Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



seminario.png

Clicar na imagem para a ampliar.

 

É POSSÍVEL MUDAR A ESCOLA? | ariana cosme

 

É POSSÍVEL MUDAR A ESCOLA? | adelino calado

 

cascais.jpg

 

Conteúdo relacionado:

 

Referência: VIVO, A., INTERMEDIO, E., COCINA, P., TARDE, M., NOCHE, L., PARDO, L., & OBJETIVO, E. (2019). El milagro portugués: ¿cómo pasar del 45% de analfabetismo a convertirse en el modelo de la educación?LaSexta. Retrieved 25 June 2019, from https://www.lasexta.com/programas/el-intermedio/gonzo/como-pasar-de-un-45-de-ciudadanos-analfabetos-a-convertirse-en-el-milagro-educativo-el-ministro-de-educacion-de-portugal-nos-da-las-claves-video_201906245d1137d10cf2f662f39b3fc5.html

BE.jpg

 

Com o objetivo de apoiar e intensificar a consecução dos objetivos educativos definidos no âmbito do Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular (PAFC), decorreu em Évora, na Direção de Serviços da Região do Alentejo, por iniciativa das respetivas Coordenadoras Interconcelhias de Bibliotecas Escolares, uma reunião de trabalho onde estiveram presentes os Diretores dos Centros de Formação do Alentejo, bem como os assessores e representantes da DGEstE, responsáveis pelo acompanhamento do processo de implementação da autonomia e flexibilidade curricular nas escolas, contando, ainda, com a presença da Drª Manuela Silva, Coordenadora Nacional da Rede de Bibliotecas Escolares e  Drª Isabel Mendinhos, do gabinete da RBE.

 

As Coordenadoras Interconcelhias de Bibliotecas no Alentejo

(Ana Paula Ferreira; Elisabete Carvalho; Fátima Bonzinho; Lucinda Simões; Maria do Carmo Pato; Maria José Alves; Paula Correia)

gestao.png

No quadro das novas políticas educativas, Maria do Céu Roldão, agora em coautoria com Sílvia de Almeida, retoma a reflexão sobre autonomia das escolas e flexibilização curricular procedendo a uma atualização do livro Gestão Curricular – Para a Autonomia das Escolas e dos Professores.

Dada a relevância desta publicação entendeu a DGE apoiar esta reedição/atualização, disponibilizando-a agora à comunidade educativa, em particular às escolas.

 

Referência: (2018). Dge.mec.pt. Retrieved 17 December 2018, from http://www.dge.mec.pt/sites/default/files/Curriculo/AFC/livro_gestao_curricular.pdf

 

 

 

flexibilidade.PNG

Ariana Cosme | Setembro 2018Download do estudo

 

INTRODUÇÃO
Este é um documento através do qual se torna público o Estudo Avaliativo do Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular (PAFC), um projeto desenvolvido em regime de experiência pedagógica, por 226 agrupamentos escolares e escolas não agrupadas (Cf. Anexo 1)1, da rede pública e privada de ensino, cujos órgãos de direção/administração e gestão manifestaram interesse e decidiram implementar.

 

Foi ao abrigo do Despacho no 5908/2017, publicado Diário da República n.o 128/2017, Série II de 2017-07-05, que durante o ano letivo de 2017/18 se desenvolveu o referido projeto, em regime experimental, o qual constitui o objeto da avaliação que se partilha através deste relatório.

 

Nesta sequência, promoveu-se um estudo avaliativo compreensivo (modelo orientado para a gestão in Worthen e Sanders, 1987) daquele projeto, tendo como preocupação central a identificação e disponibilização de informação relevante para a fundamentação de decisões de gestão por parte do Ministério da Educação (Afonso, 2005).

 

Assim, mais do que medir, descrever ou julgar (Guba e Lincoln, 1989), pretendia-se contribuir para estimular os atores educativos no terreno, levando-os a participar nesse processo de modo a que, como defendia Kemmis (1988), a avaliação possa ser entendida como um processo através do qual se projetam, obtêm, conferem e organizam informações e argumentos que resultam da reflexão sobre o problema em debate.

 

Na linha de Natércio Afonso (2005), este estudo avaliativo teve como preocupação central “a recolha de informação fiável e sistemática sob aspetos específicos da realidade social usando procedimentos empíricos com o intuito de gerar e interrelacionar conceitos que permitem interpretar essa realidade” (p. 14). (...)

 


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor