Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Imagem: SPNCultura

 

Horário do Fim

 

morre-se nada
quando chega a vez

é só um solavanco
na estrada por onde já não vamos

 

morre-se tudo
quando não é o justo momento

e não é nunca
esse momento

 

 

Mia Couto

"Raiz de Orvalho e Outros Poemas"

Etiquetas:



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor