Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



100cenascartaz.jpg

Regulamento | Inscrição | Contactos

 

O Festival 100Cenas, uma organização do Agrupamento de Escolas de Castro Verde, que irá decorrer entre os dias 6 e 11 de maio de 2019, conhece este ano a sua IX edição.

 

 

Há três décadas a apostar na educação para os media, o projeto 100Cenas, dedicado à produção de filmes e multimédia no âmbito escolar, surgiu da necessidade da criação de um espaço que funcionasse como uma amostra de um património de experiências na área do audiovisual que, entretanto, passará a ter uma produção regular, partilhando-o com os seus pares, de forma a aproximar a escola da comunidade envolvente.

 

Dedicando-se, ao longo destes anos, à produção dos seus próprios conteúdos, o projeto apresenta uma longa lista de trabalhos em diferentes categorias como a ficção, o documentário e a animação, tendo merecido alguns prémios e o reconhecimento de várias entidades e instituições, quer a nível nacional, quer a nível internacional.

 

Além de promover a educação para os media, o 100Cenas pretende desenvolver também, com estas experiências e aprendizagens, a sensibilidade estética e o sentido crítico, quer na forma de olhar as artes, quer na forma de olhar o mundo. Da mesma forma se pretende fomentar  a  educação para a cidadania, contribuindo para a formação de pessoas responsáveis, autónomas, solidárias, que conhecem e exercem os seus direitos e deveres em diálogo e no respeito pelos outros, com espírito democrático, pluralista, crítico e criativo, tendo como referência os valores dos direitos humanos, sendo, ao mesmo tempo,  cidadãos participativos e ativos nas questões sociais e ambientais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2019_03_28_CONF_RBCIRA3.jpg

Programa Inscrições até 21 de março Mais informação aqui

 

A Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) vai realizar, nos dias 28 e 29 de março, a 2ª Conferência Internacional das Bibliotecas Municipais da Região de Aveiro, subordinada ao tema “GAMING E MAKERSPACES”. O primeiro dia decorrerá no Cineteatro Alba, em Albergaria-a-Velha, e o segundo na Biblioteca Municipal de Ílhavo.

 

Dirigida a bibliotecários públicos e respetivas chefias, a Conferência visa impulsionar o trabalho desenvolvido nas bibliotecas públicas, nomeadamente ao nível da criatividade. Será o primeiro e o maior evento de dimensão internacional com enfoque em makerspaces e nos demais “novos” lugares e funções das bibliotecas realizado no País, com o principal desígnio de prestar o melhor serviço público aos cidadãos.

 

 

Conteúdo relacionado:

 

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

ajudaris.jpg

A AJUDARIS, IPSS – Instituição Particular de Solidariedade Social, em parceria com o Instituto Politécnico de Setúbal, a Rede de Bibliotecas Escolares e o Plano Nacional de Leitura, anuncia o III Colóquio Internacional, que se realizará no dia 13 de abril de 2019, no Auditório da Fidelidade (Rua Alexandre Herculano 53, 2º Piso, 1269 – 152 Lisboa), e que congregará representantes das áreas que melhor se cruzam com os princípios e os objetivos da AJUDARIS.

 

Este evento encontra-se acreditado pela Escola Superior de Educação de Setúbal, com a duração de 6 horas.

 

 

Público-Alvo:  Educadores, Professores, Encarregados de Educação, Assistentes Sociais, Encarregados de Educação, Auxiliares de Educação.

 

Todos os interessados nesta temática podem participar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

net_via.PNG

As inscrições decorrem até dia 21 de março, sendo que a submissão dos trabalhos é até dia 30 de abril.

 

Navega em boas marés!

 

 

A DECO, com o apoio do Google Portugal, promove a atividade NET Viva e Segura (2ª Edição), uma iniciativa nacional que convida a comunidade educativa a produzir vídeos que demonstrem a importância de participar nas redes sociais em segurança e com respeito pela privacidade, em três categorias: partilha com cuidado, ligações seguras e a cortesia não é uma fantasia.

 

  • Partilha com cuidado

Realização de vídeos de sensibilização sobre a privacidade e a partilha nas redes sociais. Poderão abordar a importância da privacidade, os cuidados a ter com a informação que partilham, a existência de perfis falsos ou a importância de proteger os dispositivos e os seus dados. Os jovens poderão recorrer aos separadores Partilha e Privacidade no site  www.deco.proteste.pt/netvivaesegura

 

  • Ligações seguras

Realização de vídeos de sensibilização para uma utilização mais segura da Internet: como proteger as contas, o router, saber escolher a melhor palavra-passe e alterá-la em caso de roubo e os cuidados a ter com as fraudes. Os jovens poderão recorrer aos separadores Ligação Segura e Fraude no site  www.deco.proteste.pt/netvivaesegura.

 

  • A cortesia não é uma fantasia

Realização de vídeos de sensibilização sobre a importância da cortesia na internet, e do impacto que têm as interações digitais no outro, podendo abordar temas como o cyberbullying. Nesta categoria incluem-se também os conselhos sobre quando e como pedir ajuda. Os jovens poderão recorrer aos separadores Cortesia e Ajuda no site  www.deco.proteste.pt/netvivaesegura.

 

Seguir o projeto no Facebook 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

ler.png

Bando do Bosque é o nome da campanha que o Pingo Doce lançou com o apoio do Plano Nacional de Leitura 2027. A iniciativa, dirigida aos mais jovens, tem como foco um livro de que fazem parte seis personagens de peluche. 

 

Esta campanha está associada à promoção de hábitos de leitura na infância, da responsabilidade social do Pingo Doce, no âmbito da qual se enquadra o apoio do Plano Nacional de Leitura 2027.

O Bando do Bosque gosta de se reunir debaixo de uma velha árvore. É na sua sombra que encontramos um grupo de amigos muito especial, sempre pronto para aventuras inesperadas.

 

Quem os seguir, nunca ficará aborrecido.

 

Queres conhecer o Bando do Bosque? Pede aos teus pais para te lerem este livro na hora de ires para a cama e diverte-te com as suas histórias e ilustrações de encantar.

Leia

 

Referência: 2027, P. (2019). Plano Nacional de Leitura 2027Pnl2027.gov.pt. Retrieved 23 February 2019, from http://pnl2027.gov.pt/np4/obandodobosque.html

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

concurso.PNG

O Concurso de Leitura Expressiva “Leituras na Planície” tem como objetivos a promoção da leitura e o desenvolvimento da expressão e compreensão escrita/oral e integra o Plano de Atividades da Rede de Bibliotecas de Évora (RBEV). A participação no concurso está aberta a todos os alunos da cidade de Évora e organiza-se em doze escalões, atendendo ao ano de escolaridade.

 

Em cada escalão, os alunos deverão ler um texto narrativo ou um texto poético, de acordo com o respetivo ano de escolaridade.

Na 1.ª eliminatória, a escolha do excerto fica ao critério do professor titular de turma, no caso do 1.º ciclo, ou do professor de Português, nos restantes ciclos de ensino.

Na 2.ª eliminatória e na final, a escolha do excerto fica ao critério do professor bibliotecário que, contudo, divulgará aos alunos a obra à qual o excerto pertence.    

Em cada uma destas eliminatórias, o aluno faz uma leitura silenciosa do excerto, após a qual apresentará a leitura ao júri.  

 

O concurso decorrerá em três eliminatórias: a primeira em sala de aula; a segunda, na biblioteca escolar e a final, no Auditório da Fundação Eugénio de Almeida de Évora.

 

Esta é a oitava edição do Concurso, sendo uma iniciativa organizada pelo Agrupamento de escolas Manuel Ferreira Patrício e pelo Agrupamento de escolas André de Gouveia de Évora.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

zigzaga_1200.png

Um programa de rádio sobre cidadania digital para os mais novos

ZigZaga na Net” são 30 episódios de conteúdo áudio sobre Cidadania Digital que a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e a Direção-Geral da Educação (DGE), em parceria com a Rádio Online ZigZag da Antena 1 - RTP,  lançaram no dia 14 de fevereiro, no auditório da RTP.

Este programa de rádio juvenil pretende sensibilizar para várias questões de literacia digital, nomeadamente os direitos e deveres online; os direitos de autor; a veracidade e fiabilidade da informação (desinformação e notícias falsas); a privacidade; a pegada digital; a dependência online e das tecnologias; os comportamentos seguros online; o bullying e o ciberbullying, entre muitos outros. 

A Escola de Referência de alunos surdos do Agrupamento de Escolas Quinta de Marrocos foi desafiada a participar e envolver os alunos na tradução para Língua Gestual Portuguesa dos episódios, dando assim origem a um projeto pioneiro nesta matéria. Estes episódios contam ainda com a presença assídua das mascotes do Centro Internet Segura (a INES) e do SeguraNet (o Pisca).

 

ReferênciaFCT e DGE lançam “ZigZaga na Net”. (2019). Portugal INCoDe.2030. Retrieved 18 February 2019, from https://www.incode2030.gov.pt/destaque/fct-e-dge-lancam-zigzaga-na-net

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foto grupo.jpg

 

A Biblioteca Municipal da Lourinhã foi o local escolhido para assinar o protocolo de cooperação entre o Município da Lourinhã e os dois agrupamentos de escolas do concelho, marcando assim a criação da Rede de Bibliotecas da Lourinhã e o lançamento do respetivo catálogo concelhio e portal digital.


A cerimónia aconteceu dia 5 de fevereiro e contou com a presença do presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, João Duarte de Carvalho, que deu início à sessão destacando o empenho da autarquia “em criar novas respostas e promover a literacia através da promoção do livro e da leitura”. No discurso de abertura, o autarca relembrou ainda algumas das iniciativas e projetos implementados no concelho, como a Biblioteca de Praia, o Festival Literário Livros a Oeste, o investimento constante em novas obras para a Biblioteca Municipal e muito mais.

João Duarte de Carvalho deixou ainda um agradecimento a todas as entidades presentes, entre elas a Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, representada por Silvestre Lacerda, que interveio dando a conhecer alguns pormenores relevantes, como o facto do concelho da Lourinhã ser o que mais investiu em novos livros na Região Oeste nos últimos anos, aproximando-se daqueles que mais investimento têm feito a nível nacional.

“Queria salientar o trabalho desenvolvido na Lourinhã e este trabalho em rede, que é necessário desenvolver nos municípios, nas comunidades intermunicipais e nas redes nacionais de bibliotecas escolares. Esta perspetiva de trabalho em rede, em que cada um sai da sua zona de conforto, é significativo para o utilizador e temos a partir de hoje um belo exemplo na Lourinhã. Desafio ainda a comunidade intermunicipal a beneficiar desta iniciativa e de outras, como o Festival Literário Livros a Oeste, e assumir isto como um trabalho intermunicipal e um exemplo do que pode ser feito com a partilha de recursos”, concluiu o responsável.

A Coordenadora Nacional do Programa da Rede de Bibliotecas Escolares, Manuela Silva, também marcou presença, deixando rasgados elogios ao projeto Rede de Bibliotecas da Lourinhã.

“Só em conjunto é que podemos lutar por esta ideia de que a leitura é fundamental. Espero que esta rede se consolide, se estruture e convirja na agilização dos trabalhos, tornando-se sustentável”, realçou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

premios.PNG

 

A Rede de Bibliotecas Escolares associa-se às iniciativas da Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), com o apoio do Ministério de Educação e da Fundação SM, que lançam em 2019 os prémios Educação em Direitos Humanos - Óscar Arnulfo Romero (3.ª edição) e O que estás a ler? (6.ª edição).

 

EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS - ÓSCAR ARNULFO ROMERO (3.ª EDIÇÃO) 

O prémio Educação em Direitos Humanos - Óscar Arnulfo Romero destina-se a reconhecer o trabalho de:
A. Escolas ou agrupamentos de escolas de todos os níveis de educação e ensino ou
B. Organizações da sociedade civil (ONG) na defesa do direito à educação, à convivência na escola, à paz, à inclusão e, em geral, às liberdades fundamentais do ser humano. 

 

Lançado a 1 de fevereiro, este concurso estabelece 15 de maio como data-limite para entrega das candidaturas; a 5 de junho serão conhecidas as propostas vencedoras: 2 por categoria (A e B), cada uma delas recebendo 5.000 dólares para investimento nos programas vencedores. Segue-se a fase internacional do concurso em que são selecionados os vencedores dos 20 países ibero-americanos (setembro), seguindo-se a entrega do prémio num dos países a definir.

 


 
Veja também: 
• 70 Anos ao Serviço da Comunidade Ibero-americana através da Educação, da Ciência e da Cultura 1949-2019
• Resultados das edições anteriores
• Terceira Edição – Como participar
• Redes sociais -  #PremioDDHHRomero.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dia_internet_segura.png

 

Os professores bibliotecários da Rede de Bibliotecas de Cantanhede promoveram, no passado dia 5, no âmbito do seu plano de atividades concelhio, uma palestra e uma videoconferência com João Pedro Martins, Embaixador Europeu da Juventude para a Segurança da Internet e especialista em cidadania digital.

 

Este evento, dirigido aos alunos do 3.º ciclo dos três Agrupamentos do concelho de Cantanhede, Gândara-Mar, Lima-de-Faria e Marquês de Marialva, será difundido a partir do Auditório da Escola Secundária Lima-de-Faria, proporcionando, de igual modo, aos alunos e professores envolvidos a interação com o orador.

 

Alertar para os riscos inerentes à utilização da Internet/equipamentos/plataformas digitais e fomentar a adoção de comportamentos/atitude crítica e responsável face aos mesmos, eis os objetivos desta atividade que se associa à celebração do Dia da Internet Mais Segura 2019.

 

Conteúdo relacionado:

Líderes digitais - vídeo | joão pedro martins

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor