Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Selfies, sexting, autoimagem física | materiais didáticos

Fundação para a Ciência e Tecnologia

09.02.20

selfies.png

Download | 2019 |

INTRODUÇÃO*

Viver com e no contexto das redes sociais

[...]

O que é que torna, [...] estes serviços tão fascinantes e porque é que os jovens estão tão entusiasmados com a sua utilização? Que questões se lhes deparam, em termos de privacidade e autoimagem física, relacionadas com a sua utilização? Estas páginas oferecem algumas ideias inspiradoras para debater estes temas.

*com alterações.

Sala de Streaming | sobre ler e escrever

Repositório de vídeo

07.02.20

streaming.jpg

Repositório de vídeo sobre leitura e escrita, destinado a educadores em geral e a todos os que gostam de ler, de escrever, de pensar a leitura e a escrita.

O que significa Ler e Escrever? Como fazê-lo bem? Para quê?

 

Leitura complementar:

[...] "Se substituirmos escrever por ler, o efeito produzido é o mesmo. Porque ler é lugar de partida, ler é lugar de encontro." 

Referência: Ler e escrever (Plano Nacional de Leitura). (2020). Anabelamotaribeiro.pt. Retrieved 7 February 2020, from https://anabelamotaribeiro.pt/ler-e-escrever-plano-nacional-de-238308

 

 

*Streaming

contornos.png

Inscrição nos workshops| Programa |

Realiza-se entre os dias 29 de fevereiro e 06 de março, no concelho de Viana do Castelo, a iniciativa cultural Contornos da Palavra. A iniciativa, organizada pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, proporciona, durante uma semana, momentos culturais a todos os alunos, professores e educadores das escolas do concelho. Integra também o evento o ENCONTRO DE BIBLIOTECAS ESCOLARES – MAIS MUNDOS, organizado em colaboração com a Rede de Bibliotecas Escolares e o Centro de Formação Contínua de Viana do Castelo.

O Encontro decorre durante o dia 29 de fevereiro e em sessões de duas horas, de segunda a quinta-feira (02 a 05 março 2020).  Aguarda acreditação pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua, através do Centro de Formação Contínua de Viana do Castelo, na modalidade de Curso (15 horas), relevando para progressão na carreira docente.

A participação no Encontro é livre mas sujeita a inscrição prévia. Para efeitos de acreditação, os professores interessados em participar no Encontro deverão formalizar a sua inscrição (http://www.cfcvc.edu.pt/) através do Centro de Formação Contínua de Viana do Castelo até ao dia 17 de fevereiro. Os docentes que desejem participar apenas no sábado deverão também inscrever-se.

 

Referência: Ramos, R., Ramos, R., & completo, V. (2020). ENCONTRO DE BIBLIOTECAS ESCOLARES - VIANA DO CASTELOCibevianaesposende.pt. Retrieved 6 February 2020, from http://www.cibevianaesposende.pt/2020/02/encontro-de-bibliotecas-escolares-viana.html?spref=fb

Seminário Dia da Internet mais Segura 2020

Consórcio Centro Internet Segura

05.02.20

SID2020_simple_including_date_0.jpg

No dia 11 de fevereiro, celebra-se o Dia da Internet mais Segura 2020, iniciativa europeia que se comemora em Portugal e se alarga a todo o mês de fevereiro. Para assinalar a data, realiza-se, em Lisboa, o Seminário «Faz delete ao cyberbullying!».

Para este encontro, o Consórcio Centro Internet Segura, do qual fazem parte a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., a Direção-Geral da Educação, o Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P., a Fundação Altice, a APAV e Microsoft Portugal, convidou especialistas nacionais e europeus, bem como um painel de jovens para nos darem a sua  perspetiva e os seus testemunhos sobre como devemos prevenir e atuar face a este fenómeno transversal a toda a sociedade.

O evento irá decorrer, no Auditório do Fórum Picoas, no dia 11 de fevereiro de 2020, entre as 14h00 e as 18h00.

A participação é gratuita e aberta ao público, mas a inscrição é necessária, estando limitada à capacidade do auditório.

Registo em: https://questionarios.dge.mec.pt/index.php/481587?lang=pt

Este encontro é certificado, pela  Direção-Geral da Educação, na modalidade de Ação de Curta Duração. Os docentes interessados em obter esta certificação podem consultar as instruções aqui.

 

Referência: Seminário Dia da Internet mais Segura 2020 - Consórcio Centro Internet Segura | Direção-Geral da Educação. (2020). Dge.mec.pt. Retrieved 5 February 2020, from https://www.dge.mec.pt/noticias/tic-na-educacao/seminario-dia-da-internet-mais-segura-2020-consorcio-centro-internet-segura

George Steiner | 1929 - 2020

Crítico, escritor e académico

04.02.20

steiner.png

Foto: Wikipedia

George Steiner foi um dos maiores intelectuais da nossa era, conhecido pela sua ousadia e por ter uma posição politicamente incorreta.

Filósofo, ensaísta, linguista, professor de literatura comparada e crítico literário franco-americano, George Steiner morreu ontem, na sua residência em Cambridge, Inglaterra, com 90 anos.

Nasceu a  23 de abril de 1929 em Neuilly-sur-Seine, no seio de uma família judia, que viveu o terror do nazismo. Considerado um dos maiores pensadores contemporâneos, refletiu sobre a política, religião, a música, a pintura e a história.

Humanista por excelência defendia a tese de que todos temos o direito de sermos nós próprios. O prazer de ler e o amor pela educação eram bem conhecidos, “hoje vivemos uma crise. Parece que os livros estão a perder alguma da sua autoridade. OK, tivemos mil anos da cultura do livro, mas há outras formas de comunicação, outras formas de recordação. Eu não poderia viver sem livros, o meu mundo é uma casa de livros.” [“O verdadeiro crime é viver demasiado”: George Steiner 1929-2020. (2020). Jornal Expresso. Retrieved 4 February 2020, from https://expresso.pt/cultura/2020-02-03-O-verdadeiro-crime-e-viver-demasiado-George-Steiner-1929-2020]

George Steiner era um admirador de António Lobo Antunes, que considerava um dos maiores escritores vivos. Desejava encontrar-se com o escritor português e tal acabou por se concretizar há pouco mais de oito anos. Da conversa entre ambos no dia 9 de Outubro de 2011 fica o registo:

Conteúdo relacionado:

manual.png

Download | 2020 | Fonte |

APRESENTAÇÂO

O uso generalizado de computadores contribuiu enormemente para o aumento da produção e disseminação da informação científica.

Anteriormente, os interessados em obter informações a respeito de sua área contavam, dentre outros, com repertórios bibliográficos gerais, como Les sources du travail bibliographique, de Louise-Noëlle Malclés (1950), o Guide to reference books, atualizado por Robert Balay e disponibilizado em meio eletrónico a partir de 2009, e o Guide to reference material, de J. A. Walford, que incorporou o nome do autor, denominando-se Walford´s guide to reference material, reorganizado em sua oitava edição por Marilyn Mullay e Priscilla Schlicke, abrangendo o período de 1994 a 2000, em três volumes, que são fontes que relacionam referências bibliográficas e resumos, relativos a uma variada tipologia de obras de referência, cobrindo as diversas áreas do conhecimento.

Etiquetas:

2º Encontro Cinema e Educação

Cinemateca Portuguesa - Museu do Cinema

02.02.20

intervallo.jpg

Imagem e texto de Os Filhos de Lumière - associação cultural

A Cinemateca organiza no próximo dia 11 de fevereiro a segunda edição do Encontro Cinema e Educação, em colaboração com o Plano Nacional das Artes (uma nova iniciativa governamental do Ministério da Cultura com o Ministério da Educação em que se procura a inserção do cinema e das outras artes nos percursos escolares) e os Filhos de Lumière – Associação Cultural.

Este ano o Encontro é dedicado ao tema Indisciplinar a Escola e pretende-se criar uma discussão alargada em torno da relação entre a educação e as artes, não apenas o ensino artístico, mas o universo mais vasto da educação pela arte e o papel das artes em todo o âmbito educativo, e trabalhar o cinema como um dos contributos possíveis para rasgar as fronteiras mais convencionais da experiência educativa.

O Encontro contará com a presença de autores e investigadores de várias áreas, da educação ao cinema, entre os quais representantes dos ministérios da Educação e da Cultura, responsáveis do Plano Nacional das Artes, Alain Bergala e Leonardo Costanzo, realizador italiano cujo trabalho é ainda pouco conhecido em Portugal e a quem a Cinemateca dedicará uma retrospetiva quase completa. Todas as sessões do ciclo LEONARDO DI COSTANZO – COMUNIDADE, ESCOLA, FAMÍLIA são organizadas em articulação com o Encontro, do qual são também parte integrante tendo em conta a forma como este autor tem trabalhado (na ficção e no documentário) a relação entre a escola e as comunidades onde estão inseridas e as questões mais latas da educação nas nossas sociedades. ( mais informações sobre o ciclo)

O Encontro, aberto a todos os interessados é de entrada livre mediante levantamento de ingresso na Bilheteira, decorre na Sala M. Félix Ribeiro no dia 11 de fevereiro entre as 10h e as 18h. Os interessados em participar no Encontro são convidados a inscrever-se através do e-mail divulgacao@cinemateca.pt.

clemi.png

Download |

O dossiê educacional de 2020, produzido pelas equipes do CLEMI com a participação de professores, jornalistas e formadores, é pelo segundo ano consecutivo inteiramente dedicado ao tema: "Informação sem fronteiras?" 

O tema convida os alunos a questionar os limites da informação, a permanência, porosidade ou erosão das fronteiras nos espaços geográficos, económicos, sociais, políticos, técnicos e culturais. Este arquivo educacional oferece reflexões, atividades e casos emblemáticos de media para apoiar os alunos em projetos de educação em media e informação.

Para cada um dos capítulos, encontrará uma folha de informações que enquadra o assunto, atividades em sala de aula e recursos que tratam de casos concretos que podem ser estudados com os alunos.

Referência: Dossier pédagogique de la Semaine de la presse et des médias dans l'école - CLEMI. (2020). CLEMI. Retrieved 1 February 2020, from https://www.clemi.fr/fr/ressources/dossier-pedagogique-de-la-semaine-de-la-presse-et-des-medias-dans-lecole.html

 

Conteúdo relacionado:

Que ler? Como ler? Leituras da juventude

Orientações para professores

31.01.20

atas.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Download | Download vs.2 | 2017 |

“El hecho de que tengamos juventudes tan diversas,
tanto del punto de vista económico como de las
sensibilidades, debiera hacernos pensar que la lectura
tendría que dejar de ser canónica, en término de libros
que todos deben leer para converger en una sensibilidad
compartida. Al revés, habría que enfatizar la motivación
y, por lo mismo, la singularidad o especificidad de las
distintas juventudes.”

Martín Hopenhayn, Actas del II Seminario internacional

 

El Plan Nacional de la Lectura pone a disposición las Actas del seminario internacional ¿Qué leer? ¿Cómo leer? Lecturas de juventud, que se llevó a cabo en diciembre del año 2014 en el auditorio de la Biblioteca Nicanor Parra de la Universidad Diego Portales, ante un público masivo y entusiasta de estudiantes, académicos, mediadores de la lectura, educadores, lingüistas, escritores, sociólogos, bibliotecarios, representantes editoriales, literatos, historiadores y personas relacionadas con el sector del libro y la lectura.

Al igual que la primera publicación del seminario Perspectivas sobre la lectura en la infancia, este libro resulta un material indispensable para todo aquel que se interese en la problemática de la lectura en la juventud. Servirá tanto a académicos que estudien este proceso como a responsables de políticas públicas, escritores, editores y mediadores de la lectura. (...)

 

Referência:  Actas del seminario ¿Qué leer? ¿Cómo leer? Lecturas de Juventud. (2020). Plan Nacional de la Lectura. Retrieved 31 January 2020, from http://plandelectura.gob.cl/recursos/actas-del-seminario-que-leer-como-leer-lecturas-de-juventud/

 

Ler mais >>

Etiquetas:

conto-tradicional-portugues-secxxi-ebook2-1.jpg

Download | 2019 |

No âmbito do projeto Editar a Memóriacoordenado pela investigadora Teresa Araújo, são editados dois e-books que apresentam sob rigorosos critérios científicos duas obras inéditas com notável relevância literária. Romances Tradicionais do Distrito de Bragança e O Conto Tradicional Português no Século XXI encontram-se disponíveis em acesso aberto.

romanceiro-ebook-1.jpg

Download | 2019 |

Romances Tradicionais do Distrito de Bragança, de J. J. Dias Marques e Ana Sirgado, reúne os poemas recolhidos pelo primeiro autor nos seus trabalhos de campo realizados na década de 80 do século passado. Por outro lado, O Conto Tradicional Português no Século XXI, de J. J. Dias Marques e Paulo Jorge Correia, contribui para a percepção do estado do género na memória coletiva portuguesa, já que colige versões recolhidas recentemente numa ampla geografia nacional.

Texto replicado da fonte.

Instituto de Estudos de Literatura e Tradição
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas | Universidade NOVA de Lisboa

Referência: Projeto "Editar a Memória" edita dois ebooks. (2020). Mailchi.mp. Retrieved 31 January 2020, from https://mailchi.mp/dd7ba9d4b1e5/0xvq9c64us-3776257?e=a7233fb23c

 


RBE


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Twitter



Perfil SAPO

foto do autor