Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue RBE

Ter | 10.03.20

Guia para aplicação de adaptações na realização de provas e exames | 2020

Certificar com Equidade

jne.png

Download |

INTRODUÇÃO

O Decreto-Lei n.o 54/2018, de 6 de julho, com as alterações introduzidas pela lei n.o116/2019, de 13 de setembro, e pela Declaração de Retificação no 47/2019, de 3 de outubro, que estabelece o regime jurídico da educação inclusiva, consagra a possibilidade de aplicação de adaptações ao processo de avaliação externa no ensino básico e no ensino secundário.

O Júri Nacional de Exames (JNE) tem como atribuições a organização do processo de avaliação externa das aprendizagens, bem como a validação de adaptações ao processo de avaliação externa no ensino secundário.

As adaptações ao processo de avaliação externa devem ser coerentes com o processo de ensino, de aprendizagem e de avaliação interna, bem como com o nível de escolaridade em que são implementadas, não se constituindo, isoladamente, como um objetivo, mas antes como uma salvaguarda do direito à participação de todos os alunos na avaliação externa.

A aplicação de qualquer uma das adaptações ao processo de avaliação externa depende da solicitação do professor titular de turma/conselho de docentes ou diretor de turma/conselho de turma, ao diretor de escola, com a anuência expressa do encarregado de educação. (...)

 

Conteúdo relacionado:

Ter | 10.03.20

Miúdos a Votos | a campanha eleitoral

Centro Escolar de São Francisco

mv.jpeg

Como habitualmente a Revista Visão Júnior acompanha a campanha eleitoral através de reportagens em muitas escolas. Hoje foi mais uma dessas visitas, mas com convidados especiais.

A RBE e a Visão Júnior convidaram os diferentes parceiros da iniciativa, bem como o Ministério da Educação, para sentir o pulso da campanha eleitoral no Centro Escolar de São Francisco.

Assim, a Secretária de Estado da Educação, Susana Amador e dois elementos da Comissão Nacional de Eleições assistiram a uma sessão de esclarecimento dos alunos do 1.º e 2.º ano realizada pelos alunos mais velhos, que lhes explicaram através de uma divertida dramatização porque e como votamos.

Seguiu-se um animado comício no recreio da escola, onde todos tiveram oportunidade de manifestar as suas preferências e angariar apoiantes.

 

Conteúdo relacionado: