Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



















Imagem: Júlio Pomar



Merece destaque o debate que ocorrerá na tarde de amanhã, no âmbito da iniciativa Camilo Castelo Branco no Centro Cultural de Belém (CCB no CCB) - Amor de perdição na perspectiva dos amores juvenis de hoje, com coordenação de Daniel Sampaio e participação de alunos e professores das escolas:  Secundária D. Pedro V,   Secundária Rainha D. Leonor,  Secundária Vergílio Ferreira, Secundária de Camões, Secundária Professor José Augusto Lucas e Secundária de Gil Vicente. O desafio proposto aos alunos foi o de se colocarem no lugar da Mariana, a 2ª mulher do Amor de Perdição apaixonada por Simão Botelho e desenvolverem este tema: 

Se Mariana soubesse escrever....
que carta(s) teria escrito ela a Simão?
E enviaria Mariana a(s) carta(s) a Simão, depois de a(s) escrever?
Teria sido Mariana poupada á loucura, se dominasse os meios de expressão que lhe tivessem permitido comunicar com Simão?

Pelas 15:15, no Pequeno Auditório do CCB, teremos oportunidade de conhecer os resultados desse desafio, o que pensam os jovens sobre o triângulo amoroso  Simão/ Teresa/ Mariana e,  ainda, sobre  o amor, hoje. O debate contará com a presença de Fernando Pinto do Amaral, Daniel Sampaio e Margarida Braga Neves.

Às 19:00 haverá exibição filme Amor de Perdição, versão de Manoel de Oliveira (1978).

Como já referimos, o Amor de Perdição e outras obras de Camilo encontram-se acessíveis em formato PDF, gratuitamente, no Domínio Público. Em livro impresso, encontramos o Amor de Perdição nas livrarias com preços a partir dos 2,5€. E depois destes últimos argumentos, só podemos acrescentar: é imperdoável não ler!



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor