Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue RBE

O piano

Por Filomena Lima, professora bibliotecária do AE D. Maria II - Cacém, Sintra

05.06.23 | comentários (2)
Silêncio. Ouvem-se, de tempos a tempos, palavras murmuradas e, por vezes, umas risadinhas, lá no fundo, na zona onde abundam os livros de literatura, verdadeiros cofres do tesouro repletos de palavras que estão ali, contidas, à espera de (...)

“Retalhos” que me dão certezas

Por Edite Félix, professora bibliotecária do AE da Ericeira, Mafra

08.05.23 | comentar
  “ Sabes com quem eu aprendi a ler?” - perguntou uma criança de sorriso no rosto ao passar por mim na entrada da escola.  Sugeri várias hipóteses: a professora, os pais,...Com um brilho no olhar disse-me: ”Foste tu; foi contigo!” (...)

Manta de retalhos

Por Isabel Bernardo, professora bibliotecária do AE Lima-de-Faria, Cantanhede

10.04.23 | comentar
Manta de retalhos. É assim que muitas vezes me parece a vida como professora bibliotecária. Muitas são as tarefas, nas mais diversas situações, com muitas pessoas diferentes. Pessoas frequentemente localizadas em tempos e espaços (...)

Trechos Harmoniosos

Por Madalena Trindade, Professora bibliotecária da Escola Básica e Secundária Quinta das Flores, Coi

06.03.23 | comentários (3)
Depois de muitos anos como professora bibliotecária, está quase na hora de fechar “o livro” que fui escrevendo ao longo desse tempo e que guardei na minha memória. Mas como me pediram uma reflexão, fui “pesquisar” um pouco. Numa (...)

Dia de Natal

por Paula Pio, professora bibliotecária do AE Gavião

06.02.23 | comentar
Era apenas um dia de dezembro, como qualquer outro. As tarefas na biblioteca escolar assemelhavam-se às dos dias anteriores: livros para registar, Escola a Lercom o 1º Ciclo, tentar levar os colegas do 2º CEB a aderir a uma atividade que (...)

Azul sem chuva [1]

por Ana Eustáquio, professora bibliotecária da ES Damião de Goes, Alenquer

09.01.23 | comentar
Escrevo, num dia de chuva, sobre a biblioteca da escola onde exerço funções de professora bibliotecária há cinco anos, com muito gosto, apesar das eventuais escolhas, ou não tivesse assumido o cargo em nome da fugidia criatividade (...)