Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Uma manifestação a favor da leitura assinala em Lisboa o Dia Mundial do Livro. A marcha parte, nesta terça-feira, às 14h30, da Praça Luís de Camões. Leituras, música e artes performativas entram na festa

 

por Rita Pimenta. Jornal Público.

Foto
ANDRE RODRIGUES/ARQUIVO 

Porque a “leitura é uma boa causa”, porque “não ler não é opção” e porque “não se pode dar a democracia por adquirida”, a comissária do Plano Nacional de Leitura 2027, Teresa Calçada, convida “todos os que gostam de livros, leitura e palavras” a manifestarem-se no Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, que se comemora a 23 de Abril.

PÚBLICO -
 

“ManiFESTA-te pela leitura” foi o nome dado ao desfile, em que se destaca propositadamente a palavra “festa”, e que partirá, às 14h30 desta terça-feira, da Praça Luís de Camões rumo aos Armazéns do Chiado, com a participação de artistas e músicos do Chapitô. Na divulgação, fala-se num “momento festivo de celebração do livro, dos autores e dos leitores”.

 

 

Referência: Pimenta, R. (2019). Dia Mundial do Livro: Contra a ignorância, marchar, marcharPÚBLICO. Retrieved 23 April 2019, from https://www.publico.pt/2019/04/22/culto/noticia/dia-mundial-livro-ignorancia-marchar-marchar-1870018

 

Conteúdo relacionado:

No dia 23 de abril, às 14h30, junte-se a quem gosta do Livro e da Leitura no Largo Camões, para festejar os livros e os leitores!

 

 

 

cartaz_pnl.jpg

 

 

 

mapa_marcha.jpg

   Por favor, clique no mapa para o ampliar.

Quando celebramos livros, celebramos também atividades - escrever, ler, traduzir, publicar – que nos preenchem e realizam; e nós celebramos, fundamentalmente, as liberdades que os tornam possíveis.


Os livros estão presentes na interseção de algumas das liberdades humanas mais indispensáveis, nomeadamente a liberdade de expressão e a de publicação.


Estas são liberdades frágeis que enfrentam muitos desafios, desde os direitos autorais à diversidade cultural, até às ameaças físicas que pairam sobre os autores, jornalistas e editores em muitos países em que essa liberdade é negada, ainda hoje, quando escolas são atacadas e manuscritos e livros destruídos.


Audrey Azoulay, Diretora-Geral da UNESCO (a propósito do Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor 2018)

 

Teresa Calçada antecipa, na TSF, aquilo que vai ser ...a festa da leitura e do livro:

 

Contamos consigo! 

#diamundiallivro2019 - esta é a hashtag do evento.

 

Conteúdo relacionado:

 

Etiquetas:

foto_dar.png

Dar a Ler.

 

Aconteceu ontem na livraria Menina e Moça, em Lisboa. Teresa Calçada e Isabel Alçada mostr(ar)am-nos como as suas vidas estão indissociavelmente ligadas e marcadas pelos livros, pelas leituras e pelas bibliotecas. 

 

 

top_semana_leitura19.jpg

 

"Hoje leitor, amanhã leitor!”

Durante a semana de 11 a 15 de março, as escolas são convidadas a desenvolver atividades que festejem a leitura como ato comunicativo, de liberdade e responsabilidade, um diálogo entre a literatura, a arte e a ciência, um espaço de encontro, criativo e colaborativo.

 

As bibliotecas escolares estarão, como sempre, no centro desta comemoração nas escolas, promovendo interações com a comunidade, encontrando parcerias e praticando a leitura como um hábito de todos os dias. 

 

O registo das iniciativas deve ser feito no SIPNL.

 

Programa oficial da Semana da Leitura

 

Toda a informação, sugestões de atividades e materiais de apoio podem ser consultados do sítio Web do PNL2027.

pnl.jpg

 

 

Etiquetas:

ler.png

Bando do Bosque é o nome da campanha que o Pingo Doce lançou com o apoio do Plano Nacional de Leitura 2027. A iniciativa, dirigida aos mais jovens, tem como foco um livro de que fazem parte seis personagens de peluche. 

 

Esta campanha está associada à promoção de hábitos de leitura na infância, da responsabilidade social do Pingo Doce, no âmbito da qual se enquadra o apoio do Plano Nacional de Leitura 2027.

O Bando do Bosque gosta de se reunir debaixo de uma velha árvore. É na sua sombra que encontramos um grupo de amigos muito especial, sempre pronto para aventuras inesperadas.

 

Quem os seguir, nunca ficará aborrecido.

 

Queres conhecer o Bando do Bosque? Pede aos teus pais para te lerem este livro na hora de ires para a cama e diverte-te com as suas histórias e ilustrações de encantar.

Leia

 

Referência: 2027, P. (2019). Plano Nacional de Leitura 2027Pnl2027.gov.pt. Retrieved 23 February 2019, from http://pnl2027.gov.pt/np4/obandodobosque.html

 


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Twitter



Perfil SAPO

foto do autor