Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



BiblioRede

14.07.09






Ministério da Educação

Portaria n.º 756/2009 de 14 de Julho

Estabelece as regras de designação de docentes para a função de professor bibliotecário e para a função de coordenador interconcelhio para as bibliotecas escolares.



Etiquetas:

BiblioRede

13.07.09







Fazer da biblioteca o lugar mais fantástico do mundo!



[EB1 nº1 de Lagos, Agrupamento Vertical de Escolas de Lagos]

Etiquetas:

BiblioRede

26.06.09








Fazer da biblioteca o lugar mais fantástico do mundo!




[JI de S. João de Loure - Agrupamento de Escolas de S. João de Loure]

Etiquetas:

Bibliorede

24.06.09

Debate nacional sobre educação:
como vamos melhorar a educação nos próximos anos?

Num debate nacional sobre educação julgamos que será oportuno referir o papel e a importância que as bibliotecas escolares assumem hoje no contexto da escola e de uma aprendizagem de qualidade. Aliás, numa leitura atenta de diversas participações, nos fóruns, nos diferentes temas propostos e ainda nos depoimentos, a transversalidade de algumas questões levantadas pelos intervenientes é recorrente. A saber, entre outras, a necessidade da escola preparar para a aprendizagem ao longo da vida, para o domínio de um conjunto de competências capazes de permitir o acesso à (in) formação, requisito base para a mobilidade social e profissional no mundo actual e a atribuição do insucesso escolar aos fracos níveis de literacia, nomeadamente da leitura, que muitos professores referem como grande constrangimento ao progresso na aprendizagem.
Ler mais >>

Etiquetas:

Bibliorede

22.06.09


Bibliotecas Escolares, Bibliotecas Públicas: parceria ou partilha?

Pensar a relação entre bibliotecas escolares e bibliotecas públicas, remete-nos para um passado ainda recente quando, do lançamento da Rede de Bibliotecas Escolares, no relatório síntese que deu origem a este Programa, se afirmava que “para rentabilizar e coordenar os recursos tecnológicos a nível nacional e local e, tendo em conta, a experiência de outros países – e mesmo algumas já realizadas a nível nacional por bibliotecas públicas – recomenda-se a criação nas bibliotecas municipais de Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares”.1 A Rede foi logo, na sua fase inicial, desenhada numa arquitectura que previa a colaboração formal e/ou informal, com as Bibliotecas da Rede Nacional de Leitura Pública, tendo em vista uma política de convergência de recursos e de esforços materializáveis na construção de redes colaborativas entre parceiros (escolas, bibliotecas municipais, autarquias). Aspectos, que no decorrer destes anos, se mostraram gradualmente mais pertinentes.

[8º Encontro Luso-Espanhol de Bibliotecários - DGLB] Ler mais >>

Etiquetas:


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor