Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Até 30 de setembro, está patente na Biblioteca Nacional uma mostra da obra de Matilde Rosa Araújo. A entrada é livre.

Em geral, a sua obra coloca o mundo da infância, sob um olhar descobridor e deslumbrado, em face do olhar adulto que completa, com a sabedoria, a percepção do mundo que rodeia as personagens, mesmo nos seus aspectos mais banais. Com a sua consagração, cerca de duas décadas após o primeiro título, A Garrana (ficção, 1943), as obras de Matilde Rosa Araújo cobrem-se com a colaboração de alguns dos melhores ilustradores do seu tempo, tornando os seus livros objectos de beleza que aliam ao poder do texto a riqueza sugestiva das imagens.

Recebeu da Fundação Calouste Gulbenkian o Grande Prémio de Literatura para Crianças (1980) e o prémio para o melhor livro infantil, pelo seu trabalho poético 
Fadas Verdes (1996). A novela O Palhaço Verde, um dos seus primeiros títulos, foi considerada como melhor livro estrangeiro pela associação Paulista de Críticos de Arte de São Paulo (1991). 
Ler mais >>

Autoria e outros dados (tags, etc)



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor