Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]











Reproduzimos o texto que justifica a importância de um conhecimento fundamentado da realidade juvenil contemporânea e, consequentemente, do colóquio que se realizará nos próximos dias a 2 e 3 de Junho, no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, com o título Olhares sobre os jovens em Portugal: saberes, políticas, acções:


É, simultaneamente, um tempo de vida cada vez mais incerto. Num contexto global de crise económica e social, os desafios vividos pelos jovens nas suas múltiplas transições assumem contornos de acentuada vulnerabilidade junto de uns, potenciando também a criatividade nas respostas de outros.

Essas vivências nunca acontecem de forma isolada. Formal ou informalmente, as transições juvenis ocorrem em quadros de interacção com instituições e actores sociais vários, pautados por relações de cooperação e diálogo, de dissensão e conflito, ou ainda de pura indiferença e desinteresse mútuo.

Todo um espectro de atitudes informadas pelos olhares que, reciprocamente, partilham uns sobre os outros. Olhares muitas vezes orientados por pontos de vista preconcebidos e cristalizados, pouco fundamentados em conhecimento profundo e rigoroso sobre as realidades juvenis contemporâneas e os desafios que as caracterizam.

Ler mais >> 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor