Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





A comunicação social divulgou muito recentemente os resultados de um inquérito da Deco sobre o horário e actividades das crianças nas creches e nos jardins de infância, salientando este dado:  quase um terço das crianças portuguesas passa mais de nove horas por dia nas creches e a esmagadora maioria ocupa parte do tempo a ver televisão em jardins de infância (...).

Comparativamente com Espanha, Bélgica e Itália, que realizaram um estudo semelhante, Portugal é o país com maior percentagem de crianças a ver televisão nas creches/jardins de infância.

Sabemos, do ponto de vista neurológico, a importância vital que têm os estímulos adequados, nos primeiros 6 anos de vida das crianças, para o desenvolvimento futuro das suas capacidades intelectuais. Estudos efectuados no terreno também concluem que os mais pequenos que crescem a ouvir histórias aprendem com maior facilidade e rapidez a ler, a escrever ou a realizar operações matemáticas.

Preocupa-nos, pois, que a televisão seja uma forma relevante de ocupação do tempo na educação pré-escolar, esvaziando-a da sua função essencial de desenvolver a imaginação, o raciocínio e outras faculdades.
Foto e notícia >>



Etiquetas:



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor