Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blogue RBE

Ter | 27.12.22

As Bibliotecas Escolares - órgão vital do Agrupamento

Vozes 2022-12 PQ.jpg

Falar das Bibliotecas do Agrupamento é abordar um dos órgãos vitais das Escolas e do aprender, crescer, educar, saber, ser… que é alimentado em cada criança e jovem que preparamos.

As Bibliotecas por si só, já são um espaço de referência e de reverência do contexto educativo. Costumo dizer que deveriam ser a sala de receção ou o gabinete nobre de cada escola devido à sua beleza, ao encanto das estantes forradas a livros, aos espaços com tecnologias, ao pulsar dos alunos que por lá moram, às atividades que lá se realizam, às conversas que neste espaço se promovem, à importância que têm na construção da “pessoa” do aluno e nas suas diversas aprendizagens.

E, neste mundo em transformação, e com todo o avanço tecnológico e digital, o paradigma das Bibliotecas Escolares foi seguindo os novos tempos e os novos formatos de leitura, onde o livro-papel já não está solteiro e se faz acompanhar dos e-books, audiolivros, dos aparelhos onde os alunos descobrem e conquistam o mundo. As competências ao nível da literacia terão de ser mais abrangentes, mais complexas e mais ousadas. E as nossas Bibliotecas são esse lugar privilegiado onde tudo se entrecruza e acabam por desempenhar um papel fundamental nas aprendizagens e nos diversos sucessos dos alunos. Da leitura à escrita, da motivação que provocam, da intenção que fazem chegar aos alunos, estes espaços ajudam a criar as raízes e os alicerces para os alunos aprenderem cada vez mais e melhor.

No AE Amares são diversos os projetos de bibliotecas em que nos envolvemos: Somos Agrupamento a Ler+, uma espécie de selo/reconhecimento pela valorização da leitura.

Mais recentemente - Escola a ler, com diferentes linhas de intervenção (Leitura orientada -1º e 2º ciclo; Projeto pessoal de leitura; Tempo para ler e pensar; Vou levar-te comigo!; Livr’à mão; 10 minutos a ler - leitura diária em todas as turmas do 2º, 3º ciclos e Ensino Secundário; Leitura em Família - na Educação Pré-Escolar e no 1.º Ciclo com as medidas Leitura em Vai e Vem e Já Sei Ler; Ler e escrever com a Biblioteca -Projeto Palavra lida/Palavra escrita no 3º ciclo e secundário; Participação todos os anos no Concurso Nacional de Leitura com vários alunos a irem até à final nacional. A biblioteca da ESA já teve duas vezes projetos reconhecidos na candidatura Ideias com mérito (RBE).

Para além destes projetos, temos tido, ao longo dos anos, diversos outros projetos no âmbito da leitura e das diferentes literacias.

Portanto, sou uma Diretora orgulhosa das suas Bibliotecas, para além de ser uma amante de livros e leituras e considero que a palavra/ação LER é um tesouro que passamos aos nossos alunos.

E atrevo-me a dizer que o LER dá tanto e tanto…

L– Liberdade - com tudo o que esta palavra significa, desde a liberdade de conhecer novos mundos, novas ideias, novas questões. A liberdade de viajar em cada aventura e de ser a personagem principal que seguimos, à liberdade crítica e esclarecida que faz de cada aluno um melhor e mais capaz cidadão.

E– Esperança - de poder ser mais e melhor, de descobrir não só os problemas, mas vislumbrar soluções, de saber que estamos a aprender e podemos voar ainda mais. A esperança de novos mundos e novas leituras.

R– Resistência - perante tantas adversidades. O LER ajuda a enfrentar dificuldades, a superar limitações a tornar-nos mais invencíveis.

As Bibliotecas Escolares são a nossa autoestrada no caminho para o futuro!

Flora Monteiro
Diretora do AE de Amares