Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



cartaz_concurso_leitura_voz_alta_serta_2020_v3.jpg

A Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes (Município da Sertã), com o apoio da Rede de Bibliotecas Escolares e do Plano Nacional de Leitura 2027, desafia os participantes neste concurso a gravarem um áudio com a leitura em voz alta de um excerto de uma obra literária.
Esta iniciativa destina-se a todas as Bibliotecas Escolares e convida à participação de alunos do 3.º ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário (Regular e Profissional).
Prazo de envio dos trabalhos prolongado até 31 de outubro.

Ler mais: Concurso Nacional de Leitura em Voz Alta

2020-09-29 Práticas de leitura.png

O Plano Nacional de Leitura 2027, o Iscte-Instituto Universitário de Lisboa e o Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Iscte convidam a assistir à apresentação dos resultados do estudo Práticas de Leitura dos Estudantes dos Ensinos Básico e Secundário, que contou com o apoio da Rede de Bibliotecas Escolares.
O evento terá lugar no próximo dia 30 de setembro, às 15h (horário Portugal) com transmissão no Facebook do PNL2027 e do CIES-Iscte.
O estudo Práticas de Leitura dos Estudantes dos Ensinos Básico e Secundário resultou de uma parceria entre o Plano Nacional de Leitura 2017-2027 (PNL2027) e o Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-Iscte), sob coordenação científica de João Trocado da Mata e José Soares Neves, com colaboração de Miguel Ângelo Lopes e Patrícia Ávila, e consultoria de Isabel Alçada.
Teve, ainda, o apoio da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC) e o patrocínio da McDonald’s.

 
Programa
 
15h Abertura
Reitora do Iscte, Maria de Lurdes Rodrigues
Comissária do PNL2027, Teresa Calçada
Diretora do CIES-Iscte, Teresa Patrício
 
15h15 Apresentação dos resultados do estudo
Coordenadores científicos, João Trocado da Mata e José Soares Neves
 
16h Comentários
Consultora científica, Isabel Alçada
Subcomissária PNL2027, Elsa Conde
 
16h30 Debate
 
17h Encerramento
Secretário de Estado Adjunto e da Educação, João Costa
 
 

top_sobe2020.png

Foi disponibilizado ontem, o renovado sítio Web do Projeto SOBE+ (Saúde Oral Bibliotecas Escolares), uma parceria da Rede de Bibliotecas Escolares com a Direção-Geral da Saúde e o Plano Nacional de Leitura 2027, que tem como objetivo principal contribuir para a melhoria da literacia, para a promoção da saúde em geral e prevenção da doença.

Para além de uma imagem renovada, neste espaço digital encontrará orientações, materiais e outros recursos para apoiar profissionais de educação e de saúde para, de forma colaborativa, desenvolverem este projeto nas escolas e jardins de infância.

Visite e explore em www.sobe.pt.

dest_miudos2021.jpg

As escolas estão a recomeçar a sua atividade educativa e a preparar-se para os novos desafios que este ano trará. A iniciativa Miúdos a Votos continuará a ter lugar, a partir de um regulamento, orientações e outras novidades que estão para vir de modo a permitir às escolas adaptarem-se ao contexto que vivemos.

Tal como nos anos anteriores, a iniciativa é aberta a todas as escolas, sejam públicas ou privadas, abrangendo alunos do 1.º ao 12.º ano de escolaridade. É também alargada a estabelecimentos de ensino no estrangeiro que lecionem os mesmos anos de escolaridade e que tenham o Português como primeira língua.

Pode encontrar, no portal RBE, toda a informação disponível: Miúdos a Votos • 5.ª edição

Leitura em papel versus leitura em ecrã

Investigação sobre a evolução da leitura na era da digitalização

25.05.20

A evolução da leitura na era da digitalização (E-READ) é uma iniciativa de pesquisa financiada pela União Europeia, envolvendo quase duzentos académicos e cientistas de toda a Europa, estudiosos da leitura , publicação e alfabetização. 

1.png

Abril 2020 | Publicado pelo Centro Regional para el Fomento del Libro en America Latina y el Caribe, Cerlalc -Unesco

Download |

 

Este dossiê reúne artigos escritos por investigadores que estudam os efeitos que a introdução de tecnologias digitais podem ter na leitura. 

Algumas das questões abordadas nos artigos são:

  • As tendências para ler de maneira fragmentada e abrangente, promovidas pelos media digital, podem estar a afetar a nossa capacidade de ler profunda e concentradamente? 
  • Os materiais impressos têm vantagens para entender e lembrar o que lemos em comparação com os materiais digitais? 
  • Os chamados "nativos digitais" são mais competentes para a leitura de materiais digitais? 
  • Que efeitos teria o abandono da caligrafia?

 

Esta é a área de investigação que mais se tem debruçado sobre as diferenças na cognição e na compreensão que a leitura digital introduz por comparação à leitura em papel.

Referência: Dosier Lectura en papel vs. lectura en pantalla - Cerlalc. (2020). Cerlalc. Retrieved 25 May 2020, from https://cerlalc.org/publicaciones/dosier-lectura-en-papel-vs-lectura-en-pantalla/


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor