Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Reconhecendo o papel fundamental que a educação escolar desempenha na preparação dos jovens para um mundo impulsionado pela tecnologia, este relatório lança luz sobre duas perspectivas diferentes, porém complementares, da educação digital: o desenvolvimento de competências digitais relevantes para alunos e professores, por um lado, e o uso pedagógico das tecnologias para apoiar, melhorar e transformar a aprendizagem e o ensino, por outro.

O relatório fornece indicadores sobre o desenvolvimento da competência digital dos alunos por meio de currículos escolares e das competências digitais específicas para professores, a avaliação das competências digitais dos alunos e o uso de tecnologia para a avaliação em geral e, finalmente, sobre as abordagens estratégicas da educação e educação digitais e especificamente sobre as políticas de apoio às escolas nestas matérias.

Embora os quatro capítulos principais forneçam aos formuladores de políticas, pesquisadores e à comunidade educativa informações comparativas sobre as políticas atuais de educação digital escolar na Europa, os anexos acrescentam informações específicas por país, currículo escolar, estruturas de competência de professores, estratégias...

 

ReferênciaDigital Education at School in Europe - Eurydice - European Commission. (2019). Eurydice - European Commission. Retrieved 13 September 2019, from https://eacea.ec.europa.eu/national-policies/eurydice/content/digital-education-school-europe_en

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

csm_BrochureEMI2019_Page_01_a4570c9161.png

Esta edição 2019-2020 foi completamente revista e aumentada para responder melhor às necessidades dos professores. Destina-se aos 2º e 3º ciclos. 


Encontrará: 

- Informações práticas.

- The Critical Critical Focus, que apresenta (exemplos de oficinas).

- Media escolares.

- Recursos para analisar as imagens na internet e noticiários.

- Publicidade oculta e fake news.

Faça o download do folheto 2019-2020 (PDF)

Referência: Brochure Éducation aux médias et à l'information - CLEMI. (2019). CLEMI. Retrieved 6 September 2019, from https://www.clemi.fr/fr/ressources/brochure-education-aux-medias-et-a-linformation.html

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

manual.png

Manual de procedimientos para bibliotecas : guía para su redacción. Buenos Aires: Biblioteca del Docente, 2006 ISBN 978-987-549-310-0

Download |

 

El Manual de Procedimientos en la Biblioteca

Los procedimientos escritos establecen una guía para el buen funcionamiento de todo tipo de Biblioteca, a la vez que constituyen un modo de protección para todo su personal. Cada bibliotecario tiene su filosofía y una política bajo la que opera, esté o no escrita. El valor de registrar en el Manual todos los procedimientos, es que el personal que se mueve alrededor de la biblioteca, y los nuevos que se incorporan, sepan cuál es la política para cada caso y contribuyan a reforzarla.

Cada Manual es el resultado de la colaboración de todo el personal asignado a la gestión de la Biblioteca. Todas las opiniones deben ser escuchadas, analizadas y consideradas al momento de formalizar los criterios del trabajo cotidiano. Debe contener la descripción exhaustiva de la organización de la Biblioteca y de su accionar interno, y de los servicios que brinda a sus usuarios.

Son varios los beneficios de su redacción: identifica al respon- sable de cada proceso; dispone de definiciones explícitas y normalizadas de las tareas rutinarias; optimiza el grado de eficiencia mediante la simplificación de los procesos; reduce la incertidum- bre sobre la toma de decisiones; garantiza la continuidad de actividades en la Biblioteca; evita la duplicación de tareas; define la estructura tecnológica adecuada y mejora la comunicación y la calidad del servicio.

Resulta necesario aclarar que el Manual es un instrumento dinámico y flexible, porque debe reflejar los cambios que se producen en la Biblioteca.

Para ser más efectivo, el Manual debe incorporar la filosofía de la institución y delinear la misión de la Biblioteca. Una vez aprobado por el equipo de conducción de la Escuela se puede implementar con confianza.

Autoria e outros dados (tags, etc)

ala.png

Download |

A importância das imagens e dos media visuais na cultura atual está a mudar, com implicações no significado de alfabetização no século XXI. As tecnologias digitais tornaram possível que quase todos criem e partilhem imagens. No entanto, a sua difusão não significa necessariamente que os indivíduos sejam capazes de visualizar criticamente, usar e produzir conteúdo visual. Os Padrões de Competência de Alfabetização Visual da ACRL para o Ensino Superior foram desenvolvidos para abordar essas características distintas de imagens e media visuais. Com base nesses padrões, este livro fornece  aos bibliotecários e formadores as ferramentas, estratégias e confiança para aplicar a literacia visual num contexto de biblioteca. Os leitores não só aprenderão formas de desenvolver a literacia visual dos alunos, mas também como usar materiais visuais para tornar a sua formação mais envolvente. Ideal para o bibliotecário ocupado que precisa de ideias, atividades e estratégias de ensino prontas para implementar, este livro

  • mostra como desafiar os alunos a mergulhar na procura de imagens, usando imagens no processo de pesquisa, interpretando-as e analisando-as, criando comunicações visuais e usando conteúdo visual eticamente;
  • fornece atividades de aprendizagem prontas para o envolvimento crítico com materiais visuais;
  • oferece ferramentas e técnicas para aumentar a própria autoconfiança visual; e
  • fornece estratégias para integrar, envolver e defender a alfabetização visual nas bibliotecas.

Com a orientação deste livro, os profissionais académicos podem ajudar os alunos a dominar a alfabetização visual, uma competência fundamental no mundo saturado de media de hoje, ao mesmo tempo que estimula a aprendizagem com materiais visuais.

 

Referência:

Título do artigo: Alfabetização Visual para Bibliotecas: Um Guia Prático e Baseado em Padrões | Loja ALA
Título do site: Alastore.ala.org
URL: https://www.alastore.ala.org/content/visual-literacy-libraries-practical-standards-based-guide

Autoria e outros dados (tags, etc)

maker.png

Download |

 

Desde hace unos años se habla de la palabra maker. Se trata de una palabra inglesa que significa hacedor, aunque con múltiples connotaciones.
Los makers serían como los típicos manitas, pero con un gran interés por la tecnología. Una diferencia clave respecto al aficionado al bricolaje tradicional, es su interés por compartir sus creaciones con otras personas.
 
Muchos de los proyectos maker más conocidos, como las impresoras 3D RepRap con licencias abiertas, se basan en la colaboración de cientos de personas a través de Internet.
La curiosidad lleva a estas personas a explorar técnicas distintas, mezclando varias disciplinas y creando grupos de interés de carácter esporádico. (...)
 
 
Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

culturalivre.png

2014 | 

Download |

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

cinema.png

Cinema na Sala de Aula Com pesquisas, relatos de experiências, no âmbito da formação inicial e contínua, sobre o uso de obras cinematográficas nas aulas como "meio possibilitador de construção de saberes e (re)construção de identidades.

 

Referência: Cinema na Sala de Aula. (2019). Syntagmaeditores.com.br. Retrieved 25 July 2019, from http://syntagmaeditores.com.br/Livraria/Book?id=1060

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

A-Cidade-e-as-Serras_Capa.jpg

Na Cidade perdeu ele a força e beleza harmoniosa do corpo, e se tornou esse ser ressequido e escanifrado ou obeso e afogado em unto, de ossos moles como trapos, de nervos trémulos como arames, com cangalhas, com chinós, com dentaduras de chumbo, sem sangue, sem febra, sem viço, torto, corcunda — esse ser em que Deus, espantado, mal pode reconhecer o seu esbelto e rijo e nobre Adão! Na Cidade findou a sua liberdade moral: cada manhã ela lhe impõe uma necessidade, e cada necessidade o arremessa para uma dependência: pobre e subalterno, a sua vida é um constante solicitar, adular, vergar, rastejar, aturar; rico e superior como um Jacinto, a Sociedade logo o enreda em tradições, preceitos, etiquetas, cerimónias, praxes, ritos, serviços mais disciplinares que os dum cárcere ou dum quartel…

 

Título: A Cidade e as Serras
Autor: Eça de Queirós
Data Original de Publicação: 1901
Data de Publicação do eBook: 2019
Imagem da Capa: Le Pont de l’Europe, de Gustave Caillebotte
Revisão: Ricardo Lourenço, Cláudia Amorim e Miriam Santos Freire
ISBN: 978-989-8698-56-8
Texto-Fonte: A Cidade e as Serras. Porto: Livr. Chardron, 1901.

EPUB
MOBI

Autoria e outros dados (tags, etc)

open_access_and_the_library.jpg

Oberländer, A. and T. Reimer (2019). [e-Book] Open Access and the Library. Basilea, Suiza, MDPI – Multidisciplinary Digital Publishing Institute, 2019

Download 

 

As bibliotecas são lugares de aprendizagem e criação de conhecimento. Nas duas últimas décadas, a tecnologia digital - e as mudanças que a acompanham - aceleraram essa transformação até ao ponto em que a evolução se começa a transformar em revolução. Sob o modelo de assinatura, o papel das bibliotecas era comprar ou licenciar conteúdo em nome dos seus utlizadores e, em seguida, agir como guardiões para regular o acesso em nome dos titulares de direitos. Num mundo em que toda a pesquisa é aberta, o papel da biblioteca está a mudar do licenciamento e disseminação para a facilitação e apoio ao próprio processo de publicação, o que requer uma mudança fundamental em termos de estruturas, tarefas e competências. Também muda a ideia da coleção de uma biblioteca.

 

Num modelo aberto, é mais provável que a coleção seja o conteúdo criado pelos utilizadores da biblioteca (investigadores, funcionários, alunos, etc.), conteúdo que agora é curado pela biblioteca; Em vez de selecionar conteúdo externo, as bibliotecas precisam entender o conteúdo criado pelos seus próprios utilizadores e ajudá-los a disponibilizá-lo ao público, seja por meio de um depósito local, o pagamento dos custos de processamento de itens ou por meio de aconselhamento e orientação. Pode-se dizer que é um modelo simplista que deixa de lado coleções especiais e outras áreas. Mesmo assim, destaca as mudanças pelas quais as bibliotecas de pesquisa estão a passar, mudanças que provavelmente serão aceleradas como resultado de iniciativas como o Plan S

 

Esta edição especial investiga algumas das mudanças nos serviços da biblioteca atual relacionados com o acesso aberto.

 

Referência: Arévalo, J. (2019). El acceso abierto y la bibliotecaUniverso Abierto. Retrieved 11 July 2019, from https://universoabierto.org/2019/07/11/el-acceso-abierto-y-la-biblioteca/

Autoria e outros dados (tags, etc)

livro.PNG

Orrú, Sílvia Ester ; Bocciolesi, Enrico. Educar para transformar o mundo: inovação e diferença por uma educação de todos e para todos / Educar para transformar el mundo: innovación y diferencia por una educación de todos y para todos. Ciudad Madero: Librum, 2019

 

Download (texto completo):

 

É por meio da educação que é possível fortalecer o respeito pelos direitos humanos, a aceitação das diferenças como qualidade própria de todos os seres humanos, bem como aprender a conviver com distintas pessoas e a se constituir sujeito de sua própria história. Por meio de uma educação libertadora é realizável a constituição de uma sociedade cada vez mais democrática e inclusiva. 

 

Com o objetivo de partilhar saberes e ações pedagógicas em prol de uma educação de todos e para todos numa perspetiva de educação democrática, inclusiva e inovadora, é que nasce esta obra a partir de estudos e vivências de professores do Brasil, Chile, Espanha, Itália e Portugal. Os capítulos apresentam perspetivas teóricas e experiências que reconhecem a diferença, a inclusão e a inovação como pilares fundamentais para a educação contemporânea e das futuras gerações. 

 

Nas palavras de Paulo Freire, “ensinar exige a convicção de que a mudança é possível”. Este é o maior sentido desta obra concebida com gosto pelos seus autores: partilhar convicções de que educar pessoas para transformar o mundo, é um ato de amor e de coragem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor