Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



noesis.jpg

Julho 2019 |

 

A construção da Estratégia de Educação para a Cidadania de Escola no AE de Castêlo da Maia

 

(...)

É função da escola transmitir os conhecimentos que capacitam para uma ação consciente e para que a tomada de decisão seja assente no saber e não na desinformação ou no “achismo”. Por isso, é função da escola educar para a cidadania.

 

Os temas do ambiente, da sustentabilidade, dos direitos humanos, das instituições e participação democrática, da saúde, da igualdade de género, do risco, da literacia de informação e para os media, entre outros, não são pormenores na educação das crianças e dos jovens. São os temas que garantem a sua capacidade de optar em liberdade, naquela liberdade que só o conhecimento sustenta. Demitir-se de conhecer estes temas é prescindir da capacidade de decidir. É fomentar a abstenção como militância desinteressada e individualista.

 

 

 

João Costa, Secretário de Estado da Educação

 

Documentos de referência

 

Referenciais de Educação para a Cidadania

Dimensão Europeia
Sustentabilidade para Educação Ambiental
Educação do Consumidor
Educação Financeira
Educação intercultural
Segurança, Defesa e Paz
Igualdade de Género
Risco
Desenvolvimento
Empreendedorismo
Voluntariado
Direitos Humanos
Media
Segurança Rodoviária
Saúde e Sexualidade

 

Legislação enquadradora

Despacho n.º 6173/2016, de 10 de maio
Decreto-Lei n.º 55/2018, de 6 de julho

 

Referência: NOESIS - Notícias da Educação - Boletim da DGE #39 - Edição Temática - Educação para a Cidadania - julho de 2019. (2019). Dge.mec.pt. Retrieved 13 July 2019, from https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/boletim/boletim_dge_n39_edicao_tematica_educacao_para_a_cidadania_julho2019.html

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

livro.PNG

Orrú, Sílvia Ester ; Bocciolesi, Enrico. Educar para transformar o mundo: inovação e diferença por uma educação de todos e para todos / Educar para transformar el mundo: innovación y diferencia por una educación de todos y para todos. Ciudad Madero: Librum, 2019

 

Download (texto completo):

 

É por meio da educação que é possível fortalecer o respeito pelos direitos humanos, a aceitação das diferenças como qualidade própria de todos os seres humanos, bem como aprender a conviver com distintas pessoas e a se constituir sujeito de sua própria história. Por meio de uma educação libertadora é realizável a constituição de uma sociedade cada vez mais democrática e inclusiva. 

 

Com o objetivo de partilhar saberes e ações pedagógicas em prol de uma educação de todos e para todos numa perspetiva de educação democrática, inclusiva e inovadora, é que nasce esta obra a partir de estudos e vivências de professores do Brasil, Chile, Espanha, Itália e Portugal. Os capítulos apresentam perspetivas teóricas e experiências que reconhecem a diferença, a inclusão e a inovação como pilares fundamentais para a educação contemporânea e das futuras gerações. 

 

Nas palavras de Paulo Freire, “ensinar exige a convicção de que a mudança é possível”. Este é o maior sentido desta obra concebida com gosto pelos seus autores: partilhar convicções de que educar pessoas para transformar o mundo, é um ato de amor e de coragem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

blogue.png

 

O Projeto “D’ÁQUEM, ALÉM-MAR,” nasceu de uma candidatura ao projeto “LER+MAR”.


A escola, que integra o  Programa “Territórios Educativos de Intervenção Prioritária”, TEIP3, está inserida numa comunidade com contexto socio-cultural  carenciado e com uma população reduzida.


O projeto "D’AQUÉM, ALÉM-MAR,” convocou saberes e competências na construção e comunicação de conhecimentos sobre o MAR – intrinsecamente ligado ao nosso concelho e cultura, mas distante das vivências dos alunos.


Implementou dinâmicas de trabalho cooperativo e colaborativo, desenvolvendo competências a partir do tema estruturante, numa perspetiva multidisciplinar, articulada e transversal que associou as dimensões: literária, ambiental, científica e tecnológica, geográfica, histórica, cultural e artística.


Com o desenvolvimento deste projeto, explorou-se o tema "Mar" nas suas múltiplas potencialidades não só como elemento natural, fonte de vida, bem estar, sua defesa e subsistência, mas também como presença forte na literatura, pintura e demais expressões artísticas.

Fátima Bonzinho
Coordenadora Interconcelhia da RBE

[Texto e locução da professora bibliotecária e coordenadora do projeto, Ana Sequeira]

Autoria e outros dados (tags, etc)

ant.jpg

Escolas a Ler+

Intervenção de António Costa e Silva: Presidente da Comissão Executiva da Partex Oil and Gas e Membro do Conselho de Curadores da Universidade de Aveiro.

Infelizmente não temos a possibilidade de disponibilizar a gravação integral desta comunicação. Aqui ficam os últimos 8 minutos, que sabem a pouco, mas que mostram bem a excelência da intervenção.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ler e Formar Leitores no século XXI – os media, as literacias e as liberdades fundamentais dos cidadãos - Évora

 

Oiça a comunicação de  Maria Madalena Costa Oliveira (Universidade do Minho) no "Painel – A compreensão e o papel dos media na democracia e participação social" :

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

ler.png

Ler e Formar Leitores no século XXI – os media, as literacias e as liberdades fundamentais dos cidadãos

 

Oiça aqui a comunicação de Vitor Tomé - "Preparar cidadãos ativos e capazes de ler o(s) mundo(s) hoje: desafios e constrangimentos"  com moderação de Isabel Mendinhos:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

a historia de chiquinho.PNG

Download |

 

O livro infantil ‘A história de Chiquinho’ conta de forma ilustrada a vida e a luta do ambientalista Chico Mendes. Com ilustrações de Ziraldo, o livro mostra diversas questões que envolvem a preservação da Floresta Amazónica.


A história do seringueiro e ativista é contada de forma resumida com o objetivo de colocar a criança em contacto com a personalidade histórica de Chico Mendes e a sua importância para a história brasileira.


Idealizado em parceria com o Instituto Chico Mendes e o cartunista e escritor Ziraldo.

 

Referência: Educom, U. (2019). Baixe livro gratuito, ilustrado por Ziraldo, que ajuda a conhecer quem foi Chico MendesUniverso Educom. Retrieved 18 June 2019, from http://universoeducom.org/baixe-livro-gratuito-ilustrado-por-ziraldo-que-ajuda-a-conhecer-quem-foi-chico-mendes/

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Resumo

O Instituto Nacional de Estatística editou a segunda publicação nacional de acompanhamento estatístico da Agenda 2030 da ONU, intitulada “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: Indicadores para Portugal | Agenda 2030”. A partir dos indicadores disponíveis é possível ter uma noção do desempenho do país em relação aos ODS, registando-se progressos em alguns deles, nomeadamente nos domínios da redução da pobreza, do acesso à saúde e das energias renováveis. Adicionalmente, no final deste destaque, faz-se referência a uma publicação relativa à dimensão territorial dos indicadores ODS, editada em maio de 2019, sob coordenação do INE.

Download do documento PDF (736 Kb)

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

ce.jpg

Armando Babani/EPA

 

Domingo, dia 26 de maio, vamos votar, participar no “maior processo democrático transnacional do mundo: 427 milhões de pessoas, em 28 países, votarão para eleger os deputados que as representarão no Parlamento Europeu” (Jean-Claude Juncker [Presidente da Comissão Europeia] (18/05/2019). O seu voto conta. Expresso).

 

A RBE, no sentido de esclarecer e incentivar a participação dos jovens nestas eleições e de aprofundar o sentimento de ser europeu, publicou em Cidadania e Biblioteca Escolar - Pensar e Intervir, 3 artigos (clips) que contêm 2 vídeos criados em exclusivo para a RBE, para além de outros recursos que podem contribuir para esta reflexão e decisão. Convidamo-lo a lê-los!

1.º Decida o seu futuro!

Sofia Colares Alves, representante da Comissão Europeia em Portugal, em exclusivo para a RBE

 

2.º Media Sociais e Política:

Sergio Denicoli em exclusivo para a RBE

 

3.º Eleições Europeias 2019 – Eu voto!

 

Notas das Escolas

Gostaríamos que partilhassem connosco o que fazem na área da cidadania colaborando em Notas das Escolas – Cidadania e Biblioteca Escolar | Pensar e Intervir.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

bigdata.png

Pombo, Cristina; Martínez Cortés, Cynthia. "Miranda Ventura e o Big Data". Madrid: BID, 2019
 
 
Texto completo
 
 
Cada vez mais, atores públicos e privados estão a considerar como dimensionar o seu impacto com o uso da tecnologia. Ao mesmo tempo, o uso e a gestão de dados pessoais de milhões de pessoas preocupam os cidadãos e há um senso de urgência sobre a necessidade de proteger a segurança e a privacidade dos dados usados. 
 
Que medidas podem ser tomadas e qual é o risco de não as tomar? Como é que o setor público pode gerir os dados de forma responsável? 
 
Este documento oferece quadros de referência sobre a gestão ética dos dados e sobre a importância do consentimento, um compêndio de melhores práticas e um roteiro com passos concretos para a gestão responsável de dados pelo setor público.
 
Visto aqui.
 
 
Conteúdo relacionado:
 
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor