Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blogue RBE

Qui | 11.01.18

Passatempo Dia da Internet Mais Segura 2018!

 Fonte: Internet SeguraRegulamento

 

Ganha uma câmara desportiva ou um tablet e mais uma estadia numa Pousada de Juventude!

 

Participa no passatempo Dia da Internet Mais Segura 2018!

 

Para comemorar o dia da Internet Mais Segura o Centro Internet Segura convida-te a criar uma fotografia junto do cartaz da Linha Internet Segura “Aceita o Desafio!”.

 

Procura o cartaz na tua escola ou numa Loja PontoJA perto de ti!

 

Dá asas à tua criatividade! Queremos fotos originais, composições divertidas, que mereçam muitos likes. Podes utilizar montagens, aplicar os filtros de que mais gostas ou até criar distorções gráficas, desde que respeites as normas do passatempo.

 

Deves ter entre 13 e 30 anos e antes de fazer e enviar a tua foto lê atentamente o Regulamento do passatempo  para que a tua participação seja considerada válida!

 

As fotos, onde não devem aparecer pessoas que possam ser identificadas, deverão ser publicadas no Facebook, na página/perfil do Centro Internet Segura, no período de 22 de janeiro a 01 de fevereiro de 2018 e o respetivo link enviado para o email: internetsegura@fct.pt .

 

A lista dos/as vencedores/as do passatempo será divulgada a partir das 16 horas do dia 01 de Fevereiro de 2018, no Facebook Internet Segura e IPDJ/ Portal da Juventude, no Site Internet Segura e no Portal da Juventude.

 

Os prémios serão entregues durante o evento de celebração do Dia da Internet Mais Segura a ter lugar em Braga, a 6 de Fevereiro de 2018 em local a confirmar, e onde os vencedores poderão conhecer e tirar fotos com os actores que integram a peça “Identidade Digital 2.0”: Alexandre da Silva, Pedro Górgia e Tiago Aldeia.

_____________________________________________________________________________________________________________________

Este trabalho está licenciado sob licença: CC BY-NC-SA 4.0

Qui | 11.01.18

Workshops “Conta-nos uma história!”

 Fonte: ERTE |

 

No âmbito da 9.ª Edição do concurso "Conta-nos uma história!", serão realizados, a partir do mês de janeiro e por todo o país, workshops sobre temas como narrativas digitais, produção áudio e vídeo, dinamizados pelos Centros de Competência TIC, associados à DGE.

 

Com esta iniciativa pretende-se fomentar a criação de projetos desenvolvidos pelas escolas de Educação Pré-Escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico que incentivem a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), nomeadamente tecnologias de gravação digital de áudio e vídeo.

 

As datas, bem como os formulários de inscrição para estas sessões de formação, estão disponíveis na página da iniciativa.

Para mais informações, consulte: http://erte.dge.mec.pt/concurso-conta-nos-uma-historia.

_____________________________________________________________________________________________________________________

Este trabalho está licenciado sob licença: CC BY-NC-SA 4.0

Qua | 10.01.18

Dia do Perfil dos Alunos | 15 de janeiro

perfil.png

 Fonte: DGE AtividadesApresentação

 

O Ministério da Educação, em colaboração com a Federação Nacional de Associações de Estudantes dos Ensinos Básico e Secundário, desafia todas as escolas a participarem, no dia 15 de janeiro de 2018, num amplo debate nacional com o objetivo de refletir sobre como organizar a escola e o ensino, com vista à concretização do Perfil dos Alunos no Final da Escolaridade Obrigatória.

 

Perfil dos Alunos, homologado pelo Despacho n.º 6478/2017, de 26 de julho, configura o que se pretende que os jovens alcancem no final da escolaridade obrigatória, sendo, para tal, determinante o compromisso da escola e de todos os que lá trabalham, das famílias e encarregados de educação, dos decisores políticos e da sociedade em geral. Neste sentido, julga-se oportuno e importante desenvolver uma iniciativa que promova a apropriação deste documento por todos aqueles que, de uma forma ou outra, têm intervenção na educação dos jovens portugueses e a reflexão focada em soluções concretas de organização da escola e do ensino, que visem a consecução do Perfil dos Alunos.

 

Neste dia 15 de janeiro realizar-se-á uma Conferência Nacional em Lisboa e, em simultâneo, as escolas associam-se localmente, num movimento que se pretende de âmbito nacional. A ideia é que, por um dia, as escolas suspendam a sua rotina diária e possam acompanhar a Conferência Nacional, em direto, via internet, organizar Conferências Locais e desenvolver outras atividades.

 

As escolas deverão inscrever-se nesta iniciativa no site do evento, onde também se disponibiliza o Programa, sugestões de atividades e documentos de apoio.

 

Conteúdo relacionado:

_____________________________________________________________________________________________________________________

Este trabalho está licenciado sob licença: CC BY-NC-SA 4.0

Qua | 10.01.18

A Khan Academy já está disponível em português | matemática

Khan.png

 

A plataforma Khan Academy em português, integra  cerca de 21.000 exercícios práticos interativos e 1.250 vídeos de Matemática do ensino básico. Promove uma aprendizagem lúdica e personalizada, pois à medida que cada aluno evolui, vai ganhando pontos e medalhas! Lançada em fevereiro de 2017 pela Fundação Portugal Telecom, a plataforma conta já com 20.000 utilizadores e 3,4 milhões de minutos de utilização.

 

De acesso gratuito, contém ainda relatórios de progresso e permite uma monitorização permanente da performance e da evolução na aprendizagem pelo aluno, professor e pai.

 

Conheça todas as funcionalidades da plataforma Khan Academy em Português neste vídeo, no site da Fundação Portugal Telecom ou solicite workshops gratuitos para os professores do seu Agrupamento de Escolas.

_____________________________________________________________________________________________________________________

Este trabalho está licenciado sob licença: CC BY-NC-SA 4.0

Seg | 08.01.18

Youtubers e outras espécies: O fenómeno que mudou a maneira de entender os conteúdos audiovisuais | e-Book

youtubers.png

Millán Berzosa. Youtubers y otras especies: El fenómeno que ha cambiado la manera de entender los contenidos audiovisuales. Madrid: Fundación Telefónica, 2017 

 

Youtubers y otras especies é uma aproximação à realidade que há por detrás do êxito do Youtube, o canal da Internet que transformou a forma de criar e consumir conteúdo audiovisual. É uma oportunidade para compreender o trabalho dos youtubers e saber mais sobre os diferentes tipos de público e temáticas que triunfam na Internet, e para descobrir o papel transformador da tecnologia através dos conteúdos em vídeo.

 

Uma publicação cuidada e documentada onde a secção de histórias é chave para uma visão transversal e uma aprendizagem prática através do relato dos própios youtubers, sem ficar-se no fenómeno fan. Um instantâneo da situação do novo panorama audiovisual na Internet, com eixo principal na rede social Youtube.

 

Tradução livre a partir da língua espanhola.

 

 

Visto aqui:

Arévalo, J. (2017). Youtubers y otras especies: El fenómeno que ha cambiado la manera de entender los contenidos audiovisualesUniverso Abierto. Retrieved 8 January 2018, from https://universoabierto.org/2017/12/14/youtubers-y-otras-especies-el-fenomeno-que-ha-cambiado-la-manera-de-entender-los-contenidos-audiovisuales/

 

Conteúdo relacionado:

 

 

_____________________________________________________________________________________________________________________

Este trabalho está licenciado sob licença: CC BY-NC-SA 4.0

Seg | 08.01.18

Storyboard - possibilidades educativas na BE e dentro da sala de aula | app

storyboard.png

 Google Play |

 

Storyboard é uma app desenvolvidada pela Google para Android que permite gerar um cómic a partir de um vídeo.

 

O cómic que gera pode ser muito diferente: com distintos efeitos, número e tipos de vinhetas, formatos, etc. podendo escolher entre as distintas opções que nos oferece a aplicação arrastando o nosso dedo sobre o dispositivo até encontrar a opção que mais nos convença. Fica aqui uma ligação onde se explica de maneira algo mais técnica em que se fundamenta esta aplicação: http://bit.ly/2m7fFPg

 

As suas mais valias no campo educativo são muitas. Veja algumas sugestões aqui: http://bit.ly/2Fds393

 

Conteúdo relacionado:

_____________________________________________________________________________________________________________________

Este trabalho está licenciado sob licença: CC BY-NC-SA 4.0

Sab | 06.01.18

Media@ção | concurso

 Cartaz RegulamentoOfício | Inscrição

 

Decorre, até ao dia 23 de março de 2018, a apresentação de trabalhos ao concurso Media@ção. 

 

 

Informamos também que, para apoio aos professores e professores bibliotecários que desejem orientar trabalhos no âmbito deste concurso, está disponível uma ação de curta duração "Media@ção”: a produção audiovisual em contexto educativo", a realizar nas seguintes escolas e datas, entre as 17h00 e as 20h00:
. Évora: 11 de janeiro na ES André de Gouveia;
. Sintra: 15 de janeiro na EB Prof. Galopim de Carvalho;
. Aveiro: 17 de janeiro na ES Mário Sacramento;
. Vila Real de Santo António: 30 de janeiro na ES Vila Real de Santo António.

 

O formulário de inscrição está disponível aqui: ​<http://bit.ly/2m2ogTg>

 

Ler mais >>

 

Conteúdo relacionado:

_____________________________________________________________________________________________________________________

Este trabalho está licenciado sob licença: CC BY-NC-SA 4.0

Sex | 05.01.18

Curso escola de narradores e workshop "Expressão vocal e imagem da palavra" com Josy Maria Correia

curso.png

 Ilustração de Eurico Bivar (Brasil) | Currículo de Josy Maria CorreiaProposta de formação para bibliotecas

 

Esta formação destina-se a professores, professores bibliotecários, educadores, eventualmente pais ou outros familiares. 

 

A ideia da formação é ser continuada e pode ter a duração de até 9 meses (como uma gestação para imersão no universo dos contos de tradição oral e cancioneiro popular do Brasil e de Portugal). Traça-se aqui uma linha entre os dois países e culturas identificando os pontos em comum da oralidade em língua portuguesa.

 

O curso completo é dividido em 4 módulos de dois meses cada, mais um mês de preparação de uma sessão com os alunos na(s)  biblioteca(s). O conteúdo aborda práticas de expressão vocal, corporal, oratória, interpretação, musicalidade, análise e preparação do conto e pode ser realizada uma oficina curta experimental e uma aula aberta gratuita para os interessados.

 

Apresentam-se dois formatos (oficina e curso) para que se analise o que melhor se adapta as necessidades da(s) biblioteca(s). 

 

Mais informação na Proposta de formação para bibliotecas.

  

 

 

_____________________________________________________________________________________________________________________

Este trabalho está licenciado sob licença: CC BY-NC-SA 4.0

Qua | 03.01.18

Conetivismo para a educação | e-Book

conetivismo.jpg

Ledesma Ayora, Marco. “Del conductismo, cognitivismo y constructivismo al conectivismo para la educación” [eBook] Quito: Editorial Jurídica del Ecuador, 2015. ISBN 978-9978-17-431-9

 

É  possível que  o  potencial  da  era  conetiva   esteja a  alterar  os  cérebros  dos  seres  humanos?

 

As conexões neuronais e tecnológicas estão a obligar as tecnologias da aprendizagem a criar e difundir os seus conhecimentos para a era digital.

 

Conteúdo relacionado:

 

 

_____________________________________________________________________________________________________________________

Este trabalho está licenciado sob licença: CC BY-NC-SA 4.0

Pág. 2/2