Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



top_EnsaioFilosofico.jpg

No dia 19 de novembro, Dia Mundial da Filosofia, foi lançada a 7.ª edição do concurso Ensaio filosófico no ensino secundário, dirigido a todos os alunos do ensino secundário público e privado português.
Dinamizado pela Associação de Professores de Filosofia (ApF), em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares, o concurso Ensaio filosófico visa promover o interesse pela escrita e reflexão filosófica, realçar a importância da disciplina de Filosofia na formação geral dos alunos do ensino secundário, consolidar nos alunos competências em literacia da informação e divulgar o trabalho desenvolvido nas escolas do ensino secundário. Não são definidos temas, pelo que serão admitidos a concurso todos os Ensaios onde sejam discutidos problemas de uma perspetiva filosófica e nos quais sejam mobilizados conhecimentos filosóficos
No âmbito do concurso, a ApF disponibiliza um plano de articulação curricular com a área de Cidadania e Desenvolvimento, promotor de competências em literacia da informação, digital e mediática – Comunicação nos media: a importância ética do valor epistémico da informação. O portal da ApF agrega ainda um leque variado de recursos e de propostas de atividades, a implementar em diferentes contextos, que pretendem contribuir para a construção da autonomia e de uma cidadania ativa e responsável.

Artigo completo: Ensaio filosófico • Associação de Professores de Filosofia

Na pandemia não há fuga possível | a filosofia pode ajudar?

Uma pequena ajuda da filosofia para a quarentena

30.03.20

Presente e futuro.

Desejo e previsões.

filosofia.jpg

Este artigo de Bárbara Reis, publicado no Público de 29 de março de 2020, foi elaborado na sequência da resposta dada por onze professores de filosofia e bioetecistas portugueses. Aqui são levantadas algumas questões indissociáveis da crise criada pela pandemia:

  • O medo da morte,
  • Quem salvar,
  • O poder do Estado,
  • O confronto com nós mesmos,
  • As marcas que vai deixar.

E, ao invés de encontrarmos respostas para as dúvidas que nos assolam, neste artigo são deixadas opiniões, perguntas e, sobretudo, lançadas pistas que nos obrigarm a refletir.

  • O que mudará na nossa sociedade?
  • Como reinventamos o nosso "habitar económico e social"?
  • Como serão as relações entre o cidadão e a medicina?
  • Qual o papel  da "mediação tecnológica"?
  • Há pessoas descartáveis? 
  • Voltaremos a uma tendência para o nacionalismo, em detrimento do global?
  • Qual o impacto que terá na forma de ser e estar dos jovens?

Esta crise irá ter (ou já está a ter) uma dimensão comparável com a das crises que se vivem em  tempo de guerra (o que não equivale a dizer que “é” uma guerra). O que isso pode provocar nas pessoas, sobretudo nas mais jovens, é um sentimento do peso, da urgência e da seriedade da vida que contrasta em absoluto com a leveza, a descontração e ligeireza com que se tende a viver hoje nas sociedades que são mais responsáveis pela destruição do planeta.

João Constâncio

 

Ler mais >>

 

Etiquetas:

media.png

Autor : Philippe Delmotte | 2019

Descarregar a brochura - 1.º Nível do secundário (pdf - 2,7 Mo - 46p) 

Descarregar a brochura - 2º e 3º Nivel do secundário (pdf- 2,9 Mo- 35 p)

 

A educação para os media desenvolve-se em torno de três objetivos principais:

  1. desenvolver no aluno a capacidade de analisar de forma crítica as mensagens mediáticas;
  2. promover o desenvolvimento das competências de expressão e de comunicação, através dos media;
  3. permitir uma reflexão sobre os seus próprios comportamentos face aos media, quer como receptores quer como emissores.

A educação para os media favorece o desenvolvimento pessoal do indivíduo e a sua responsabilidade cívica. Por esse motivo, considera-se que o conhecimento do mundo, da nossa identidade e das nossas relações com os outros são tão condicionados pela utilização dos media que é fundamental dar-lhes um lugar de destaque, através do questionamento filosófico e cívico.

São disponibilizadas duas brochuras, organizadas em torno de quatro capítulos, que pretendem levar o aluno a:

  • construir um pensamento autónomo e crítico;
  • conhecer-se a si e abrir-se ao outro;
  • construir uma cidadania assente na igualdade de direitos e na dignidade;
  • envolver-se na vida social e no espaço democrático.

Tradução, com adaptações, do francês.

 

Referência: Pistes pédagogiques pour mettre l'éducation aux médias au service de l'éducation à la philosophie et la citoyenneté. (2019). CSEM. Retrieved 19 December 2019, from http://www.csem.be/mediasphilosophiecitoyennete

ensaiofilosofico.png

No âmbito do protocolo de colaboração entre a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e a Associação de Professores de Filosofia (ApF), a RBE associa-se à divulgação do concurso Ensaio Filosófico, cuja 6.ª edição é lançada hoje, precisamente, no Dia Mundial da Filosofia.

Promovido para suscitar o interesse pela escrita e reflexão filosóficas, realçar a importância da disciplina de Filosofia na formação geral dos alunos do ensino secundário e consolidar competências em literacia da informação, o Concurso Ensaio Filosófico 2019-20 decorre até ao dia 1 de junho de 2020, de acordo com o respetivo regulamento. Qualquer esclarecimento adicional pode ser solicitado através do endereço eletrónico dir.apfilosofia@gmail.com.

portal da ApF agrega ainda um leque variado de recursos filosóficos bem como propostas de atividades que podem ser implementadas em diferentes contextos e que pretendem contribuir para a construção da autonomia e de uma cidadania ativa e responsável.

 

Para mais informações, consulte o regulamento do concurso AQUI.


Veja também: Ensaios outras edições
 
Regulamento [PDF]
Regulamento

 

Referência: Ensaio filosófico • Associação de Professores de Filosofia. (2019). RBE: Rede de Bibliotecas Escolares. Retrieved 21 November 2019, from http://rbe.mec.pt/np4/2436.html

Adela Cortina | Filósofa

 

Referência: Una lección de ética frente a la intolerancia. (2019). BBVA Aprendemos juntos. Retrieved 14 October 2019, from https://aprendemosjuntos.elpais.com/especial/aporofobia-no-se-rechaza-al-extranjero-sino-al-pobre-adela-cortina/

 

 


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogue RBE em revista

Clique aqui para subscrever


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor