Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



WEIWE(R)BE | projeto-piloto

Literacia da informação

02.06.20

top_weiwerbe.jpg

O projeto-piloto WEIWE(R)BE fundado no modelo de T. Wilson - que identifica os fatores que influenciam o comportamento de pesquisa a partir do momento em que se reconhece a necessidade de informação e desencadeia a partir daí um circuito na procura de fontes – é  implementado pelas Bibliotecas Escolares, enquanto espaços que  assumem uma missão crucial na construção do processo pesquisa de Informação, constituindo-se como uma alavanca capaz de provocar mudanças nas estratégias de ensino e implementar dinâmicas que, de forma efectiva e eficiente, contribuam para o desenvolvimento da literacia da informação.


O projeto cumpre as orientações  e os objetivos consignados nos documentos referenciais nacionais e internacionais, nomeadamente o Manifesto da Biblioteca Escolar (IFLA/UNESCO, 1999) e a Declaração Política da IASL sobre Bibliotecas Escolares (IASL, 1993).


O projeto WEIWE(R)BE é coordenado pela Rede de Bibliotecas Escolares em parceria com a Universidade Aberta.

 

Objetivo Promover estratégias de desenvolvimento das competências de literacia da informação

Destinatários Turmas do 10.º ano do Ensino Secundário

Parceiro Universidade Aberta

Data de início 27 de novembro de 2019

Data de conclusão 3 de junho 2020 | em curso


ATUALIZAÇÃO

O projeto-piloto WEIWE(R)BE realiza a sessão final das escolas participantes, dia 3 de Junho de 2020, a partir das 10:00.

Dadas as atuais circunstâncias, a sessão terá lugar por videoconferência síncrona, em sessão alargada a participantes convidados.

Programa [PDF]
Programa

Veja também: Materiais:
 

Referência: WEIWE(R)BE. (2020). RBE: Rede de Bibliotecas Escolares. Retrieved 2 June 2020, from https://www.rbe.mec.pt/np4/2567.html

 

CiiL: a construir alicerces para a leitura

Centro de Investigação e Intervenção na Leitura

30.03.20

CiiL_divulg_institucional_foto.jpg

Para construir alicerces sólidos para as próximas gerações de leitores, o CiiL (Centro de Investigação e Intervenção na Leitura) aposta na promoção das competências pré-leitoras e leitoras.

Desde 2015, a equipa CiiL aplica os resultados da investigação na implementação de uma intervenção sistematizada em contexto escolar, diretamente com as crianças a frequentar a rede pública no Município do Porto, num trabalho a par com o do professor titular/ educador.

A 18 de março de 2020 o CiiL adotou o modo virtual, com o objetivo de manter o trabalho continuado de intervenção que até aqui decorreu em modo presencial. O CiiL continua a ser o resultado do trabalho articulado de uma equipa que conta com professores, psicólogos e terapeutas de fala. Agora em contacto virtual entre si e com as crianças e pais.

Mantendo a intensidade da intervenção,  o CiiL publica nas redes sociais atividades dirigidas à promoção das competências pré-leitoras e das competências leitoras.

Na primeira semana em modo virtual partilhou atividades sob a forma de vídeo, através dos canais Facebook, Instagram, YouTube, e correio eletrónico.

O CiiL é uma parceria entre o Instituto Politécnico do Porto,  a Câmara Municipal do Porto e o Ministério da Educação. Desde 2018 beneficia de financiamento europeu NORTE 2020.

 

Conteúdo relacionado:

pub.png

O PÚBLICO na Escola está de regresso e vai abrir as portas das redacções do jornal, em Lisboa e no Porto, para mostrar como é o trabalho dos jornalistas. O projeto conta com o apoio do Ministério da Educação e da Fundação Belmiro de Azevedo e foi lançado ontem em Lisboa. 

O lançamento marca também o regresso do concurso nacional de jornais escolares, que teve a sua última edição em 2014. No site do projeto, será possível aceder a conteúdos sobre literacia mediática, recursos pedagógicos para utilizar os jornais em contexto de sala de aula e actividades para os alunos aprenderem com os media de forma mais autónoma.

Leia mais aqui.

ReferênciaQueres saber como funciona o jornal? O PÚBLICO na Escola ensina. (2019). PÚBLICO. Retrieved 6 November 2019, from https://www.publico.pt/2019/11/05/video/publico-escola-oportunidade-formar-cidadaos-atentos-20191105-140144

Oiça aqui o discurso do Senhor Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues:

 

Conteúdo relacionado:

documentar.png

Download | Guia em linha |

Este guia convida a refletir, por um lado, sobre como ativar a memória e a continuação da vida das atividades e processos que realizamos, e por outro, que meios, dos que temos ao nosso alcance, podem ser mais indicados para consegui-lo.

 

Referênciacómo documentar un proyecto - La Aventura de Aprender. (2019). Laaventuradeaprender.intef.es. Retrieved 21 October 2019, from http://laaventuradeaprender.intef.es/guias/como-documentar-un-proyecto

Etiquetas:

Cartaz_projeto.png

O projeto “Marcas na História” surgiu da necessidade de reforçar o papel das Bibliotecas, Escolares e Municipais, na dinamização de projetos cada vez mais agregadores, entre os Agrupamentos de Escolas, Biblioteca Municipais e a comunidade em geral, em articulação com outros parceiros, nomeadamente empresas, associações e instituições públicas e privadas. Contando desde já com o apoio da Fujifilm Portugal e da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo.

Procuramos através deste projeto, também, trabalhar a inclusão, porque ela é a luta pelo direito de todos às mesmas oportunidades de aprendizagem através da ligação entre saberes, culturas, artes, tecnologias, linguagens e das literacias que as suportam.

A partilha e o pensamento criativo serão aliados preciosos para o sucesso na implementação deste projeto.

É consensual que o mundo atual, as novas literacias, colocam novos desafios à educação e à sociedade.

cartaz_Final_out_6.png

Já estão a decorrer as inscrições para a Maratona Fotográfica, ação nº 1 deste projeto. O uso da imagem ligada às tecnologias vai ao encontro da necessidade de inovação no contexto da escola/sociedade atual, correspondendo aos interesses e gosto não só dos alunos/jovens, mas também, da comunidade local, despertando outras formas de observar, registar, conhecer e estimar o que existe à sua volta.

Vamos estar atentos porque muitas novidades espreitam!

 

Hiperligação inscrições: https://forms.gle/Qod61mNvmTLx1TG86

Hiperligação Blog: https://projetomarcasnahistoria.blogspot.com/

Etiquetas:


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor