Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



1.png

Download |

O mundo à nossa volta está a mudar constantemente e isso pode ter um impacto na maneira como as equipas e os indivíduos trabalham, especialmente com os rápidos avanços na tecnologia e as crescentes necessidades de fornecedores, profissionais e utilizadores das bibliotecas.

A mudança é uma parte importante de qualquer local de trabalho e, para um bibliotecário que gere uma equipa, ser capaz de liderar a mudança com sucesso (e com o mínimo de interrupções possível) é uma competência essencial.

Com base em conselhos de especialistas, exemplos da vida real e modelos de gestão de mudanças, este eBook ajuda-nos a compreender e a gerir a resistência à mudança.

 

ReferênciaKey Skills for Library Managers: CHANGE MANAGEMENT - Librarian Resources. (2020). Retrieved 20 July 2020, from https://librarianresources.taylorandfrancis.com/white_paper/key-skills-for-library-managers-change-management/

Pesquisa confirma valor dos bibliotecários escolares

Papéis do professor bibliotecário

29.11.19

papeis.png

A Biblioteca do Estado de Nova York lançou Papéis do Bibliotecário Escolar: Empowering Student Learning and Success (2019) , um resumo informativo que é uma compilação de estudos de pesquisa sobre os papéis e o valor dos bibliotecários escolares. Um resumo executivo do documento também está disponível.

 "As contribuições dos bibliotecários escolares, diretas ou indiretas, são consistentemente mostradas como sendo de valor positivo não apenas para alunos e professores, mas para  a comunidade escolar em geral", diz o resumo. “É importante considerar a   sustentabilidade  das bibliotecas escolares para o sucesso de todos os alunos em Nova York e em todo o país nas próximas gerações, porque as bibliotecas escolares e o papel dos bibliotecários escolares têm e continuarão a evoluir para atender às condições do mundo e do tempo em que existem ".

O Northhome Comprehensive Center / RMC Research Corporation, o Departamento de Educação do Estado de Nova York e a Biblioteca do Estado de Nova York produziram este resumo como uma atualização do Resumo Informativo de 2011  : Impacto das bibliotecas escolares no desempenho dos alunos . [...]

 

Referência: Research Confirms Value of School Librarians. (2019). School Library Journal. Retrieved 29 November 2019, from https://www.slj.com/?detailStory=research-confirms-value-school-librarians

 

Conteúdo relacionado:

bibliot.jpg

 Fonte |

 

A diferença entre a imagem e a prática do bibliotecário é profunda. Qual é o propósito do bibliotecário? Qual é a sua contribuição para a sociedade? Agora que a Internet entrou nas nossas vidas, ainda precisamos de bibliotecas e bibliotecários? Estas são as perguntas a que se procura responder neste livro.

 

A função bibliotecária evoluiu muito da Antiguidade, da Biblioteca de Alexandria, até às bibliotecas digitais. A definição usual do termo ("quem trabalha numa biblioteca", Le Grand Robert da língua francesa ) dá apenas uma ideia muito vaga desta profissão com mil faces.

 

Neste momento, os bibliotecários estão a realizar atividades ou a assumir responsabilidades como:

  • ensinar os alunos a procurar e avaliar fontes de informação e publicações de qualidade;
  • apresentar "tempo da história" a um grupo de crianças;
  • avaliar o valor financeiro de um livro de livros antigos;
  • participar da digitalização do património editorial de uma sociedade;
  • criar um sistema de informação baseado na web e um site móvel para o uso de advogados especializados em direito do trabalho;
  • implementar um programa de empréstimo eletrónico para tablet;
  • negociar com representantes de uma rede de bibliotecas para a venda de um serviço de catálogo centralizado;
  • adquirir livros impressos e digitais, DVDs e videojogos;
  • Defender e gerir um orçamento que excede US $30 milhões por ano e tem quase 300 pessoas sob a sua responsabilidade
  • participar num encontro com os atores sociais de um bairro difícil para implementar medidas que promovam o sucesso académico e a perseverança dos jovens;
  • Trabalhar com um arquiteto e um engenheiro para desenvolver o programa espacial para a construção de uma nova biblioteca.

 

Mede-se a dificuldade de apresentar uma realidade tão complexa e diferenciada. Aposta-se em descrever esta profissão apresentando os seus valores, responsabilidades e ações, levantando o véu de tantas faces dos bibliotecários quanto possível.

 

A prática do bibliotecário reflete o seu compromisso com uma comunidade. Este compromisso é expresso de várias maneiras, desde o desenvolvimento de programas de alfabetização, programas de animação cultural ou atividades de assistência em casa, até a contribuição para medidas de intervenção social, na maioria das vezes em parceria com os atores sociais de uma comunidade. Não há limite para os serviços que um bibliotecário pode criar para facilitar o acesso à cultura e à informação. Isso pode variar desde a oferta de um serviço de empréstimo de óculos de leitura, como fazem algumas bibliotecas em Montreal, até à obtenção de consolas e videojogos na biblioteca para atender às necessidades dos adolescentes e ligá-los a uma biblioteca. lugar de cultura.

 

Em todas as suas ações diárias, o bibliotecário encarna os valores universais da profissão. O mais importante de tudo é garantir o direito fundamental à liberdade intelectual, ao pensamento livre, isto é, o direito de aceder a todas as formas de expressão do conhecimento e da cultura, e expressar os pensamentos em público. Este direito à liberdade de expressão e à liberdade de consciência é o pilar sobre o qual repousa a Carta de Direitos do Leitor que as associações de Quebec da profissão adotaram em 1976. Esta carta orienta os administradores da biblioteca e a equipa a garantir e facilitar o acesso a todas as formas e meios de expressão do conhecimento, garantir esse direito de expressão em todos os serviços oferecidos e opor-se a qualquer tentativa de limitar esse direito à informação e à liberdade de expressão. O segundo implica reconhecer aos indivíduos e grupos o direito à crítica, condição indispensável para o exercício de uma cidadania comprometida.

 

acesso de todos à informação, o respeito pela confidencialidade, a protecção da informação pessoal dos leitores e o respeito pela liberdade de opinião e pensamento são valores fundamentais da profissão. Eles também se aplicam às coleções, garantindo a máxima neutralidade no seu desenvolvimento e classificação.

 

 

 

 (...)

 

Ler mais >>

 

Adaptado do espanhol com alterações e supressões.

 

© Imprensa da Universidade de Montreal, 2012

Condições de uso: http://www.openedition.org/6540

 

D. José Tolentino Mendonça entrevistado por Paulo Rocha

 

70X7

Agência Ecclesia

 

Conteúdo relacionado:

 

acess.jpg

 FonteKristina, B. [e-Book]  Access to Online Resources: A Guide for the Modern Librarian. Berlin, Springer, 2018


O livro oferece um guia conciso para os bibliotecários, ajudando-os a entender os desafios, processos e tecnologias envolvidos na gestão do acesso aos recursos em linha. A seguir à introdução, o livro apresenta casos de autenticação e autorização geral.

 

 

Ajuda os leitores a entender a autenticação baseada na web e proporciona os fundamentos de reconhecimento de endereços IP de uma maneira fácil de entender. Um capítulo especial é dedicado ao Security Assertion Markup Language (SAML), seguido de uma descrição geral dos conceitos chave de OpenID Connect. O livro termina com instruções básicas para a resolução de problemas e recomendações para assistência adicional. Os bibliotecários beneficiarão desta leitura rápida e fácil, que desmistifica as tecnologias utilizadas, apresenta cenários da vida real e explica como utilizar de forma competente a autenticação e a gestão de acesso.

 

Tradução livre do espanhol.

 

Referência: Arévalo, J. (2018). Acceso a recursos en línea: Una guía para el bibliotecario modernoUniverso Abierto. Retrieved 29 May 2018, from https://universoabierto.org/2018/05/29/acceso-a-recursos-en-linea-una-guia-para-el-bibliotecario-moderno/

 


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogue RBE em revista

Clique aqui para subscrever


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor