Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Captura de ecrã 2020-11-11, às 11.29.51.jpg

Fonte: https://view.genial.ly/5f0d4e3a3d5a6d0d6f17519f/interactive-content-paisajes-de-aprendizaje

As Paisagens de Aprendizagem permitem gerar ambientes imersivos e personalizados, libertando a criatividade e a imaginação dos alunos e reforçando aprendizagens significativas. Esta ferramenta apoia-se na Taxonomia da Bloom e na teoria das Inteligências Múltiplas de Howard Gardner.

Como desenhar Paisagens de Aprendizagem?
Comece por conceber os percursos de aprendizagem que quer desenvolver. A ferramenta Genially, por exemplo, disponibiliza uma matriz de programação, que facilita a conceção de atividades e permite a elaboração de Paisagens de Aprendizagem equilibradas e coerentes em termos da estratégia cognitiva adotada, recursos necessários, objetivos e avaliação.
Para dar consistência ao ambiente da Paisagem de Aprendizagem, precisa de construir uma narrativa que envolva os alunos e os mergulhe numa experiência para além de factos, números ou valores. Pode utilizar personagens, enredos ou conclusões para contar uma história sobre o conteúdo educativo que quer transmitir, de modo a que os alunos sejam os protagonistas.

Dez elementos fundamentais
Cada atividade dentro da Paisagem deve conter dez elementos fundamentais:
1. Título
2. Tipo de inteligência e categoria da Bloom que aborda
3. Objetivos
4. Desafio que precisa de ser resolvido
5. Resultado ou produto final que se pretende
6. Materiais e documentação necessários
7. Tempo
8. Critérios de avaliação
9. Instrumento de avaliação que serão utilizados para avaliar o produto final
10. Relação com as outras atividades da Paisagem

Benefícios para a aprendizagem
As ferramentas digitais - como Genially, entre outras - são fundamentais para a criação de Paisagens de Aprendizagem, na medida em que, pela sua versatilidade, facilitam a criação de conteúdos educativos.
Criar uma Paisagem de Aprendizagem implica muito trabalho prévio por parte dos professores, mas uma vez criada, permite que se libertem da rotina e disponham de tempo dentro da sala de aula para orientar e acompanhar os alunos de uma forma mais personalizada.
Estes percursos de conhecimento flexíveis permitem que cada aluno resolva os desafios propostos de acordo com a sua forma pessoal de aprendizagem, tornando-se, assim, o protagonista do seu próprio processo de aprendizagem. As Paisagens de Aprendizagem respondem, por isso, às necessidades dos alunos, tornando os conteúdos mais atrativos e favorecendo a motivação para aprender.

O artigo Paisajes de Aprendizaje: una potente herramienta educativa foi originalmente publicado no blogue Genially. Texto traduzido e adaptado a partir do castelhano.


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogue RBE em revista

Clique aqui para subscrever


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor