o CiiL publica nas redes sociais atividades dirigidas à promoção das competências pré-leitoras e das competências leitoras.

Na primeira semana em modo virtual partilhou atividades sob a forma de vídeo, através dos canais Facebook, Instagram, YouTube, e correio eletrónico.

O CiiL é uma parceria entre o Instituto Politécnico do Porto,  a Câmara Municipal do Porto e o Ministério da Educação. Desde 2018 beneficia de financiamento europeu NORTE 2020.

 

Conteúdo relacionado:


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor