Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

 

 

 

 

 

 

«Inserida nas Festas de Lisboa e com o intuito de voltar a divulgar a literatura europeia de forma criativa e num formato invulgar, a segunda edição da Noite da Literatura Europeia realiza-se no Príncipe Real, onde dez locais emblemáticos abrem portas para receber na noite de 7 de junho um pequeno e intenso festival literário: a partir das 18h00 e ao longo de cinco horas, haverá sessões de leituras realizadas por diversos atores portugueses que, na sua maioria, serão acompanhadas pelos escritores convidados pelos institutos europeus culturais sediados em Lisboa ou pelas embaixadas representativas. Entre prosa e poesia, a Noite da Literatura Europeia 2014 apresenta obras com um pano de fundo político, histórias familiares e pessoais, narrativas tocantes e por vezes desconcertantes, assim como uma homenagem a Marguerite Duras por ocasião do 100º aniversário do seu nascimento. Na segunda edição deste serão literário, o público poderá descobrir as obras de Dulce Maria Cardoso (Portugal), José F.A. Oliver (Alemanha), Anna Kim (Áustria), Marcos Giralt Torrente (Espanha), Miika Nousiainen (Finlândia), Marguerite Duras (França), Paolo Nori (Itália), Deborah Levy (Reino Unido), Jorge Listopad (República Checa) e Ion Mureşan (Roménia). As leituras, de entrada livre e com uma duração entre dez e quinze minutos, repetem-se de meia em meia hora, para que o público possa visitar todos os espaços e assistir a todas as sessões programadas. Na segunda edição da Noite da Literatura Europeia, Portugal estará representado pela escritora Dulce Maria Cardoso que, a convite do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, estará no Museu Nacional de História Natural e da Ciênciapara acompanhar a leitura da atriz Mónica Calle do livro O Retorno, onde a partir da perspetiva de um adolescente se fala sobre o fim do império português ultramarino e do conturbado regresso de mais de meio milhão de pessoas a Portugal.»

 

Ler mais >>



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor