Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com 103 anos feitos há dias (31 de agosto) Manuela de Azevedo foi a primeira mulher portuguesa com carteira profissional de jornalista. A esta atividade aliou, desde cedo, a de escritora e poetisa, tendo publicado o seu primeiro livro de poemas - Claridade, com prefácio de Aquilino Ribeiro - em 1935. Nasceu em Lisboa mas foi ainda menina  para Mangualde e frequentou o Liceu de Viseu. Estudiosa de Camões, sobre o qual também escreveu, fundou a Associação que instalou a Casa-Memória de Camões em Constância.

 

O Museu Nacional da Imprensa, no Porto, tem promovido diversas iniciativas de divulgação da obra e vida de Manuela de Azevedo que ainda é senhora para se deslocar às bibliotecas escolares e captar a atenção dos jovens com as inúmeras histórias, recheadas de humor, que a sua longa memória conserva.



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor