Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]












Alberto Manguel aconselha a que a aprendizagem da leitura continue a ser feita através dos livros e não seja transferida para os ecrãs. A oposição que coloca não é entre livros eletrónicos e livros impressos mas entre formas de leitura:  existe una 'lectura tradicional' que "es lenta, profunda, individual, exige reflexión" susceptible de "formarnos y conmovernos", [e uma leitura]  electrónica que emplea una tecnología que es "precisa, superficial, veloz, casi instantánea, y permite acceder a una infinitud de datos sin exigirnos ni memoria propia ni entendimiento".


Ler mais >>



RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor