Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue RBE

Qua | 15.12.21

Lançamento do livro "A Bola e pássaro"

2021-12-17.png

No âmbito do Projeto Todos Juntos Podemos Ler da Rede de Bibliotecas Escolares, em parceria com a DGE e o PNL2027, decorreu, no passado dia 9 de dezembro, no Auditório Professor Domingos Rijo, da Escola Superior de Gestão do Instituto Politécnico de Castelo Branco em Idanha-a-Nova, o lançamento do livro A Bola e Pássaro, com texto de Celeste Gonçalves e ilustração de Sandra Serra, editado pela Flamingo.

Este livro foi produzido no âmbito do Projeto Ler Sem Palavras, um projeto dinamizado e coordenado pela professora bibliotecária Carla Ribeiro, do Agrupamento de Escolas José Silvestre e Ribeiro de Idanha-a-Nova. Este livro conta com duas versões, uma com texto e ilustrações e outras com texto, ilustrações e pictogramas, numa perspetiva de desenvolvimento da literatura inclusiva através da Comunicação Aumentativa e Alternativa. Esta versão, em pictogramas, editado pela Câmara Municipal de Idanha-a-Nova com a chancela da ARASAAC (Centro Aragonês de Comunicação Aumentativa e Alternativa) de distribuição gratuita, encontra-se disponível para descarregar e permitir a sua impressão através da seguinte ligação: Livros em pictogramas

De referir que só foi possível concretizar este projeto através de uma estreita colaboração e parcerias com diversas entidades de que se destacam, a Direção do Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, a União de Freguesias de Idanha-a-Nova e Alcafozes, a ARASAAC, as autoras, Celeste Gonçalves e Sandra Serra e a professora Maria Nascimento. 

O Sr. Presidente da Câmara, Armindo Jacinto evidenciou a importância deste projeto, a relevância das parcerias estabelecidas e a valorização da comunidade local, um projeto que vai ao encontro das linhas definidas pela autarquia para a educação integral de todos os indivíduos no concelho de Idanha-a-Nova.

Também o Diretor do Agrupamento, Paulo Frias, manifestou a sua satisfação por este projeto, desenvolvido pela biblioteca escolar, numa perspetiva inclusiva, salientando que o mesmo já vinha a decorrer com a direção anterior, período em que a biblioteca organizou o seu fundo documental com a aplicação do sistema ColorADD.

A Professora Maria Nascimento apresentou a obra e a sua adaptação para a Comunicação Aumentativa e Alternativa e Pictogramas.

Para a autora, Celeste Gonçalves […]

“Dar a esta pequena e simples história um sentido universal, foi também um desiderato. Por isso, o pássaro leva a bola até outros locais do Mundo. As crianças perceberão que o que nos torna felizes pode e deve ser partilhado. Perceberão, até pela ilustração, que o Mundo é vasto e que não vivemos num espaço fechado e limitado, olhando para ele e acautelando apenas os nossos interesses. O Pássaro é protetor; A bola é um elemento universal de prazer e alegria, proporcionando a interação e o convívio entre as crianças e os seres humanos em geral.
Uma vez criada a história, corporizado o texto, havia que transpô-lo para a linguagem simbólica de pictogramas […] Que nenhuma criança, nenhum jovem ou adulto fique excluído do prazer de ler. Tenhamos consciência de que existe uma pluralidade de leituras. São possibilidades, potencialidades nos recursos, que permitem que todos sejam incluídos e possam fruir e aprender com a leitura e com a escrita. É nosso dever, respeitar os direitos elementares dos seres humanos, e nestes, em particular, os das crianças, conferindo a todas, sem exceção, a mesmas oportunidades. Sublinho, a oportunidade de se sentirem úteis e integrados, felizes, de modo a desfrutarem do que a vida e a literatura em particular, sem esquecer a ilustração, lhes possam oferecer.” 

  
No prefácio da obra a Coordenadora Nacional da Rede de Bibliotecas Escolares, Manuela Pargana Silva, entre outras palavras escreveu o seguinte: 

[…] “A Bola e o Pássaro” mostra-nos, de uma forma muito bela, o lugar de sonho da nossa vida, e o modo como todos nós, habitantes deste planeta, podemos tornar os nossos sonhos realidade e como, todos juntos, facilitaremos a sua concretização. E as histórias são tão mais importantes quanto maior for a colaboração e a partilha”[…] O Agrupamento de Escolas José Silvestre Ribeiro, de Idanha-a-Nova, desenvolve um trabalho de articulação bem evidente nesta publicação, porque contou com o apoio e envolvimento do Município e como o da Junta de Freguesia, porque a autora é professora no Agrupamento e assumiu, em parceria com a biblioteca escolar, o desafio da leitura como fator essencial no sucesso das aprendizagens porque o livro foi traduzido em símbolos pictográficos para a comunicação, alargando-se assim a oportunidade de leitura, de imaginação e de fruição a um maior número de leitores. São estas histórias que enchem de encanto as bibliotecas, como as que integram o projeto Todos Juntos Podemos Ler, ao adotar a inclusão como atitude cultural determinante […] Cada história lida ou ouvida desafia-nos a conhecer o outro, a descobrir-nos e a transformar-nos”.

E como é necessário ter sempre novos desafios e continuar a transformar, novos reptos se apresentam para este projeto: esta obra editada, irá avançar para outras adaptações, noutros formatos, em língua gestual portuguesa, em formato audiolivro e em braille, através de uma estreita colaboração com o Agrupamento de Escola Afonso de Paiva em Castelo Branco. 

 

_____________________________________________________________________________________________________________________