Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




2021-05.jpeg

O Manifesto da IFLA/ UNESCO para a biblioteca escolar apresenta como um dos seus objetivos organizar atividades que incentivem a tomada de consciência cultural e social, bem como de sensibilidade.

Desde a sua génese, a biblioteca escolar surge como uma instituição de memória, que promove o acesso, preservação e divulgação do património cultural e da arte, criando oportunidades, através da educação, para as pessoas vivenciarem, dialogarem e se unirem por este meio.

Deste modo, a biblioteca contribui de forma relevante para o conhecimento e preservação da herança cultural – um aspeto essencial para o desenvolvimento presente e futuro das pessoas e das comunidades.

Através de uma abordagem integrada e flexível, nas bibliotecas escolares, trabalha-se a arte e a cultura de forma integrada no currículo, a partir de atividades e projetos de qualidade, centrados na criança ou jovem, que promovem valores universais e ajudam a alcançar direitos individuais.

Em julho de 2020, a RBE definiu como uma das prioridades para o trabalho das bibliotecas escolares em 2020-2021 planificar e concretizar atividades, programas e projetos artísticos e culturais, em articulação com a escola, contemplando regimes presenciais e a distância e contribuindo para a consolidação de uma cultura humanista.

 

 

Sendo a Semana Internacional da Educação Artística promovida pela UNESCO todos os anos na quarta semana de maio (este ano entre 24 e 30), neste mês em que se celebra a arte, a RBE desafia as bibliotecas a partilharem as suas imagens, de práticas inspiradoras, no âmbito da arte e da cultura. As mesmas serão divulgadas no instagram da RBE.

Para partilhar o seu trabalho, siga a hiperligação aqui.

Etiquetas:



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Blogue RBE em revista

Clique aqui para subscrever


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor