Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]















O escritor Jorge Amado e a sua mulher Zélia Gattai em frente de um painel com figuras representando Exu, uma divindade Orixá de origem africana. Guardião de templos, casas, cidades e pessoas, mensageiro e intermediário entre deuses e homens, entre mundo espiritual e mundo material, Exu foi escolhido por Jorge Amado para guardião da sua casa, a Fundação Casa de Jorge Amado. As três cores com que a divindade aparece representam a mistura de raças existentes no Brasil: índios, negros e brancos.

Jorge Amado nasceu a 10 de agosto de 1912, no sul do Estado da Bahia. Por isso a Fundação Casa de Jorge Amado está hoje em festa, a comemorar o centenário do nascimento do escritor.

Axé à Fundação, à obra que Jorge Amado (e Zélia) nos legaram e a todos os seus leitores!



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor