Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Só a educação nos dá esperança e futuro | muzoon almellehan

A visão de uma jovem refugiada sobre a educação

26.12.19

unicef.jpg

Muzoon Almellehan · Refugiada e embaixadora da Unicef

 

 

 

“Meu querido parceiro refugiado, nunca pares de aprender, nunca pares de sonhar. Nunca percas a esperança". Assim começa a carta que Muzoon Almellehan dedica às crianças que sofrem a devastação do conflito armado. Ela também teve que fugir. Com 14 anos, escapou da Síria com a sua família, indo para um campo de refugiados na Jordânia. Como bagagem, ela carregava apenas o essencial: os seus livros escolares. "A educação dá esperança e estabilidade, porque educação significa futuro", diz ela. 

Durante os três anos que passou em campos de refugiados, lutou para consciencializar as famílias de que os jovens deveriam continuar a estudar. A sua história inspiradora, a sua coragem e a sua forte defesa da educação fizeram com que muitos se referissem a ela como a 'Malala Síria'. 

Em 2017, tornou-se a primeira Embaixadora da Boa Vontade da UNICEF com o status de refugiada. Atualmente, reside no Reino Unido, onde estuda Relações Internacionais. "A minha mensagem aos líderes mundiais e organizações internacionais é que eles devem concentrar os seus esforços nas crianças para que tenham acesso a uma educação de qualidade, independentemente da situação em que se encontrem", conclui.

 

Referência: “Solo la educación nos da esperanza y futuro”. (2019). BBVA Aprendemos juntos. Retrieved 26 December 2019, from https://aprendemosjuntos.elpais.com/especial/solo-la-educacion-nos-da-esperanza-y-futuro-muzoon-almellehan/



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor