Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O Programa RBE tem vindo a promover nos últimos anos, em articulação com a DGIDC, as Direcções Regionais e os Centros de Formação, uma série de acções de formação em diferentes domínios de intervenção das bibliotecas escolares, orientadas quer para os coordenadores das bibliotecas e docentes em geral, quer para os coordenadores inter-concelhios e formadores da área.
É no contexto deste trabalho sobre a formação que o Programa RBE irá participar entre 3 e 5 de Setembro num Workshop da Unesco em Ankara intitulado "Training the Trainers in Information Literacy" .
No âmbito deste Workshop serão apresentadas algumas boas práticas em literacia de informação de escolas dos diferentes países participantes.
No caso português serão divulgadas as experiências de duas escolas já beneficiadas em anos anteriores pela Candidatura de Mérito, fazendo jus ao trabalho desenvolvido pelas suas bibliotecas escolares desde a primeira hora, e ao valor desta candidatura no reconhecimento, valorização e disseminação de boas práticas: EB1 de Castro Verde e EB23 Galopim de Carvalho (Sintra).
Os dois exemplos que serão relatados têm em comum o facto de terem feito uso da Área de Projecto como área curricular privilegiada para o desenvolvimento das competências de informação.

A EB1 de Castro Verde promoveu em 2005-06 e 2006-07 um Projecto intitulado “Vamos contar…História”, através do qual as turmas puderam realizar inúmeras aprendizagens relacionadas com diferentes períodos, episódios e personalidades da História de Portugal. Em 2007-08 a escola decidiu seguir a mesma estratégia, escolhendo um novo tema _ “Portugal, o nosso país”, através do qual se propôs estudar o património natural e cultural das diferentes regiões de Portugal, tendo este tema funcionado mais uma vez como ideia-chave aglutinadora e mobilizadora de toda a escola. O Jardim de Infância e outras escolas do Agrupamento foram também envolvidos no Projecto, que este ano contou com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, através do Projecto THEKA.
A Biblioteca Escolar assumiu neste propósito um papel de liderança, geri
ndo o Projecto, apoiando a realização de todas as actividades e suportando todos os processos de pesquisa, processamento e produção de informação que lhes estiveram subjacentes.
As actividades realizadas foram muitas: cada turma estudou uma região e apresentou-a às outras turmas, aos pais e à comunidade local em “serões culturais” organizados para o efeito. Um Coro escolar foi constituído com o apoio do Conservatório do Baixo Alentejo para interpretar canções do Cancioneiro Popular Português. Danças tradicionais foram ensaiadas pelas diferentes turmas. Foi realizada uma Feira de Gastronomia regional. Um programa na Rádio local transmitiu mensalmente o trabalho dos alunos sobre cada região e um Espectáculo final animou através de encenações, canções e danças as representações do País em “Vem ver passar Portugal II”.
A EB23 Galopim de Carvalho desenvolve desde 2006/07 um Projecto intitulado “Da Informação ao Conhecimento”, através do qual vem implementando um Programa para a Literacia da Informação, integrado na Área de Projecto e coordenado pela biblioteca escolar em articulação com os professores responsáveis.
Diferentes estratégias e actividades foram realizadas, entre as quais se destacam a produção e discussão com os professores das Áreas de Projecto de uma Guia sobre “Como fazer um trabalho de pesquisa”, para ser utilizado com os alunos. Um pequeno vídeo ajudou à divulgação deste Guia. A biblioteca organizou ao longo do ano seis workshops de formação para os mesmos professores, no sentido de os munir dos conhecimentos e competências necessárias para saberem integrar a literacia de informação na sua prática docente. Uma equipa constituída pela coordenadora da biblioteca e docentes dos diferentes níveis ensino elaborou e apresentou ao Conselho Pedagógico uma proposta de um Currículo de Literacia da Informação, a integrar o Projecto Curricular do Agrupamento, do 3º ao 9º ano de escolaridade. A biblioteca planeou com os professores das Áreas de Projecto as actividades e recursos a utilizar em função dos temas escolhidos pelas diferentes turmas ou anos e colaborou no desenvolvimento dessas actividades, entre as quais se contaram a produção de pequenos filmes e apresentações, sessões de leitura, debates, exposições, convite a personalidades, etc. Visitas à biblioteca e sessões de formação de utilizadores para os novos alunos e professores foram ainda dinamizadas, com o apoio de alunos monitores, para além do apoio regular e informal dado a todos, sempre que necessário.
Esperamos com a disseminação destas boas práticas contribuir para uma maior projecção no exterior, do trabalho das escolas, do Programa RBE e de outros parceiros no sentido da melhoria dos níveis de literacia dos nossos jovens e estimular internamente a que mais escolas criem e suportem Planos de Acção eficazes para a Literacia de Informação, a qual constitui hoje uma das áreas de intervenção mais importantes das bibliotecas escolares no cumprimento da sua missão educativa, pedagógica e cultural.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor