Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Imagem: Público

 

«Mais de 70% dos portugueses que trabalham por conta própria têm apenas o ensino básico», lemos no Público de ontem, num artigo baseado em dados apresentados pela PORDATA e pela sua diretora Maria João Valente Rosa:


«Portugal é o pior dos 28 países da União Europeia no tocante à escolarização: 70,6% dos trabalhadores por conta própria não passaram do ensino básico e apenas 40% da população completou o secundário, contra uma média comunitária de 75,2%.

Portugal não é pequeno e está longe de ser um país de “doutores e engenheiros”. O retrato de Portugal na Europa apresentado nesta segunda-feira pelo Pordata, a base de dados da Fundação Francisco Manuel dos Santos, que compara os indicadores portugueses com os dos 28 países membros da União Europeia, deita por terra algumas ideias feitas sobre a sociedade portuguesa e mostra, segundo a demógrafa Maria João Valente Rosa, o muito que o país tem a fazer, sobretudo em termos de educação.

“Portugal é o terceiro país com níveis de abandono escolar mais elevados, apesar dos progressos significativos das últimas décadas”, aponta a directora do Pordata. Pior do que Portugal, que apresenta uma taxa de abandono escolar entre os 18 e os 24 anos de 19,2%, só a Espanha e Malta (23,5% e cerca de 20%, respectivamente), que inauguram uma lista cuja média se situa nos 11,9%.»

 

Ler mais no Público, 19 maio >>

Autoria e outros dados (tags, etc)



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor