Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Captura de ecrã 2020-09-22, às 12.39.41.png

Fonte: https://www.edutopia.org/article/using-pbl-encourage-interdisciplinary-work 

 

Uma turma de 28 alunos. Dividida em quatro grupos. Quatro tópicos complexos e artigos de jornal, editoriais, entrevistas e vídeos. Quinze minutos para discussão.

Estes são os ingredientes da primeira parte do artigo de Michael McDowell, Using PBL to Encourage Interdisciplinary Work, onde defende que a Aprendizagem baseada em projetos (Project based learning) pode ser usada para promover a interdisciplinaridade. Com um exemplo prático, mostra como, quando os alunos relacionam tópicos de diferentes disciplinas, se criam oportunidades para aplicarem o que aprenderam em novas situações e se gera, consequentemente, uma aprendizagem mais significativa.
 
Regressando à turma. Após os quinze minutos de discussão, os alunos voltam a reunir-se e formam-se novos grupos, que incluem um aluno de cada um dos grupos originais. Tarefa: partilhar informação, encontrando semelhanças e diferenças. Neste exercício irão sobressair os pontos de ligação entre os vários tópicos e os alunos percebem como situações aparentemente díspares estão, na realidade, inter-relacionadas e têm origem, por vezes, num único problema.
 
Juntando de novo a turma, o professor coloca as questões que irão orientar a discussão a partir deste momento:
 
- Quais são as semelhanças e diferenças entre os vários contextos?
 
- Que questões surgem na tua opinião? O que pretendes responder/ saber?
 
- Quais são os problemas recorrentes nestas situações?
 
- Que analogias podes estabelecer fora do contexto desta disciplina?
 
Na segunda parte do artigo, o autor centra-se nas estratégias que podem ser usadas para permitir a transferência de conhecimento entre diferentes contextos. “O nosso papel, neste momento, como educadores é apoiarmo-nos nas ferramentas de transferência para assegurar que os alunos ligam o mundo real ao cânone académico)” (parágrafo traduzido).
 
O autor sugere as seguintes estratégias:
 
- Comparar temas entre diferentes disciplinas, procurando pontos em comum;
 
- Criar analogias a partir de um tema que surja num determinado livro, procurando situações semelhantes em artigos de jornal, eventos concretos, filmes ou podcasts;
 
- Gerar múltiplas hipóteses para resolver problemas complexos e pensar em formas de testar essas hipóteses.
 
“A aprendizagem interdisciplinar que incorpora questões do mundo real desenvolve a capacidade para inovar. Ter essa capacidade irá preparar os alunos para o futuro, independentemente do percurso profissional que escolham seguir” (parágrafo traduzido).
 
Este artigo foi originalmente publicado no sítio da Edutopia . 
 
Artigo completo: Using PBL to Encourage Interdisciplinary Work.



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor