Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue RBE

Qui | 20.07.23

Bibliotecas Inclusivas: bibliotecas escolares do AE Júlio Dantas, agentes de Integração e aprendizagem

2023-07-20.png

As bibliotecas escolares do AE Júlio Dantas têm desempenhado um papel fundamental como agentes de integração e aprendizagem através do projeto "Português Língua Não Materna - Integração e Aprendizagem". Este projeto pioneiro, surgiu a partir da candidatura Todos Juntos Podemos Ler, apoiada pela Rede de Bibliotecas Escolares, e da proposta da Direção do Agrupamento, originada numa partilha realizada no âmbito de uma reunião de Rede no Algarve, promovida pela equipa regional para a articulação e flexibilidade curricular.

O projeto funcionou como piloto na biblioteca da EB Tecnopolis durante o ano letivo 2021/ 22 e prevê-se a sua continuidade além do triénio 2021/ 2024.

Nesta biblioteca, os alunos estrangeiros de nível de proficiência linguística A1 e A2 são integrados em turmas que se tornam as suas turmas de origem desde o momento em que chegam à escola, independentemente do período do ano, e participam simultaneamente do projeto. Os alunos têm a oportunidade de se envolver em atividades intensivas na biblioteca escolar destinadas ao conhecimento e aprofundamento da língua portuguesa, com o apoio de uma equipa multidisciplinar de docentes especialmente selecionados. Os professores desenvolvem atividades personalizadas, de acordo com o nível de proficiência dos alunos, respeitando o seu ritmo de aprendizagem e estimulando o trabalho autónomo, por meio da disponibilização de guiões de trabalho com etapas, atividades e recursos correspondentes. Esse trabalho é realizado em articulação com diretores de turma e os demais docentes dos conselhos de turma envolvidos.

A avaliação dos alunos é realizada de forma colaborativa pelos professores das turmas de origem, em diálogo com os docentes responsáveis pelo projeto. A avaliação contínua, feita conjuntamente pelos professores das turmas regulares e pelos docentes do projeto, garante a monitorização do progresso dos alunos e cria oportunidades para a sua plena integração nas turmas regulares.

As bibliotecas escolares do AE Júlio Dantas assumiram o compromisso de oferecer um serviço educativo autenticamente inclusivo e enriquecedor, reconhecendo e valorizando as habilidades e necessidades individuais de cada aluno. Ao implementar estratégias pedagógicas inovadoras, fornecer suporte personalizado e incentivar a participação dos alunos em atividades sociais e educativas, as bibliotecas criam ambientes educativos genuinamente inclusivos. Elas tornam-se espaços de encontro, diálogo e descoberta, onde todos os alunos são encorajados a explorar o seu potencial e a tornarem-se cidadãos ativos e envolvidos na comunidade educativa.

Dessa forma, as bibliotecas têm sido verdadeiros refúgios para alunos de 15 nacionalidades, proporcionando um ambiente acolhedor e inclusivo que os faz sentir pertencentes e apoiados nas suas jornadas educativas. O trabalho conjunto entre professores e biblioteca escolar possibilita o desenvolvimento de estratégias personalizadas e atende às necessidades específicas de cada aluno, impulsionando as suas trajetórias de aprendizagem. Esse trabalho tem sido reconhecido e valorizado pelas famílias e pela comunidade educativa em geral.

Ao criar um ambiente onde todos são valorizados e respeitados, independentemente da sua origem ou bagagem cultural, as bibliotecas cultivam a compreensão mútua, a empatia e a valorização da diversidade. Elas tornam-se verdadeiros catalisadores da transformação inclusiva, estimulando o potencial de cada aluno e contribuindo para a formação de cidadãos conscientes, ativos e preparados para enfrentar os desafios do mundo contemporâneo.

Destaques:

_____________________________________________________________________________________________________________________