Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]









(...)
NCI: No seu trabalho concretamente, as TIC, e as ferramentas 2.0 mais em particular, são usadas e disponibilizadas para uso dos utilizadores das bibliotecas?
Sente, neste público-alvo com que lida, que facilmente a biblioteca é trocada pela web?

Maria José Vitorino: O que sinto é que a web está cada vez mais dentro da biblioteca, e biblioteca faz a diferença quando se revela na web e com a web: são indissociáveis. Tal como as ferramentas 2.0 são indissociáveis das práticas quotidianas, quer no domínio da comunicação quer nos diferentes níveis de acesso e de produção/transformação de informação.
Quanto à real democratização do seu uso e da capacidade para as usar (literacias da informação em sentido lato), por parte quer dos serviços de biblioteca quer dos utilizadores em geral, esse é um campo em que ainda nos ressentimos de muitas falhas, desde a infoexclusão às carências de recursos materiais e de conhecimento, incluindo planeamento, formação adequada, de profissionais e de utilizadores (esta usando também a própria web 2.0, o que entre nós é raro), e consistência nas abordagens que fazemos à web, incluindo a 2.0, do ponto de vista não apenas dos interesses individuais mas também das culturas de cada instituição e das prioridades nos seus projectos de desenvolvimento.
(...) 
Newsletter de ciência da informação Nº 8, Junho de 2009
Ler mais >>

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor