Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



comunicacao.PNG

Download| 2018 |

Este livro contém os resultados de pesquisas realizadas no campo das Ciências da Informação e Documentação que adotaram estruturas teóricas para a comunicação de informações, gestão de informações e do conhecimento. Agora abordados de forma isolada, às vezes em associação, são todos tangenciais à noção de contexto. 

 

Ao longo do trabalho, os autores oferecem ao leitor uma rede de abordagens concetuais - através dos modelos teóricos - métodos e resultados que compõem um conjunto de conhecimentos elaborados por pesquisas realizadas ao longo de pouco mais de uma década. Composto por dezassete capítulos, o livro é estruturado em partes, sendo a primeira Introdução, e as outras têm direito, respetivamente, Comunicação de Informação Organizacional, Comunicação de Informação Científica, Comunicação de Informação em Comunidades, Gestão da Informação e Gestão do Conhecimento, Comunicação e Informação e Gestão do Conhecimento. 

 

Os organizadores e autores esperam fornecer contribuições úteis para a base teórica de outros trabalhos que, sem dúvida, ampliarão essa discussão.

 

Referência:  Arévalo, J. (2018). Comunicación de la información, gestión de la información y gestión de los conocimientosUniverso Abierto. Retrieved 13 December 2018, from https://universoabierto.org/2018/12/07/comunicacion-de-la-informacion-gestion-de-la-informacion-y-gestion-de-los-conocimientos/

labcom.png

 

 

 

 

 

 

O Laboratório de Comunicação On-line (Labcom) da Universidade da Beira Interior, na  Covilhã, disponibiliza em PDF, gratuitamente, todas as suas publicações, dedicadas ao campo dos media e da comunicação. O projeto editorial intitula-se Livros Labcom e apresentas as seguintes coleções: estado da arte, teorias da comunicação, pesquisas em comunicação, jornalismo, cinema e multimédia, e comunicação estratégica.

Hoje é o último dia para os alunos do secundário se candidatarem ao Prémio FAQtos 2015: Agarra a Onda RF, para desenvolvimento de um projeto sobre as radiofrequências e os campos magnéticos que suportam as comunicações móveis e sobre o seu impacto na sociedade, na saúde e no ambiente.

 

Ler mais >>
















O Obercom publicou, no final de dezembro, mais uma newsletter, a última de 2013, que inclui uma retrospetiva das publicações Obercom daquele ano. 

"Be clear"

21.11.13




Imagem: Peggy Guggenheim


Be clear! é, neste caso,  um conselho do Museu Peggy Guggenheim de Veneza. Mas bem podia ser o conselho de um qualquer outro museu ou instituição mais perto de nós: seja claro na comunicação! É um requisito fundamental em todos os domínios de atividade.

Etiquetas:






O Comunica é um Concurso Nacional Escolar de Criatividade dirigido a alunos do Ensino Secundário ou de Cursos Profissionais. As equipas candidatas devem desenvolver um projeto de comunicação, na vertente de jornalismo e composição gráfica, sobre temas de cidadania e saúde. As inscrições terminam a 15 de março de 2013.

Ler mais >>

























Já se encontra disponível a nova edição do Anuário da Comunicação que compila, edita e sintetiza os mais recentes indicadores de Media e Comunicação em Portugal, relativos a 2010 / 2011.
Esta publicação tem como objectivo explorar o panorama dos media em Portugal, da realidade dos mercados às diferentes possibilidades e utilizações no quadro das ciências da comunicações sendo este, portanto, um documento da maior importância para profissionais do sector, investigadores e público em geral.

Ler mais >> 


















As sucessivas tecnologias de escrita, cálculo e comunicação usadas na escola, desde os tempos remotos do papiro ao atual ipad, representadas numa sequência histórica de imagens que encontra aqui >> .



Jovens Jornalistas de Ciência é um concurso destinado às escolas do ensino secundário que visa estimular o gosto pela comunicação pública de Ciência entre os jovens.


Clicar aqui para aceder à ficha de inscrição.

When Gretchen Baxter gets home from work as a New York City book editor, she checks her BlackBerry at the door.
"I think we are attached to these devices in a way that is not always positive," says Baxter, who'd rather focus at home on her husband and 12-year-old daughter. "It's there and it beckons. That's human nature (but) ... we kind of get crazy sometimes and we don't know where it should stop."

Americans are connected at unprecedented levels — 93% now use cellphones or wireless devices; one-third of those are "smartphones" that allow users to browse the Web and check e-mail, among other things. The benefits are obvious: checking messages on the road, staying in touch with friends and family, efficiently using time once spent waiting around.

The downside: Often, we're effectively disconnecting from those in the same room.

That's why, despite all the technology that makes communicating easier than ever, 2010 was the Year We Stopped Talking to One Another. From texting at dinner to posting on Facebook from work or checking e-mail while on a date, the connectivity revolution is creating a lot of divided attention, not to mention social angst. Many analysts say it's time to step back and reassess.

Ler mais no USA Today, 30 Dez. 2010 >>





RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor