Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Uma manifestação a favor da leitura assinala em Lisboa o Dia Mundial do Livro. A marcha parte, nesta terça-feira, às 14h30, da Praça Luís de Camões. Leituras, música e artes performativas entram na festa

 

por Rita Pimenta. Jornal Público.

Foto
ANDRE RODRIGUES/ARQUIVO 

Porque a “leitura é uma boa causa”, porque “não ler não é opção” e porque “não se pode dar a democracia por adquirida”, a comissária do Plano Nacional de Leitura 2027, Teresa Calçada, convida “todos os que gostam de livros, leitura e palavras” a manifestarem-se no Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, que se comemora a 23 de Abril.

PÚBLICO -
 

“ManiFESTA-te pela leitura” foi o nome dado ao desfile, em que se destaca propositadamente a palavra “festa”, e que partirá, às 14h30 desta terça-feira, da Praça Luís de Camões rumo aos Armazéns do Chiado, com a participação de artistas e músicos do Chapitô. Na divulgação, fala-se num “momento festivo de celebração do livro, dos autores e dos leitores”.

 

 

Referência: Pimenta, R. (2019). Dia Mundial do Livro: Contra a ignorância, marchar, marcharPÚBLICO. Retrieved 23 April 2019, from https://www.publico.pt/2019/04/22/culto/noticia/dia-mundial-livro-ignorancia-marchar-marchar-1870018

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

No dia 23 de abril, às 14h30, junte-se a quem gosta do Livro e da Leitura no Largo Camões, para festejar os livros e os leitores!

 

 

 

cartaz_pnl.jpg

 

 

 

mapa_marcha.jpg

   Por favor, clique no mapa para o ampliar.

Quando celebramos livros, celebramos também atividades - escrever, ler, traduzir, publicar – que nos preenchem e realizam; e nós celebramos, fundamentalmente, as liberdades que os tornam possíveis.


Os livros estão presentes na interseção de algumas das liberdades humanas mais indispensáveis, nomeadamente a liberdade de expressão e a de publicação.


Estas são liberdades frágeis que enfrentam muitos desafios, desde os direitos autorais à diversidade cultural, até às ameaças físicas que pairam sobre os autores, jornalistas e editores em muitos países em que essa liberdade é negada, ainda hoje, quando escolas são atacadas e manuscritos e livros destruídos.


Audrey Azoulay, Diretora-Geral da UNESCO (a propósito do Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor 2018)

 

Teresa Calçada antecipa, na TSF, aquilo que vai ser ...a festa da leitura e do livro:

 

Contamos consigo! 

#diamundiallivro2019 - esta é a hashtag do evento.

 

Conteúdo relacionado:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

visaojunior.jpg

 

A Rede de Bibliotecas Escolares e a revista Visão Júnior, realizam, pelo terceiro ano consecutivo, a iniciativa “Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?”.

Este projeto visa cumprir um duplo objetivo: estimular o gosto pela leitura e promover o exercício da cidadania, valorizando a importância do voto como forma de expressão da opinião e de intervenção cívica.

 

Comissão Nacional de Eleições, o Plano Nacional de Leitura 2027, a Pordata e a Rádio Miúdos são parceiros da iniciativa. 

 

Pretende-se que os alunos (do 1.º ciclo do ensino básico ao secundário) entendam e participem na organização de um processo eleitoral. Os estudantes começam por nomear o livro que quiserem como candidato a estas eleições, numa espécie de primárias. Os títulos que reúnem maior número de candidaturas integram as listas da votação nacional, que este ano decorreu a 15 de março. Entre o final de janeiro e a votação, os alunos fizeram campanha eleitoral, incluindo comícios, debates, cartazes e até tempos de antena, seguindo exatamente as mesmas regras de umas eleições políticas. 

 

Este ano letivo, 78 382 crianças e jovens votaram nas eleições nacionais, envolvendo mais de 700 escolas. Assim, esta iniciativa abrangeu mais 18 719 alunos do que no ano passado. Os resultados são, como habitualmente, trabalhados pela Pordata. 

Nº de escolas que votaram:

  • 1º ciclo – 294
  • 2º ciclo – 196
  • 3º ciclo – 188
  • Secundário – 49 

Nº de votos:

  • 1º ciclo – 33733
  • 2º ciclo – 22479
  • 3º ciclo – 19229
  • Secundário – 2941

 

Os livros considerados "mais fixes" pelos alunos portugueses serão revelados numa cerimónia, em que participam alunos vindos de escolas de todas as regiões do país. Este ano será a Fundação Calouste Gulbenkian a acolher este evento, no dia 31 de maio, entre as 10 e as 17:30 horas.
A cerimónia final ocorrerá a partir das 14:00h, no Auditório 2 e incluirá a apresentação de uma seleção dos melhores momentos da campanha eleitoral, encontro com escritores portugueses, uma homenagem a Sophia de Mello Breyner Andresen, no centenário do seu nascimento e o anúncio dos livros mais votados. Estarão presentes mais de 400 alunos de todos os ciclos de ensino.

 

Como o contributo de quem operacionaliza todo este processo é fundamental para melhorar os procedimentos e perceber o seu impacto nas escolas participantes, os professores responsáveis estão convidados a responder a um breve questionário, disponível em: https://forms.gle/NpPdQyiq4jhiQjhE8

Autoria e outros dados (tags, etc)

dn.png

 

Anunciamos o mais recente projeto do Media Lab Diário de Notícias, disponível gratuitamente para escolas com alunos do 3º ciclo e Secundário: o Ciclo “Jovens Repórteres de Ciência - 2019”.

 

Fomentar a inclusão social e digital, desenvolver o espírito crítico e contribuir para a tomada de decisões informadas constituem a missão do Media Lab DN, que se revê nestes 7 dias de troca de conhecimento e experiência mediático-científica.

 

O “FALANDO DE CIÊNCIAS”

 

O workshop “Falando de Ciências” é uma atividade que tem vindo a ser desenvolvida pelo Media Lab DN, desde há 7 anos, com o apoio da Ciência Viva, do Instituto Gulbenkian de Ciência e da Fundação Champalimaud. Inaugurado em 2012, pelo então Ministro da Educação e Ciência, Professor Doutor Nuno Crato, o workshop tem dado a conhecer aos mais jovens os avanços da Ciência, através da prática de construção de notícias. Este ano, desafia os alunos de escolas nacionais a serem jornalistas do ciclo “Jovens Repórteres de Ciência - 2019”.

 

A duração será de 7 semanas e os temas a abordar são atuais e de grande interesse para o currículo escolar. A saber: Ativismo Ambiental; Saúde; Astronomia; Atividade do Cientista; Biodiversidade; Energia; e Oceanos. Em cada tema/sessão teremos um orador especialista convidado e, como jornalista especialista de Ciência, contamos com Filomena Naves - Diário de Notícias.  

 

As atividades serão GRATUITAS.

 

COMO?

 

Com o intuito de consciencializar sobre a relevância destes temas e de despertar o interesse quanto à literacia mediática, os jovens terão a oportunidade de assistir a um workshop sobre a profissão de jornalista, ouvir os convidados falarem sobre as suas profissões e os seus projetos, abrindo, no final, a perguntas.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Blimunda de março chega com notícias de Macau, e de mais uma edição do Festival Rota das Letras. Nas páginas desta edição, um artigo sobre a poesia de Jidi Majia, traduzida por José Luís Peixoto, e o relato de um encontro que juntou os dois escritores no Festival.

 

No infantil e juvenil, o retrato de 13 anos de Semanas da Leitura em Portugal, com relatos de alguns dos que as organizam ou que nelas participam.

 

Na secção Saramaguiana, destaque para O Ano da Morte de Ricardo Reis, recuperando um texto publicado no Jornal do Brasil em 1988, ano em que o romance chegou aos leitores brasileiros.

 

Para além destes destaques, a Blimunda traz as suas secções habituais, com muitos e bons conteúdos para ler.

 

 
Descarregar (pdf)
Ler no Scribd

 

ReferênciaBlimunda # 82. (2019). Mailchi.mp. Retrieved 8 April 2019, from https://mailchi.mp/josesaramago/blimunda-82

Autoria e outros dados (tags, etc)

NETTELLING2.png

Durante os meses de maio e junho o CIS | FCT, em colaboração com o IPDJ, irá desenvolver uma iniciativa denominada Net_Telling.

Pretende-se com este novo desafio, trazer as técnicas do storytelling para o contexto da utilização segura, consciente e responsável da Internet e convidar os jovens a, de uma forma criativa, contarem-nos estórias pessoais e verídicas relacionadas com os seus usos da Internet.

A facilitação deste Workshop estará a cargo do ator e guionista Pedro Gorgia e da escritora Fátima Freitas.

 

O Centro Internet Segura desafia-te a participares no workshop “Net-Telling”

 

O Centro Internet Segura, em colaboração com o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), desenvolveu o Net_Telling, um novo recurso que utiliza a técnica de storytelling sobre a atual cultura virtual juvenil, focado no relacionamento dos jovens com a Internet. Esta oficina requer o «trabalho e a divulgação de experiências reais e concretas que envolvam testemunhos de jovens na primeira pessoa.»

 

O que é o NET_TELLING?
É um workshop de «contadores de estórias», que utiliza as técnicas de storytelling para criar momentos de aproximação e empatia real e explorar cidadanias ativas e literacias digitais, através de uma maior consciencialização das possibilidades de conexões digitais em ambientes confiáveis.

 

Alguns dados importantes sobre a realização deste Workshop:

 

>  Quem são os facilitadores: Fátima Freitas & Pedro Górgia

>  A quem se destina: 15 jovens (entre os 18 e os 30 anos)

>  Qual é o número e a duração das sessões: 5 sessões com a duração de 2,5 horas e uma apresentação final

>  Qual é a periodicidade: semanal

>  Quando se realiza: maio e junho de 2019

>  Qual é o horário das sessões: entre as 18h e as 21h

>  Onde é que se vai realizar: auditório da sede do IPDJ, na R. Rodrigo da Fonseca, 55. 1250-096 Lisboa.

 

Qual é o processo de seleção dos participantes?
O processo de seleção irá apreciar a tua experiência na área do digital, o gosto pela representação e pela criatividade, expressas no formulário de inscrição. A seleção ficará a cargo do Centro Internet Segura em colaboração com os autores do workshop: Fátima Freitas & Pedro Górgia. Os participantes selecionados serão contatados pelo Centro Internet Segura no dia 2 de maio. No final do workshop os participantes farão uma apresentação pública e a gravação audiovisual do resultado das histórias trabalhadas no atelier. Este workshop é gratuito e no final tens direito a um certificado de participação. Acreditamos que esta iniciativa poderá proporcionar-te um contato direto com as temáticas do relacionamento online na primeira pessoa e explorar de forma consciente e responsável o mundo digital.

 

Como é que te podes inscrever?
As inscrições estão abertas até ao dia 22 de abril, através do formulário disponível no final desta página, ou através do endereço https://goo.gl/forms/zormY5lHq9tHZ6n73.

  

"Porque me devo inscrever?" Porque nunca se diz "não" a desafios como estes, em que trabalhas com profissionais da comunicação acrescentando experiência e valor ao teu Curriculum Vitae pessoal.

 

Consulta o programa em: https://bit.ly/2YvaPxv

 

Toda informação está disponível na página do Centro Internet Segura: https://www.internetsegura.pt/noticias/nettelling

 

No caso de necessitares de algum esclarecimento adicional, contacta-nos através do endereço de email internetsegura@fct.pt e coloca no assunto "NET_TELLING".

Autoria e outros dados (tags, etc)

ine.png

Finalistas da fase nacional

Terminou a fase nacional da Competição Europeia da Estatística (European Statistics Competition) – ESC2019, dinamizada a nível europeu pelo Serviço de Estatísticas da União Europeia (Eurostat) e, em Portugal, pelo Instituto Nacional de Estatística.

 

Conjugando os resultados obtidos nas duas avaliações que constituíram esta fase da ESC2019, foram apurados os seguintes finalistas:

Categoria A

  Equipa Pontuação final Escola
       
1.º Kolgomorov (pdf) 9,394 Escola Secundária Maria Lamas (Torres Novas)
       
2.º Fractais (pdf) 9,190 Escola Básica e Secundária Ferreira de Castro (Oliveira de Azeméis)
       
3.º 2πrates (pdf) 9,058 Escola Secundária Jaime Cortesão (Coimbra)
       
4.º Lastrange (pdf) 8,924 Colégio Júlio Dinis (Porto)
       
5.º GAS (pdf) 8,753 Escola Básica e Secundária Artur Gonçalves (Torres Novas)

 


 

Categoria B

  Equipa Pontuação final Escola
       
1.º StormTeam (pdf) 9,649 Externato Santa Joana (Ermesinde)
       
2.º Statistics (pdf) 9,086 Colégio Júlio Dinis (Porto)
       
3.º L_ao_Cubo (pdf) 8,966 Agrupamento de Escolas João de Araújo Correia (Godim)
       
4.º Mat7189 (pdf) 8,839 Externato Santa Joana (Ermesinde)
       
5.º r_euclides(pdf) 8,678 Agrupamento de Escolas João de Araújo Correia (Godim)

 


As duas equipas com a pontuação mais alta de cada categoria ficaram automaticamente apuradas para participar na fase europeia da Competição.

O Instituto Nacional de Estatística congratula-se com o grau de participação obtido e felicita cada um dos participantes, com natural destaque para os vencedores e os finalistas. Simultaneamente, manifesta a sua expetativa de que esta Competição tenha contribuído para incentivar em todos os que nela participaram o interesse pela Estatística e pelas estatísticas.

 

Referência: European Statistics Olympics (ESO). (2019). Ine.pt. Retrieved 30 March 2019, from https://www.ine.pt/scripts/esc2019/esc_participation.htm

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

slogans.png

Regulamento | Concorre aqui |

 

O Museu Nacional da Imprensa (MNI) está a promover até 31 de maio um concurso de slogans sobre o AMOR, tendo como pano de fundo dados recentes sobre violência no namoro.

 

A iniciativa foi lançada durante a visita da Ministra da Cultura à exposição daquele museu, denominada Amor Impresso-350 anos das cartas de Mariana Alcoforado, e patente precisamente até ao final de maio.

 

Baseado no papel educativo do museu, o concurso tem os seguintes objetivos:  

Promover a reflexão sobre o tema Amor vs Violência (no namoro), estimular a capacidade criativa dos jovens, motivar os jovens para a participação cívica num tema que a todos diz respeito, congregar um conjunto de boas ideias para futuras campanhas de promoção do amor e das boas relações interpessoais e suscitar debates sobre o tema nos mais variados espaços educativos.

 

Os destinatários deste concurso são jovens portugueses até aos 25 anos.

 

Perante a grave situação que denunciam estatísticas recentes, apela-se a todos os educadores que promovam debates sobre o tema, numa ação cívica que a todos diz respeito.

 

Solicita-se a afixação do cartaz.

 

Conteúdo relacionado:

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Leitura pública da Ilíada no âmbito do Festival Internacional Latim-Grego. Decorreu na biblioteca na passada sexta-feira, 22 de março. Leu-se o canto V, na tradução de Frederico Lourenço.

 

Esta iniciativa inseriu-se no Festival Européen Latin Grec, ao qual a escola aderiu e no qual participaram escolas e outras instituições de todo o mundo, que leram uma parte da obra à mesma hora no dia 22 de março.

 

Escola Secundária Leal da Câmara - Rio de Mouro - Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

exames.png

Download [1.85 MB]

 

QUAIS SÃO OS OBJETIVOS DESTA PUBLICAÇÃO?

  • Divulgar informação relativa aos cursos e exames finais nacionais do ensino secundário,
    incluindo a que se refere à sua articulação com o acesso ao ensino superior.
  • Apresentar, em linhas gerais, o sistema de acesso ao ensino superior em 2019.
  • Responder às questões que, sobre estas matérias, mais frequentemente são colocadas por estudantes, pais, encarregados de educação e professores.
  • Disponibilizar as informações necessárias para uma correta inscrição e realização dos exames finais nacionais do ensino secundário, com efeitos na conclusão de curso e acesso ao ensino superior.

Autoria e outros dados (tags, etc)


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor