Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



decreto.png

Download |

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

minuto.PNG

 

Em estreita ligação com o Referencial Nacional de Educação Ambiental para a Sustentabilidade e com a matriz de Competências para a Aprendizagem Socio-Emocional (CASEL), UM Minuto de Silêncio de gratidão à TERRA é uma iniciativa nacional organizada pela Associação Fazedores da Mudança em conjunto com todos os que pelo país se queiram associar, e que decorrerá no próximo dia 22 de Maio, dia Internacional da Biodiversidade.

 

Ler mais >>

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

con_Raízes_cartaz.png

Programa | Inscrição |

 

con.Raízes é um projeto dos professores bibliotecários da Rede Interconcelhia de Alter do Chão, Castelo de Vide, Crato, Gavião, Nisa, Marvão e Ponte de Sor que visa promover o conhecimento, a partilha e a divulgação das diferentes manifestações culturais dos seus concelhos.

 

A segunda edição do encontro con.Raízes terá lugar no concelho do Crato, no dia 11 de maio. Este encontro (acreditado como uma ação de curta duração pelo CFAE Prof’Sor) terá lugar no Auditório Municipal do Crato e a programação, destinada a professores e educadores, conta com a participação de figuras de renome na área do património.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

IV_Jornadas_Rede_Bibliotecas_Espinho.jpg

 

Nos dias 10 e 11 de maio terão lugar as IV Jornadas de Bibliotecas de Espinho, com o tema Leitura, música e cinema. O que os une?. Estas jornadas irão decorrer no Centro de Multimeios de Espinho, junto à Biblioteca Municipal, e têm como destinatários os docentes de todos os ciclos, professores bibliotecários e bibliotecários municipais. Estão em fase de acreditação como ação de formação de 12 horas.

 

Pode aceder a uma breve biografia de todos os intervenientes aqui>>.

O programa pode ser consultado aqui>>.

A ficha de inscrição é acedida aqui>>.

Autoria e outros dados (tags, etc)

iave.png

16 de maio de 2019 - auditório da escola Secundária Vergílio Ferreira, Lisboa

Programa  |  Inscrições fechadas (lotação esgotada)

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

cartaz (1).jpg

A primeira edição do concurso “Ser leitor é cool!” decorrerá em Campo Maior, no próximo dia 30 de abril, no Auditório do Centro Escolar Comendador Rui Nabeiro e conta com a participação de 75 alunos.

 

O concurso tem como objetivos a promoção da leitura e o desenvolvimento da expressão e compreensão escrita e oral. Está organizado em 4 escalões: 3.º ano, 4.º ano, 5.º ano e 6.º ano. 

 

Este concurso é organizado pelos professores bibliotecários dos grupos interconcelhios da Rede de Bibliotecas Escolares dos concelhos de Alter do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo de Vide, Crato, Elvas, Estremoz, Gavião, Marvão, Monforte, Mora, Nisa, Ponte de Sor, Portalegre e Sousel, com o apoio das CIBE, Ana Ferreira e Fátima Bonzinho.

 

Mais informações em: https://bibescolaresemfoco.wordpress.com/ser-leitor-e-cool/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

PÊRA, Edgar
25 de Abril uma aventura para a democracia [Registo vídeo] / realização Edgar Pêra . - Lisboa : CD25A, 2000. - 1DVD : col. 15' .


Documentário realizado por ocasião das comemorações dos 25 anos do 25 de Abril e incluído no kit pedagógico sobre a história portuguesa recente, editado pelo Centro de Documentação 25 de Abril da Universidade de Coimbra.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma manifestação a favor da leitura assinala em Lisboa o Dia Mundial do Livro. A marcha parte, nesta terça-feira, às 14h30, da Praça Luís de Camões. Leituras, música e artes performativas entram na festa

 

por Rita Pimenta. Jornal Público.

Foto
ANDRE RODRIGUES/ARQUIVO 

Porque a “leitura é uma boa causa”, porque “não ler não é opção” e porque “não se pode dar a democracia por adquirida”, a comissária do Plano Nacional de Leitura 2027, Teresa Calçada, convida “todos os que gostam de livros, leitura e palavras” a manifestarem-se no Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, que se comemora a 23 de Abril.

PÚBLICO -
 

“ManiFESTA-te pela leitura” foi o nome dado ao desfile, em que se destaca propositadamente a palavra “festa”, e que partirá, às 14h30 desta terça-feira, da Praça Luís de Camões rumo aos Armazéns do Chiado, com a participação de artistas e músicos do Chapitô. Na divulgação, fala-se num “momento festivo de celebração do livro, dos autores e dos leitores”.

 

 

Referência: Pimenta, R. (2019). Dia Mundial do Livro: Contra a ignorância, marchar, marcharPÚBLICO. Retrieved 23 April 2019, from https://www.publico.pt/2019/04/22/culto/noticia/dia-mundial-livro-ignorancia-marchar-marchar-1870018

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

No dia 23 de abril, às 14h30, junte-se a quem gosta do Livro e da Leitura no Largo Camões, para festejar os livros e os leitores!

 

 

 

cartaz_pnl.jpg

 

 

 

mapa_marcha.jpg

   Por favor, clique no mapa para o ampliar.

Quando celebramos livros, celebramos também atividades - escrever, ler, traduzir, publicar – que nos preenchem e realizam; e nós celebramos, fundamentalmente, as liberdades que os tornam possíveis.


Os livros estão presentes na interseção de algumas das liberdades humanas mais indispensáveis, nomeadamente a liberdade de expressão e a de publicação.


Estas são liberdades frágeis que enfrentam muitos desafios, desde os direitos autorais à diversidade cultural, até às ameaças físicas que pairam sobre os autores, jornalistas e editores em muitos países em que essa liberdade é negada, ainda hoje, quando escolas são atacadas e manuscritos e livros destruídos.


Audrey Azoulay, Diretora-Geral da UNESCO (a propósito do Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor 2018)

 

Teresa Calçada antecipa, na TSF, aquilo que vai ser ...a festa da leitura e do livro:

 

Contamos consigo! 

#diamundiallivro2019 - esta é a hashtag do evento.

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

visaojunior.jpg

 

A Rede de Bibliotecas Escolares e a revista Visão Júnior, realizam, pelo terceiro ano consecutivo, a iniciativa “Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?”.

Este projeto visa cumprir um duplo objetivo: estimular o gosto pela leitura e promover o exercício da cidadania, valorizando a importância do voto como forma de expressão da opinião e de intervenção cívica.

 

Comissão Nacional de Eleições, o Plano Nacional de Leitura 2027, a Pordata e a Rádio Miúdos são parceiros da iniciativa. 

 

Pretende-se que os alunos (do 1.º ciclo do ensino básico ao secundário) entendam e participem na organização de um processo eleitoral. Os estudantes começam por nomear o livro que quiserem como candidato a estas eleições, numa espécie de primárias. Os títulos que reúnem maior número de candidaturas integram as listas da votação nacional, que este ano decorreu a 15 de março. Entre o final de janeiro e a votação, os alunos fizeram campanha eleitoral, incluindo comícios, debates, cartazes e até tempos de antena, seguindo exatamente as mesmas regras de umas eleições políticas. 

 

Este ano letivo, 78 382 crianças e jovens votaram nas eleições nacionais, envolvendo mais de 700 escolas. Assim, esta iniciativa abrangeu mais 18 719 alunos do que no ano passado. Os resultados são, como habitualmente, trabalhados pela Pordata. 

Nº de escolas que votaram:

  • 1º ciclo – 294
  • 2º ciclo – 196
  • 3º ciclo – 188
  • Secundário – 49 

Nº de votos:

  • 1º ciclo – 33733
  • 2º ciclo – 22479
  • 3º ciclo – 19229
  • Secundário – 2941

 

Os livros considerados "mais fixes" pelos alunos portugueses serão revelados numa cerimónia, em que participam alunos vindos de escolas de todas as regiões do país. Este ano será a Fundação Calouste Gulbenkian a acolher este evento, no dia 31 de maio, entre as 10 e as 17:30 horas.
A cerimónia final ocorrerá a partir das 14:00h, no Auditório 2 e incluirá a apresentação de uma seleção dos melhores momentos da campanha eleitoral, encontro com escritores portugueses, uma homenagem a Sophia de Mello Breyner Andresen, no centenário do seu nascimento e o anúncio dos livros mais votados. Estarão presentes mais de 400 alunos de todos os ciclos de ensino.

 

Como o contributo de quem operacionaliza todo este processo é fundamental para melhorar os procedimentos e perceber o seu impacto nas escolas participantes, os professores responsáveis estão convidados a responder a um breve questionário, disponível em: https://forms.gle/NpPdQyiq4jhiQjhE8

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor